0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Reforço geral do organismo Dossiers

Suplementos alimentares: tudo o que deve saber!

Uma deficiência de vitaminas ou minerais? Excesso de peso? Dores articulares que lhe dificultam o dia a dia? Perturbações do sono? Uma suplementação alimentar pode, nestes casos, revelar-se uma opção muito interessante.
Rédaction Supersmart.
2017-05-30 (blog.publication: 2017-04-07)Comentários (0)

Todos os suplementos são iguais?

Existe no mercado uma multitude de produtos e, infelizmente, nem todos têm a mesma qualidade. É, por conseguinte, primordial apostar em produtos de qualidade. Como? Certificando-se, em primeiro lugar, de que os produtos cumprem as normas de rotulagem impostas por lei. Os ingredientes e ativos, a noção de “suplemento alimentar” ou de “suplemento nutricional” e a posologia recomendada devem, assim, aparecer na embalagem. Da mesma forma, o fabricante deve mencionar claramente as precauções de utilização (no caso de alergias, por exemplo). Por fim, a lista de ingredientes deve ser facilmente acessível. É ela que lhe indicará precisamente a composição do produto e a qualidade dos ativos e das matérias-primas.

Todas as normas garantem um produto de qualidade?

Além dos requisitos impostos pelo legislador, as marcas que fabricam e/ou vendem suplementos alimentares podem implementar uma carta de qualidade. O seu objetivo? Garantir uma escolha qualitativa de matérias primas e dos processos de fabrico de elevado valor acrescentado. Os principais certificados são o HACCP, HACCP + (ISO de 20 000) e o GMP. O que está por detrás destas siglas? Estes certificados validam controlos estritos, realizados em todas as fases de fabricação. Garantem igualmente a utilização de ingredientes de qualidade, em proporções ideais. Estes certificados não são obrigatórios e representam um custo para os fabricantes, o que explica que nem todas as marcas ofereçam essa segurança.

Os suplementos alimentares substituem os medicamentos?

Embora os suplementos alimentares possam aliviar, o seu objetivo não é substituir um tratamento alopático, especialmente em caso de patologia grave. Também não dispensam uma consulta médica quando ocorrem dores significativas, febre ou qualquer outro sintoma que deva ser objeto de aconselhamento profissional. Contudo, os suplementos alimentares podem inscrever-se numa verdadeira abordagem “terapêutica” e completar (ou até mesmo substituir, após aconselhamento médico) um tratamento medicamentoso que não tenha os efeitos esperados. Alguns suplementos alimentares podem, assim, aliviar dores crónicas (artrose, por exemplo) em substituição de tratamentos químicos, e sem efeitos secundários.

Os suplementos alimentares são seguros?

A Agência Europeia de Segurança Alimentar ( European Food Safety Authority - AFSA) define os suplementos alimentares como “fontes concentradas de nutrimentos ou outras substâncias que possuem um efeito nutricional ou psicológico e que se destinam a complementar um regime alimentar normal”. Como tal, eles devem satisfazer determinados critérios (em termos de rotulagem, por exemplo) e, em França, ser declarados à Direção da Concorrência, do Consumo e da Repressão das fraudes (DGCCRF). Este organismo verifica a composição e pode solicitar controlos. Neste âmbito, os suplementos alimentares não são considerados perigosos para a saúde. É por esse motivo que eles são de venda livre. Atenção, no entanto, os suplementos alimentares podem, por vezes, ser desaconselhados a mulheres grávidas ou lactantes e crianças.

Os suplementos alimentares são eficazes?

Os suplementos alimentares contêm princípios ativos cuja maioria tem sido alvo de avançados estudos clínicos. Formulados à base de plantas utilizadas desde a aurora dos tempos pelas medicinas tradicionais ou a partir de ativos, minerais ou oligoelementos, vitaminas reconhecidos pelas suas virtudes sobre a saúde, os suplementos alimentares não são simples placebos (um certo número de suplementos alimentares pode conter mais ativos naturais – designadamente as plantas – do que certos medicamentos). A sua ação é bem real, deve-se, por conseguinte, usá-los sabiamente e consultar um médico em caso de afeção de longa duração ou tratamento médico de longo prazo (as interações com certos medicamentos podem existir). A ingestão de suplementos alimentares pode, por vezes, ser desaconselhada.

Como orientar as suas necessidades?

Suplemento vitamínico, estimulador de energia, queima-gorduras, ajuda a adormecer…? Antes de se deixar tentar, defina precisamente as suas necessidades e as suas expectativas, porque a oferta em matéria de suplementos alimentares é vasta. O objetivo é encontrar o produto mais adequado ao seu perfil e que corresponda realmente ao que precisa nesse momento. Se quiser tomar vários produtos ao mesmo tempo, é melhor pedir a opinião de um especialista (naturopata, por exemplo), podendo a eficácia de determinadas substâncias ser reduzida se forem tomadas associadas a outros ativos. Em qualquer caso, siga estritamente as instruções e as restrições presentes na caixa, quer em termos de duração do tratamento, quer de tomas diárias.

Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Bananas, especiarias e outros alimentos ricos em potássio
Falta de potássio – como reconhecer e evitar

O potássio é um mineral essencial para o organismo, envolvido no funcionamento do sistema nervoso, dos músculos… O que significa que uma carência de potássio se pode revelar perigosa. Veja como identificar esta carência e como a solucionar.

Médico a auscultar uma mulher anémica com falta de ferro
Quem deve tomar um suplemento alimentar de ferro?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 2 mil milhões de pessoas no mundo sofrem de anemia, ou seja, de uma carência de ferro. Mas quando e porque razão se devem tomar suplementos alimentares de ferro? Elementos de resposta.

Mulher anémica a verificar a composição nutricional de um alimento numa loja
Quais são as principais carências alimentares?

As carências alimentares mais frequentes nos países desenvolvidos são as carências de cálcio, de vitamina D, de ferro, de magnésio, de zinco e de vitamina B12. Descubramos como as solucionar de forma simples

Seleção de alimentos altamente concentrados em antioxidantes
A cada um o seu antioxidante: qual o que mais lhe convém?

Os metais que enferrujam, os frutos e legumes que murcham, as gorduras que rançam… O nosso organismo não é o único a ser vítima da oxidação; este fenómeno que origina danos celulares irreversíveis e que está associado a uma centena de doenças e patologias, nomeadamente cancro e problemas cardiovasculares. Connosco, existe uma origem principal amplamente desconhecida: a transformação vital do oxigénio em água.

Fígado, favas e abacate são alimentos ricos em ácido fólico
Os inúmeros benefícios da vitamina B9, também denominada ácido fólico

A vitamina B9, também denominada ácido fólico ou folato, desempenha um papel importante no funcionamento do nosso organismo, nomeadamente durante a gravidez. Descubra as virtudes da vitamina B9 e os alimentos que a contêm.

Dieta mediterrânica com tomates e azeitonas diante de uma paisagem grega
Dieta cretense ou mediterrânica – princípios e benefícios

A dieta mediterrânica revela-se particularmente benéfica para o organismo. Descubra os princípios simples e os vários benefícios desta dieta de saúde ancestral.

Estes produtos devem interessar-lhe

Novo
Daily 3®Daily 3®

A fórmula multivitamínica mais completa que podemos tomar numa única cápsula

49.00 €(58.62 US$)
+
Daily 6®Daily 6®

Contém 55 ingredientes! O multinutrientes de muito largo espectro para uma saúde ideal.

89.00 €(106.48 US$)
+
Liposomal Vitamin C 335 mgLiposomal Vitamin C 335 mg

Forma altamente biodisponível de vitamina C

45.00 €(53.84 US$)
+
Magnesium Orotate 500 mgMagnesium Orotate 500 mg

Uma forma de magnésio com elevada biodisponibilidade

34.00 €(40.68 US$)
+
Methylcobalamine 1 mgMethylcobalamine 1 mg

A forma de vitamina B12 mais activa, utilizada preferencialmente para regenerar os neurónios.

19.00 €(22.73 US$)
+
Novo
Adaptogenic PotionAdaptogenic Potion

Uma poção ayurvédica para reforçar a imunidade e eliminar o stress

34.00 €(40.68 US$)
+
Annatto Tocotrienols 50 mgAnnatto Tocotrienols 50 mg

Benéfico para a saúde cardiovascular. 90% de delta-tocotrienóis, a forma de vitamina E com a mais forte actividade biológica.

34.00 €(40.68 US$)
+
© 1997-2020 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2020 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok