INNOVATION AND EXCELLENCE SINCE 1992
Início
  >  
Categorias
  >  
Produtos Específicos
  >  
Ursolic Acid 50 mg
Ursolic Acid 50 mg
Ursolic Acid 50 mg
Concentração de ácido ursólico de massa muscular:
  • extrato das folhas da nespereira-do-japão;
  • efeitos anabolizantes nos músculos esqueléticos (crescimento muscular);
  • sério candidato ao tratamento das doenças associadas a uma atrofia muscular (SLA, sarcopenia).
  • see review

    Quantidade : 90 Cáp. veg. 25.00 €
    (28.16 US$)
    juntar ao cesto

    +Certificado de Análise

    As folhas da nespereira (Eriobotrya japonica) contêm substâncias preciosas: ácido oleânico, amigdalina e, sobretudo, ácido ursólico – um triterpeno pentacíclico também naturalmente presente em pequena quantidade no alecrim, na batata, no mangericão e na salva.
    O ácido ursólico e o seu isómero, o ácido oleânico, têm fórmulas químicas idênticas, diferindo a sua estrutura apenas pela localização de um grupo metilo (CH3). Ambos têm potenciais efeitos benéficos importantes para a saúde, incluindo uma acção protectora contra o desenvolvimento do cancro, inibidora de células tumorais existentes, protectora contra os efeitos secundários das quimioterapias e radioterapias, anti-inflamatória, antioxidante e antiviral.


    O ácido ursólico poderia ajudar a erradicar a sarcopenia (atrofia muscular associada a determinadas doenças e ao envelhecimento). Estudos realizados em animais evidenciam as suas capacidades de aumentar o volume e a potência musculares e, segundo os investigadores, de reduzir a gordura corporal, a glicemia em jejum, o índice de colesterol e de triglicéridos, agindo em duas hormonas incontornáveis: a IGF 1 e a insulina. A eficácia no ser humano parece ser suficiente para fazer do ácido ursólico um dos suplementos favoritos dos culturistas americanos. O ácido ursólico contribuíria também, pela regulação de determinados mensageiros ARN, para a preservação da massa muscular no decurso de dietas hipocalóricas.

    O ácido ursólico é um anti-inflamatório natural potente que inibe a elastase leucocitária humana (ELH) bem como a actividade da 5-lipoxigenase e da ciclo-oxigenase-2 e a síntese das prostaglandinas. Possui igualmente uma actividade antioxidante e anti MMP-9 (metalo-proteinase-9 de matriz).

    Possui uma notável acção protectora contra o desenvolvimento do cancro actuando em vários parâmetros:
      • Ao nível da inflamação, bloqueando a produção de COX2 pelas células cancerosas e diminuindo a diferenciação das células Th-17 e a produção de citocinas pró-inflamatórias (interleucina IL17).
      • Protegendo dos efeitos secundários ligados às quimioterapias e às radioterapias.
      • Induzindo a apoptose (morte celular programada) nas células de melanoma em cultura e inibindo a proliferação das células de adenocarcinoma do cólon (células HT29) e a multiplicação das células HEC108 do cancro do endométrio por activação das caspases 3.
      • Ao inactivar o NF-kB, o ácido ursólico impede as células inicializadas de ser reproduzirem e desencadeia a morte das células tumorais. Graças a este efeito no NF-kB, o ácido ursólico activa macrófagos que estão em repouso e, dessa forma, participa na destruição das células tumorais nos primeiros estadios do cancro.
    O ácido ursólico tem uma actividade anti-infecciosa, antiviral e mais especificamente contra o vírus da herpes, o adenovírus e o enterovírus.
    Estudos recentes realizados com ratos mostram mesmo que o seu poder inibidor (reversível) na elastase leucocitária humana se revela promissor no tratamento de doenças inflamatórias pulmonares tais como as infecções por H1N1, bem como contra o vírus da SRAG.
    O ácido ursólico possui também uma actividade antimicrobiana e imuno-estimulante, nomeadamente no tratamento da tuberculose.
    Poderia ter um efeito potencial contra a doença de Alzheimer inibindo uma enzima, a acetilcolinesterase. Ao impedir a acção desta enzima, o ácido ursólico melhora a transmissão colinérgica reduzindo a degração enzimática da acetilcolina.
    O ácido ursólico é tradicionalmente utilizado ao nível da esfera cutânea, pois repara os tecidos danificados da barreira cutânea e do couro cabeludo. Protege igualmente a pele do foto-envelhecimento e é um potente inibidor da elastase, uma enzima presente ao nível da pele que ataca as proteínas estruturais de camada cutânea.

    Deste modo, graças às suas várias propriedades, o ácido ursólico enriquece o arsenal dos fitocêuticos que visam o anti-envelhecimento global.

    Para obter uma eficácia completa, aconselhamos tomar 3 a 6 cápsulas vegetais por dia de Ursolic Acid, repartidas ao longo do dia.

    Se pretende esculpir a sua silhueta, o suplemento Crominex 3+ pode igualmente suscitar o seu interesse para melhorar a relação massa muscular/massa gorda. Para combater a fraqueza muscular, encontram-se disponíveis em suplementação nutricional moléculas com propriedades anti-idade, tais como o nicotinamida riboside.

    Dose diária: 6 cápsulas
    Número de doses por caixa: 15
    Quantidade por dose
    Ácido ursólico (de 1200 mg de extracto de folha de nespereira (Eriobotrya japonica) normalizado a 25% de ácido ursólico) 300 mg
    Outros ingredientes: celulose microcristalina, estearato de magnésio, dióxido de silício.


    adultos. Tomar 3 a 6 cápsulas vegetais por dia.
    Cada cápsula contém 50 mg de ácido ursólico.

    Precauções: Não exceda a dose diária recomendada. Este produto é um suplemento nutricional que não devem substituir uma dieta variada e equilibrada. Manter fora do alcance das crianças. Armazenar longe de luz, calor e umidade. Como com qualquer suplemento nutricional, consulte um profissional de saúde antes de usar se estiver grávida, amamentando ou se você tiver um problema de saúde.
     
    Descubra alguns testemunhos dos nossos clientes

    Gratuito

    Obrigado pela sua visita; antes de partir

    INSCREVA-SE NO
    Club SuperSmart
    E beneficie
    de vantagens exclusivas:
    Continuar as minhas compras
    keyboard_arrow_up