INNOVATION AND EXCELLENCE SINCE 1992
Início
  >  
Categorias
  >  
Ayurveda
  >  
Bacopa monnieri 100 mg
Bacopa monnieri 100 mg
Bacopa monnieri 100 mg
Extrato de folhas de Bacopa monnieri (50 % de bacósidos)
  • Contribui para melhorar a memória, as capacidades de aprendizagem e o tratamento das informações.
  • Sustenta o funcionamento do sistema nervoso central (tónico geral).
  • Afecta positivamente o hipocampo.
  • Utilizado há mais de 3000 anos na medicina ayurvédica.
  • Normalizado para fornecer pelo menos 50% de bacósidos.
see review

Quantidade : 100 Cáps. veg. 19.00 €
(21.22 US$)
juntar ao cesto

+Certificado de Análise

Inspirado nas práticas sagradas da Ayurveda, Bacopa monnieri 100 mg é um complemento alimentar nootrópico, concebido a partir de folhas de Bacopa e normalizado a 50% de bacósidos (os compostos químicos que estão na origem dos seus efeitos nootrópicos).

Contribui para melhorar a memória, as capacidades de aprendizagem e o tratamento das informações, apoiando em simultâneo o funcionamento do sistema nervoso central no seu todo. É frequentemente associado ao Ginkgo biloba, uma outra referência da medicina ayurvédica.

A quem se destina o complemento alimentar Bacopa Monnieri 100 mg?

Bacopa monnieri 100 mg destina-se a vários tipos de pessoas:

  • As pessoas com mais de 50 anos para combater o declínio cognitivo.
  • As pessoas que têm problemas de memória muito frequentes ou que têm a impressão de estar a perder a memória.
  • As pessoas que desejam melhorara a eficácia da suas funções cognitivas.
  • As pessoas que procuram um nootrópico de origem natural e de utilização tradicional.
  • As pessoas que têm um progenitor, irmão ou irmã que sofre de um declínio cognitivo grave.

Quais são os benefícios de Bacopa Monnieri 100 mg?

Os escritos ayurvédicos antigos preconizavam-no para tratar diversas condições que afetavam o sistema nervoso central e o intelecto: perturbações da atenção, problemas de memória, stress crónico, desempenhos cognitivos em baixa… Era utilizado para despertar as consciências e ajudar o espírito a manter-se “alerta”.

Atualmente, a investigação valida, pelo menos parcialmente, estas utilizações empíricas. Inúmeros estudos, inclusive ensaios clínicos, levam a pensar que os extratos de Bacopa monnieri contribuem para melhorar determinadas funções cognitivas e para preservar a memória (1-3) (restituição das informações (4-5), capacidades de aprendizagem, memória associativa (6), memória visual, memória de trabalho, etc.).

Como para a quase totalidade das plantas ayurvédicas, os investigadores evidenciaram mecanismos de ação que sustentam as alegações que lhes são atribuídas.

Os mecanismos de ação de Bacopa monnieri

O Bacopa monnieri propicia acima de tudo a formação das sinapses (7-9), as zonas de contacto entre dois neurónios que garantem a transmissão das informações e a conservação dos circuitos neuronais. Todas as nossas capacidades cognitivas dependem destes circuitos; se eles enfraquecerem ou desaparecerem, os nossos desempenhos declinam. Como é que isso acontece? Ao desencadear a produção de várias moléculas decisivas para o bom funcionamento das sinapses: o glutamato e neurotrópicos como o BDNF e o NGF (10-12). Estas moléculas são cruciais para iniciar o processo (13-14). Ajudam à criação dos circuitos neuronais (etapa indispensável para a aprendizagem) e à conservação dos circuitos já existentes (condição sine qua non para a preservação das recordações) e estão envolvidas numa verdadeira cascata de acontecimentos que contribuem para a sustentação dos desempenhos cognitivos.

Ensaios recentes realizados em dupla ocultação mostraram melhorias das funções cognitivas após a toma do suplemento (15-16). Extratos normalizados de Bacopa contendo pelo menos 50% de bacósidos (os compostos que estão na origem dos efeitos citados anteriormente) tiveram igualmente efeitos positivos na memória de curto prazo em pessoas saudáveis (17-20).

5 boas razões para escolher Bacopa Monnieri 100 mg da SuperSmart

Na altura de fazer a sua escolha, tenha em mente as vantagens do nosso complemento:

  1. Tradicionalmente, prensavam-se as folhas de Bacopa para delas extrair o sumo e depois secava-se o sumo para o reduzir a pó e transformá-lo num xarope muito açucarado para mascarar o sabor amargo do Bacopa.
    A conceção de Bacopa Monnieri 100 mg inspira-se totalmente nesta prática ancestral, resultando num produto sem açúcar e sem gosto amargo.
  2. Bacopa Monnieri 100 mg é um extrato de folhas contendo todos os compostos de origem. É importante reter isto pois inúmeros complementos mais baratos são concebidos a partir das raízes ou dos caules da planta.
  3. Cada cápsula vegetal contém 100 mg de extrato de Bacopa monnieri normalizado para fornecer pelo menos 50% de bacósidos (ou seja, o máximo no mercado, visto que os complementos geralmente vão de 20 a 50%).
  4. Na Índia atual, o Bacopa é reconhecido pelas autoridades médicas como um tratamento válido para várias disfunções mentais e intelectuais.
  5. Bacopa Monnieri 100 mg não contém agentes de carga química;simplesmente folhas de Bacopa monnieri, fibras de acácia e farinha de arroz.

As medidas a associar à toma de Bacopa Monnieri para uma eficácia ainda maior

Para melhorar alguns aspetos da cognição, contamos dois tipos de intervenções: a toma de nootrópicos como Bacopa monnieri e o treino cerebral (21-23). Inúmeros estudos mostram que o treino cerebral reduz o declínio cognitivo ligado à idade (24-27) e alguns estudos indicam que esse treino é ainda mais eficaz quando é associado à toma de um suplemento de Bacopa monnieri.

A teoria que explica este potencial sinérgico é bastante simples.
O treino cerebral permite reativar circuitos neuronais até então sub explorados ou em risco de desaparecerem (28-30). Na verdade, com o envelhecimento, inúmeros circuitos neuronais desaparecem ou enfraquecem em zonas importantes para a cognição e a memória, como o hipocampo, o corpo estriado e o córtex pré-frontal (31-32). Se o treino for contínuo, a reativação dos circuitos repete-se e melhora a conexão dos neurónios que os compõem (33). Ao fazê-lo, contribui para os reforçar ou os reorganizar de forma mais eficaz. Tal reforço faz apelo a várias moléculas que já evocámos mais acima neste artigo: o glutamato, o BDNF e o TGF. Moléculas cuja produção é propiciada pelo Bacopa.

Em suma, o treino cerebral é a “estimulação” que vai dizer ao organismo: “é preciso que reforces estes circuitos neuronais”. O Bacopa é o fornecedor que vai fornecer ao organismo os elementos necessários para este reforço.

Para acompanhar a toma do seu suplemento de Bacopa monnieri, é por isso altamente recomendado que siga um treino cerebral regular, incluindo jogos de reflexão, puzzles e tarefas cognitivas diversas. Esta combinação tem por objetivo compensar as perdas cognitivas que conduzem ao declínio. Deve ser seguida durante pelo menos 12 semanas para ser eficaz.

Bacopa monnieri associa-se igualmente a um complemento de Ginkgo biloba para aumentar a irrigação cerebral e contribuir para a conservação das funções cognitivas.

Se deseja descobrir outros produtos naturais ayurvédicos, propomos-lhe igualmente:

Precauções ao tomar ou interações a conhecer?

Por precaução, não é recomendado as grávidas ou mulheres a amamentar tomarem Bacopa monnieri.
O Bacopa monnieri pode, teoricamente, amplificar os efeitos da fenotiazina, um medicamento neuroléptico.

Atualização: 30/01/2019

Notas

Este produto não deve substituir uma alimentação diversificada e equilibrada nem um modo de vida saudável. Respeitar os conselhos de utilização, a dose diária aconselhada e a data limite de utilização. Desaconselhado para grávidas ou mulheres a amamentar e para crianças com menos de 15 anos. Manter fora do alcance das crianças. Conservar em local seco e fresco.

Referências

  1. S. Aguiar and T. Borowski, Neuropharmacological review of the nootropic herb Bacopa monnieri, Rejuvenation Res 16 (2013), pp. 313-326.
  2. M.P. Pase, J. Kean, J. Sarris, C. Neale, A.B. Scholey and C. Stough, The cognitiveenhancing effects of Bacopa monnieri: a systematic review of randomized, controlled human clinical trials, J Altern Complement Med 18 (2012), pp. 647-652.
  3. Russo and F. Borrelli, Bacopa monniera, a reputed nootropic plant: an overview, Phytomedicine 12 (2005), pp. 305-317.
  4. H.C. Barbhaiya, R.P. Desai, K. Pravina, et al., Efficacy and tolerability of BacoMind on memory improvement in elderly participants - a double blind placebo controlled study, J Pharmacol Toxicol 3 (2008), pp. 425-434.
  5. C. Stough, J. Lloyd, J. Clarke, et al., The chronic effects of an extract of Bacopa monniera (Brahmi) on cognitive function in healthy human subjects, Psychopharmacology (Berl) 156 (2001), pp. 481-484.
  6. S. Roodenrys, D. Booth, S. Bulzomi, A. Phipps, C. Micallef and J. Smoker, Chronic effects of Brahmi (Bacopa monnieri) on human memory, Neuropsychopharmacology 27 (2002), pp. 279-281.
  7. S.R. Ingole, S.K. Rajput and S.S. Sharma, Cognition enhancers: current strategies and future perspectives, CRIPS 9 (2008), pp. 42-48.
  8. P. Semwal, T. Kapoor, P. Anthwal, B. Sati and A. Thapliyal, Herbal extract as potential modulator and drug for synaptic plasticity and neurodegenerative disorders, Int J Pham Sci Rev Res 25 (2014), pp. 69-79.
  9. C. Stough and M.P. Pase, Improving cognition in the elderly with nutritional supplements, Curr Dir Psychol Sci 24 (2015), pp. 177-183.
  10. J. Preethi, H.K. Singh, P.D. Charles and K.E. Rajan, Participation of microRNA 124- CREB pathway: a parallel memory enhancing mechanism of standardised extract of Bacopa monniera (BESEB CDRI-08), Neurochem Res 37 (2012), pp. 2167-2177.
  11. H. Priyanka, P. Bala, S. Ankisettipalle and S. Thyagarajan, Bacopa monnieri and lDeprenyl Differentially Enhance the Activities of Antioxidant Enzymes and the Expression of Tyrosine Hydroxylase and Nerve Growth Factor via ERK 1/2 and NF- [kappa]B Pathways in the Spleen of Female Wistar Rats, Neurochemical Research 38 (2013), pp. 141-152.
  12. M.K. Saraf, A. Anand and S. Prabhakar, Scopolamine induced amnesia is reversed by Bacopa monniera through participation of kinase-CREB pathway, Neurochem Res 35 (2010), pp. 279-287.
  13. M.P. Mattson, R.B. Lee, M.E. Adams, P.B. Guthrie and S.B. Kater, Interactions between Entorhinal Axons and Target Hippocampal Neurons: A Role for Glutamate in the Development of Hippocampal Circuitry, Neuron 1 (1988), pp. 865-876.
  14. Schmid, S. Hallermann, R. Kittel, et al., Activity-dependent site-specific changes of glutamate receptor composition in vivo, Nat. Neurosci. 11 (2008), pp. 659-666.
  15. M.P. Pase, J. Kean, J. Sarris, C. Neale, A.B. Scholey and C. Stough, The cognitiveenhancing effects of Bacopa monnieri: a systematic review of randomized, controlled human clinical trials, J Altern Complement Med 18 (2012), pp. 647-652.
  16. C. Neale, D. Camfield, J. Reay, C. Stough and A. Scholey, Cognitive effects of two nutraceuticals Ginseng and Bacopa benchmarked against modafinil: a review and comparison of effect sizes, Br J Clin Pharmacol 75 (2013), pp. 728-737.
  17. Stough C, Lloyd J, et al. The chronic effects of an extract of Bacopa monniera (Brahmi) on cognitive function in healthy human subjects.Psychopharmacology (Berl). 2001 Aug;156(4):481-4.
  18. Roodenrys S, Booth D, et al. Chronic effects of Brahmi (Bacopa monnieri) on human memory.Neuropsychopharmacology. 2002 Aug;27(2):279-81.
  19. Examining the nootropic effects of a special extract of Bacopa monniera on human cognitive functioning: 90 day double-blind placebo-controlled randomized trial. Stough C, Downey LA, et al. Phytother Res. 2008 Dec;22(12):1629-34.
  20. Effects of a standardized Bacopa monnieri extract on cognitive performance, anxiety, and depression in the elderly: a randomized, double-blind, placebo-controlled trial. Calabrese C, Gregory WL, et al. J Altern Complement Med. 2008 Jul;14(6):707-13.
  21. C. Hertzog, A.F. Kramer, R.S. Wilson and U. Lindenberger, Enrichment Effects on Adult Cognitive Development: Can the Functional Capacity of Older Adults Be Preserved and Enhanced?, Psychol. Sci. Public Interest 9 (2008), pp. 1-65.
  22. S. Rabipour and A. Raz, Training the brain: fact and fad in cognitive and behavioral remediation, Brain Cogn 79 (2012), pp. 159-179.
  23. Zangara and K.A. Wesnes, Herbal Cognitive Enhancers: New Developments and Challenges for Therapeutic Applications In: M.K. Thakur and S.I.S. Rattan, Editors, Brain Aging and Therapeutic Interventions, Springer Netherlands (2012), pp. 267- 289.
  24. J. Reijnders, C. van Heugten and M. van Boxtel, Cognitive interventions in healthy older adults and people with mild cognitive impairment: a systematic review, Ageing Res Rev 12 (2013), pp. 263-275.
  25. M.E. Kelly, D. Loughrey, B.A. Lawlor, I.H. Robertson, C. Walsh and S. Brennan, The impact of cognitive training and mental stimulation on cognitive and everyday functioning of healthy older adults: a systematic review and meta-analysis, Ageing Res Rev 15 (2014), pp. 28-43.
  26. A.M. Kueider, J.M. Parisi, A.L. Gross and G.W. Rebok, Computerized cognitive training with older adults: a systematic review, PLoS One 7 (2012), p. e40588.
  27. M. Martin, L. Clare, A.M. Altgassen, M.H. Cameron and F. Zehnder, Cognitionbased interventions for healthy older people and people with mild cognitive impairment, Cochrane Database Syst Rev (2011), p. CD006220.
  28. J.A. Anguera, J. Boccanfuso, J.L. Rintoul, et al., Video game training enhances cognitive control in older adults, Nature 501 (2013), pp. 97-101.
  29. K.I. Erickson, S.J. Colcombe, R. Wadhwa, et al., Training-induced plasticity in older adults: effects of training on hemispheric asymmetry, Neurobiol Aging 28 (2007), pp. 272-283.
  30. S. Heinzel, R.C. Lorenz, W.R. Brockhaus, et al., Working memory load-dependent brain response predicts behavioral training gains in older adults, J Neurosci 34 (2014), pp. 1224-1233.
  31. D.L. Dickstein, C.M. Weaver, J.I. Luebke and P.R. Hof, Dendritic spine changes associated with normal aging, Neuroscience 251 (2013), pp. 21-32.
  32. T. Hedden, Imaging Cognition in the Aging Human Brain In: D.R. Riddle, Editor, Brain Aging: Models, Methods, and Mechanisms, CRC Press, Boca Raton (FL) (2007).
  33. K.I. Erickson, S.J. Colcombe, R. Wadhwa, et al., Training-induced plasticity in older adults: effects of training on hemispheric asymmetry, Neurobiol Aging 28 (2007), pp. 272-283.
Dose diária: 6 cápsulas
Número de doses por caixa: 16
Quantidade por dose
Bacopa monnieri (gestandaardiseerd extract van bladen met 50% baccosides) 600  mg
Outros ingredientes: Goma-arábica, farinha de arroz.

Cada cápsula vegetal contém 100 mg de extracto de Bacopa monnieri normalizado para fornecer pelo menos 50% de bacósidos.


Tomar uma ou duas cápsulas, de uma a três vezes por dia, consoante as suas necessidades ou seguindo as indicações do seu terapeuta.

Precauções: Não exceda a dose diária recomendada. Este produto é um suplemento nutricional que não devem substituir uma dieta variada e equilibrada. Manter fora do alcance das crianças. Armazenar longe de luz, calor e umidade. Como com qualquer suplemento nutricional, consulte um profissional de saúde antes de usar se estiver grávida, amamentando ou se você tiver um problema de saúde.
 
Descubra alguns testemunhos dos nossos clientes
Bacopa monnieri 100 mg
Quantidade : 100 Cáps. veg. 19.00 €
(21.22 US$)
juntar ao cestoadd_shopping_cart

Gratuito

Obrigado pela sua visita; antes de partir

INSCREVA-SE NO
Club SuperSmart
E beneficie
de vantagens exclusivas:
Continuar as minhas compras
keyboard_arrow_up