0
pt
US
WSM
232199999
O seu carrinho está vazio.
Menu

Qual é o melhor suplemento alimentar existente?

É uma pergunta que toda a gente faz, mas à qual é difícil responder, dado que os suplementos alimentares podem dar resposta a necessidades muito específicas. Descubra a nossa opinião sobre o assunto.

Melhor suplemento alimentar e frutas

Para cada necessidade, o seu suplemento alimentar

A dura realidade: é preciso, antes de mais, como é óbvio, ter consciência de que é impossível criar um suplemento alimentar único que ultrapasse todos os outros, que permita por si só ser saudável e responder a todas as necessidades e a todas as situações.

Na verdade, os suplementos alimentares são concebidos para dar resposta a problemáticas variadas:

  • lutar contra carências;
  • reduzir a fadiga;
  • atrasar os efeitos do envelhecimento;
  • apoiar a sua resistência face aos males do inverno;
  • acalmar dores articulares;
  • etc.

O melhor suplemento alimentar para a vida de todos os dias

Podemos, no entanto, concordar em colocar um suplemento no mais alto lugar do pódio. Lembremos que para assegurar todas as suas funções (sistema digestivo, sistema nervoso, sistema cardiovascular, sistema neuromuscular, funções cognitivas, metabolismo, etc.) o nosso corpo necessita diariamente de vitaminas, de minerais e de oligoelementos (1):

  • vitaminas: A, D3, K1 e K2, B1, B2, B3, B5, B6, B12, C, E, biotina, ácido fólico;
  • minerais e oligoelementos: boro, crómio, iodo, magnésio, manganésio, molibdénio, selénio, zinco;
  • fitonutrientes: licopeno, tocotrienóis, luteína, etc.

Classificamos estes últimos como micronutrientes e fitonutrientes (quando derivam de plantas), por oposição aos macronutrientes (lípidos, glúcidos e proteínas) que permitem fornecer calorias e, consequentemente, energia.

Estes micronutrientes devem ser fornecidos por uma alimentação saudável, rica e equilibrada, que contenha fruta e legumes frescos e crus em quantidade suficiente, peixes gordos e outros produtos do mar, oleaginosas, cereais integrais, etc.

Para contribuir para a estabilidade dos seus aportes, muitas pessoas optam por um suplemento alimentar de multivitaminas e rico em minerais, oligoelementos e fitonutrientes, nomeadamente antioxidantes, como Daily 3®, que combina 42 ingredientes de exceção.

Em suma, se tivesse de optar só por um, o melhor suplemento alimentar seria este Daily 3®.

Alguns suplementos alimentares cruciais para apoiar a sua saúde

É igualmente possível a pessoa compor, em função das suas necessidades e do que pretende, a sua própria fórmula sinérgica selecionando entre os melhores suplementos alimentares que permitem manter-se saudável.

Os ómega 3

Indispensáveis para assegurar determinadas funções estruturais do nosso organismo, os ácidos gordos ómega 3 apresentam inúmeros benefícios (2):

  • o ALA (precursor dos ácidos gordos ómega 3) contribui para manter um nível normal de colesterol no sangue;
  • o EPA e o DHA (os derivados dos ómega 3) contribuem para o funcionamento normal do coração, da visão e do cérebro, para manter uma tensão arterial normal e para níveis normais de triglicéridos no sangue.

Estes últimos são fornecidos pelos peixes gordos e pelos alimentos de origem marinha em geral, mas estão também presentes nos óleos de noz e de colza, no agrião, na couve e nos espinafres, etc.; contudo, a industrialização da alimentação moderna desregulou totalmente o equilíbrio entre ómega 3/ómega 6 e, hoje em dia, consumimos 10 a 20 vezes mais ómega 6 do que ómega 3. E isto quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda um rácio de perto de 5 para 1 (3).

É por esta razão que os suplementos alimentares de ómega 3 (como Super Omega 3, Super EPA, Super DHA ou ainda Krill Oil) fazem parte dos melhores suplementos alimentares que existem para se manter saudável.

Os probióticos

Muito em voga há vários anos, os probióticos são definidos pela OMS e pela FAO como “microrganismos vivos que, quando consumidos em quantidades adequadas, produzem um benefício para a saúde do hospedeiro”.

De facto, a popularidade dos probióticos provém das descobertas recentes sobre a importância do microbiota intestinal (ou flora intestinal) para o nosso sistema imunitário, a nossa saúde psíquica, etc.

Ora, os probióticos são suplementos alimentares elaborados a partir das mesmas estirpes de bactérias que as que povoam o nosso microbiota intestinal (4).

É por isso que muitas pessoas que desejam manter-se saudáveis consomem suplementos probióticos como Probio Forte ou Full Spectrum Probiotic Formula, fórmulas probióticas que incluem várias estirpes de bactérias saudáveis.

A vitamina D

Existe uma vitamina cuja carência é muito comum nos países ocidentais: a vitamina D. Tratando-se de uma hormona crucial para o equilíbrio dos iões de cálcio e fosfato, na forma de cristais, nos ossos e dissolvidos no sangue, a vitamina D:

  • contribui para uma absorção/utilização normal do cálcio e do fósforo;
  • contribui para um índice sanguíneo normal de cálcio;
  • contribui para manter ossos normais;
  • contribui para manter uma função muscular norma;
  • contribui para manter dentes normais;
  • contribui para o funcionamento normal do sistema imunitário;
  • desempenha um papel no processo de divisão celular;
  • contribui para reduzir o risco de queda associado à instabilidade postural e à fraqueza muscular (a queda é um dos fatores de risco de fraturas ósseas nos homens e mulheres com 60 anos e mais);
  • é necessária para o crescimento normal e para o desenvolvimento dos ossos nas crianças.

Em suma: a vitamina D é crucial para o funcionamento correto do organismo e é indispensável garantir um aporte suficiente para se manter saudável.

Ora, na Europa, por exemplo, mais de 50% das pessoas com mais de 60 anos sofrem de um défice de vitamina D. Em alguns países, como a França, a carência afeta 80% da população. Em todo o mundo, este défice afeta mais de mil milhões de pessoas.

Resumindo, a vitamina D integra os melhores suplementos alimentares para continuar saudável (por exemplo, o suplemento Vitamine D3 5000 UI).

A própolis

O segredo de saúde da colmeia com mais de 300 compostos de alto valor tais como vitaminas, óleos essenciais, flavonóides, minerais, etc.; a própolis é um dos produtos da colmeia a mais ricos e mais em voga. Posiciona-se de igual modo incontestavelmente entre os melhores suplementos alimentares para inúmeras pessoas (que optam, nomeadamente, pela própolis verde). A própolis é, além disso, muito recomendada pelos naturopatas (5).

Os melhores suplementos alimentares para os seniores

Perda de apetite, défice calórico, desregulação das funções do organismo, aumento das reações de oxidação, fragilidade do esqueleto, fadiga articular, etc.; os problemas ligados ao envelhecimento são muitos, mas não constituem uma fatalidade. Existem, de facto, inúmeros suplementos alimentares que permitem envelhecer melhor e até, para alguns, lutar contra o envelhecimento.

Assim, além dos produtos citados anteriormente, os melhores suplementos alimentares para os seniores são os seguintes:

  • as fórmulas sinérgicas direcionadas para a saúde dos ossos e do esqueleto, enriquecidas em magnésio, vitamina D, zinco e cálcio, como Super Bone Formula (que contém também extrato de bambu tabashir, que contribui para a saúde dos ossos e das articulações) (6);
  • as fórmulas sinérgicas que integram as melhores moléculas anti-idade, lutando, nomeadamente, contra as células senescentes e que fornecem coenzimas cuja concentração diminui com a idade (é o caso, por exemplo, de Senolytic Complex, uma fórmula revolucionária rica< em fisetina, em quercetina, etc.) (7).

Os melhores suplementos alimentares para as grávidas

A gravidez é um período delicado para o organismo; o metabolismo da grávida é perturbado pelas hormonas e pela necessidade de alimentar o feto e permitir o seu crescimento saudável.

É por isso que é sempre recomendado aconselhar-se com um médico antes de iniciar uma cura de suplementos alimentares durante a gravidez. Mas, regra geral, os melhores suplementos alimentares para as grávidas são o ácido fólico, ou seja, a vitamina B9 (por exemplo SuperFolate) e a vitamina D (ver acima) (8-9).

Os melhores suplementos alimentares para as mulheres a amamentar

À semelhança das grávidas, as mulheres que estão a amamentar deveriam imperativamente aconselhar-se com o seu médico antes de iniciar uma cura de suplementos alimentares. Isto para garantir que as doses de micronutrientes que consomem não tem qualquer impacto negativo na saúde do bebé.

Dito isto, os melhores suplementos alimentares para as mulheres a amamentar são geralmente os seguintes:

  • o cardo mariano tem a reputação, segundo os herboristas, de propiciar a lactação. É por essa razão que algumas mulheres a amamentar consomem suplementos de cardo mariano (como Silyplus) (10);
  • como o nível de cálcio no organismo da mãe pode baixar devido à amamentação, algumas mulheres consomem também suplementos de cálcio (11).

Os melhores suplementos alimentares para os desportistas

Perdas significativas de minerais pela transpiração, necessidade de quantidades de adenosina trifosfato (ATP: a energia das células) elevadas para suportar esforços contínuos e intensos, necessidade de estimular o anabolismo muscular, etc.; os desportistas têm necessidades muitos superiores às dos restantes indivíduos. E, sobretudo, têm necessidades específicas.

Além dos minerais como o zinco, o magnésio e o selénio, a carnitina, a arginina ou a glutamina, que potenciam as hormonas, o funcionamento dos músculos ou o metabolismo, os melhores suplementos alimentares para os desportistas e a musculação são – incontestavelmente:

  • os BCAA; aminoácidos de cadeias ramificadas (leucina, isoleucina e valina) que apoiam a função anabólica, geralmente consumidos (por exemplo, na forma de suplementos como BCAA’s) pelos praticantes de musculação depois dos treinos. São absorvidos diretamente pelos músculos (12).
  • a creatina; um dos suplementos alimentares mais antigos e mais estudados nos desportistas, a creatina é um precursor da ATP, que permite aos desportistas dispor de mais energia durante mais tempo. O princípio consiste em saturar os músculos de creatina (por exemplo, com o suplemento 3-Creatine) por um período de 1 a 2 semanas e depois manter essa saturação tomando uma dose diária de 3 a 5 g (13).

Referências

  1. GODSWILL, Awuchi Godswill, SOMTOCHUKWU, Igwe Victory, IKECHUKWU, Amagwula O., et al.Health benefits of micronutrients (vitamins and minerals) and their associated deficiency diseases: A systematic review. International Journal of Food Sciences, 2020, vol. 3, no 1, p. 1-32.
  2. https://www.anses.fr/fr/content/les-lipides
  3. CANDELA, C. Gómez, LÓPEZ, LMa Bermejo, et KOHEN, V. Loria. Importance of a balanced omega 6/omega 3 ratio for the maintenance of health. Nutritional recommendations. Nutricion hospitalaria, 2011, vol. 26, no 2, p. 323-329.
  4. BOCLÉ, J. C. et THOMANN, C. Effects of probiotics and prebiotics on flora and immunity in adults. L'Agence Française de Sécurité Sanitaire des Aliments report. L'Agence Française de Sécurité Sanitaire des Aliments, Maisons-Alfort, France, 2005, p. 59-128.
  5. BRAAKHUIS, Andrea. Evidence on the health benefits of supplemental propolis. Nutrients, 2019, vol. 11, no 11, p. 2705.
  6. ABDURRAHMAN, Samar Zakir et ANWAR, Mohd. Ethno medicinal, phyto chemical and therapeutic importance of Bambusa arundinaceous: A review.
  7. MAHER, Pamela. Modulation of multiple pathways involved in the maintenance of neuronal function during aging by fisetin. Genes & nutrition, 2009, vol. 4, no 4, p. 297.
  8. RASMUSSEN, Mikkel Mylius, CLEMMENSEN, Dorte, et al.Folic acid supplementation in pregnant women. Dan Med Bull, 2010, vol. 57, no 1, p. A4134.
  9. WEI, Shu Qin. Vitamin D and pregnancy outcomes. Current Opinion in Obstetrics and Gynecology, 2014, vol. 26, no 6, p. 438-447.
  10. JIANG, XiaoJun, LIN, Sen, LIN, Yan, et al.Effects of silymarin supplementation during transition and lactation on reproductive performance, milk composition and haematological parameters in sows. Journal of Animal Physiology and Animal Nutrition, 2020, vol. 104, no 6, p. 1896-1903.
  11. PRENTICE, Ann, et al.Calcium in pregnancy and lactation. Annual review of nutrition, 2000, vol. 20, no 1, p. 249-272.
  12. DE LORENZO, A., PETRONI, M. L., MASALA, S., et al.Effect of acute and chronic branched-chain amino acids on energy metabolism and muscle performance. Diabetes, nutrition & metabolism, 2003, vol. 16, no 5-6, p. 291-297.
  13. FRANCAUX, Marc et POORTMANS, J. R. Effects of training and creatine supplement on muscle strength and body mass. European journal of applied physiology and occupational physiology, 1999, vol. 80, no 2, p. 165-168.

Partilhe

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário

Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião

Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita