0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Emagrecimento e Gestão do peso Perguntas – Respostas

O que é a termogénese? Como a potenciar?

Ouviu dizer que pode contar com a termogénese para perder peso? O que é isso? Como funciona e como a estimular para acompanhar um programa alimentar? A Supersmart responde-lhe.
Tecido adiposo castanho
Tecido adiposo castanho
Rédaction Supersmart.
2020-02-19Comentários (0)

A termogénese é a produção de calor levada a cabo pelos animais homeotérmicos ou "de sangue quente". Permite-lhes manter uma temperatura interna constante, necessária à sua sobrevivência. É também a termogénese que permite queimar as gorduras e transformá-las em calor; suspeita-se por vezes de uma falha no seu funcionamento quando se verifica excesso de peso e obesidade. Por último, a termogénese é também estimulada quando o organismo tem de se defender contra fatores de stress como o frio ou uma infeção; é a chamada termogénese adaptativa.

Os principais mecanismos da termogénese no ser humano

Existem três grandes vias de produção de calor no organismo humano: a termorregulação hormonal, a alimentação e a atividade física.

Do lado hormonal, tudo se passa ao nível do hipotálamo – uma glândula localizada na base do cérebro e que controla um determinado número de processos do organismo. Quando o corpo arrefece, é esta glândula que recebe os sinais e desencadeia as ações de reaquecimento:


No que toca à alimentação, 40% dos alimentos ingeridos servem de combustível para a produção de calor, durante a digestão (1). Esta digestão tem, aliás, um custo variável em termos de energia. São os lípidos que têm a melhor relação “qualidade-energia” pois são eles que exigem o menor esforço energético por parte do organismo. Inversamente, são as proteínas (mais os glúcidos, em menor medida) que exigem mais energia para serem digeridos e que propiciam a termogénese alimentar (2).

Por último, a atividade física provoca movimentos musculares intensos, contrações e relaxamentos, que provocam a libertação de calor.

As variações na termogénese

De notar que os mecanismos de termorregulação diferem em função do sexo e da idade. Por exemplo, nas mulheres em idade fértil, a temperatura aumenta durante a ovulação, por efeito da progesterona. Pelo contrário, nos idosos, a temperatura corporal tende naturalmente a baixar.

Por fim, o organismo sujeito a uma dieta demasiado rigorosa e que perde rapidamente gorduras reduz naturalmente e de forma duradoura a sua termogénese. É aquilo a que se chama vulgarmente o modo "fome". Trata-se de um mecanismo que propicia o armazenamento de lípidos, dado que estes são pouco onerosos em termos de energia. É, por isso, responsável por um aumento de peso rápido quando se deixa a dieta (3).

O tecido adiposo castanho – o seu papel na termogénese e no aumento de peso

Trata-se de um tecido adiposo responsável pela produção de calor e que encontramos nos mamíferos que hibernam. Encontramo-lo também nos humanos, especialmente nos recém-nascidos. Existe também, embora em menor quantidade, nos adultos e em menor quantidade ainda nos indivíduos obesos.

É uma proteína específica do tecido adiposo castanho, a UCP1 (ou "termogenina"), que é responsável pela emissão de calor. Esta proteína dita desacopladora propicia a libertação de calor em detrimento da produção de energia (4).

Por outro lado, um grupo de investigadores mostrou que determinados aminoácidos (valina, leucina e isoleucina), presentes em excesso no organismo, faziam correr um risco de obesidade e de diabetes. Ora, estes mesmos investigadores evidenciaram que se tratava de aminoácidos utilizados prioritariamente pelo tecido adiposo castanho para a produção de calor (5). A estimulação da atividade do tecido adiposo castanho é, por conseguinte, uma das pistas terapêuticas mais promissoras para promover a perda de peso.

Como potenciar de forma natural a termogénese?

Além da atividade física, é possível estimular a produção de calor com a ajuda de alimentos reputados pelas suas capacidades termogénicas: o pimento, o chá e o café. Todos contêm princípios activos (respetivamente capsaicina e cafeína) que estimulam o sistema nervoso simpático, principal motor da termogénese (6). O gengibre aumentaria também a termogénese (7), ao passo que a canela estimularia o "acastanhar" do tecido adiposo (8).

Complementos alimentares termogénicos podem também ajudá-lo(a) a produzir calor e, dessa forma, a aumentar o gasto calórico médio. É o caso deAdvanced Fat Burner, um complemento incontornável que contém 5 ingredientes naturais capazes (inulina, café verde, Coleus forskohlii, crómio, Garcinia e Sphaeranthus indicus) de estimular a termogénese.

Referências

  1. TAPPY L., G. E. Dépenses d’énergie, composition corporelle et activité physique chez l’homme. Medecine/Sciences. 2000: 16: 1063-8. 
  2. Westerterp KR, Wilson SA, Rolland V. Diet induced thermogenesis measured over 24h in a respiration chamber: effect of diet composition. Int J Obes Relat Metab Disord. 1999 Mar;23(3):287-92.
  3. Dulloo, Abdul & Jean, Jacquet & Seydoux, Josiane & Montani, Jean-Pierre. (2013). Comment les régimes amaigrissants font grossir : d’une perspective d’autorégulation de la composition corporelle. Cahiers de Nutrition et de Diététique. 48. 15–25.
  4. Palou A, Picó C, Bonet ML, Oliver P. The uncoupling protein, thermogenin. Int J Biochem Cell Biol. 1998 Jan;30(1):7-11.
  5. Yoneshiro, T., Wang, Q., Tajima, K. et al. BCAA catabolism in brown fat controls energy homeostasis through SLC25A44. Nature 572, 614–619 (2019). 
  6. Hursel, R., Westerterp-Plantenga, M. Thermogenic ingredients and body weight regulation. Int J Obes 34, 659–669 (2010). 
  7. Mansour MS, Ni YM, Roberts AL, Kelleman M, Roychoudhury A, St-Onge MP. Ginger consumption enhances the thermic effect of food and promotes feelings of satiety without affecting metabolic and hormonal parameters in overweight men: a pilot study. Metabolism. 2012;61(10):1347–1352.
  8. Kwan HY, Wu J, Su T, et al. Cinnamon induces browning in subcutaneous adipocytes. Sci Rep. 2017;7(1):2447. 
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Fruto do queima-gorduras Garcinia cambogia
A Garcinia cambogia ajuda realmente a perder peso?

É frequente ouvir-se dizer que a Garcinia cambogia é um excelente aliado para emagrecer. Pode, de facto, contar com este fruto indonésio para contribuir para controlar o seu peso?

Mulher em fato de treino a mostrar a gordura abdominal
10 conselhos para perder a barriguinha

O organismo tem uma tendência vergonhosa de deixar instalar-se este pequeno pneu à volta da barriga, pelo sim e pelo não! Apesar de podemos optar por o aceitar, eis os nossos conselhos para quem prefere livra-se dele…

Refeição, halteres e fita barimétrica
A dieta dissociada – princípios, benefícios e conselhos práticos

A dieta dissociada seduz um grande número de pessoas. Baseada em combinações de alimentos proibidas, permite emagrecer rapidamente e de forma duradoura. O principal sobre esta dieta e os nossos conselhos para a praticar com toda a segurança.

Homem jovem desportista esguio com braços magros
Quais os suplementos alimentares para engordar?

Se é verdade que há muitas pessoas que desejam perder peso, há igualmente muitas que procuram também… ganhar peso por questões estéticas ou na sequência de problemas de saúde. Descubra quais são os melhores suplementos alimentares para engordar.

Dieta cetogénica com carne, peixe, ovos, abacates e a palavra keto
Porquê iniciar uma dieta cetogénica, ou dieta keto?

A dieta keto, muito rica em gorduras, leva a uma perda de peso rápida. Pequeno top dos elementos a conhecer antes de se lançar numa dieta deste tipo.

Mulher que pratica desporto para perder gordura e emagrecer
O que é a lipólise?

A lipólise é o mecanismo implementado pelo organismo para degradar as gorduras, afim de que possam ser absorvidas e utilizadas. Distinguimos 2 tipos: a lipólise gastrointestinal – que ocorre durante a digestão – e a lipólise adipocitária – que diz respeito às gorduras já armazenadas. Resumimos frequentemente esta última pela expressão “queimar as gorduras”. Como utilizá-la para emagrecer?

Estes produtos devem interessar-lhe

Lactobacillus gasseriLactobacillus gasseri

Uma estirpe probiótica particularmente eficaz na gestão do peso Em DR Caps™ gastro-resistentes para uma eficácia ideal

21.00 €(25.31 US$)
+
-50%
Advanced Fat BurnerAdvanced Fat Burner

O resultado dos mais recentes avanços científicos para perder finalmente aqueles centímetros a mais embaraçantes

34.50 €69.00 €(41.57 US$)
+
-70%
CSAT® 250 mgCSAT® 250 mg

Uma extracto de alfarroba para combater a vontade de petiscar

5.70 €19.00 €(6.87 US$)
+
-40%
Metadrine™Metadrine™

Fórmula termogénica avançada, melhorada e reforçada

33.60 €56.00 €(40.49 US$)
+
Garcinia cambogiaGarcinia cambogia

Uma casca de fruto que trava o armazenamento das gorduras

24.00 €(28.92 US$)
+
Viscerox™ 100 mgViscerox™ 100 mg

Ajuda a reduzir a gordura abdominal acumulada

47.00 €(56.64 US$)
+
Weight Loss BoosterWeight Loss Booster

Acelerar a perda de peso por mecanismos complementares

27.00 €(32.54 US$)
+
Fat & Carb Blocker 200 mgFat & Carb Blocker 200 mg

O suplemento de emagrecimento de última geração, 100% natural, para reduzir eficazmente o aporte calórico.

24.00 €(28.92 US$)
+
© 1997-2021 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2021 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok