0
pt
US
WSM
217333770
O seu carrinho está vazio.
Menu
Mulher excitada a ter uma relação sexual com um homem

Libido feminina – 8 truques naturais para a estimular

Há algum tempo que o seu desejo de mulher se assemelha mais a brasas apagadas do que a chamas ardentes? Reacenda o fogo da sua energia sexual graças a estes 8 conselhos naturais para estimular a libido feminina!

Porque é que a minha libido baixou?

Um pouco tabu, os problemas da libido na mulher são, no entanto, mais comuns do que se pensa. Em todo o mundo, 10 a 50% das mulheres adultas têm dificuldades sexuais ligadas ao prazer ao longo da sua vida (1).

Para justificar esta falta de apetite sexual feminino, são evocadas hoje em dia várias pistas:

  • causas fisiológicas: flutuações hormonais (falta de estrogénios e/ou de testosterona, toma de contracetivos, amamentação, menopausa…), dores durante as relações;
  • causas psicológicas: traumas antigos, má perceção da sexualidade, stress crónico, estados depressivos (2);
  • causas relacionais no casal; procura absoluta de desempenhos sexuais, dessincronização do desejo, monotonia;
  • causas contextuais: acumulação de fadiga associada ao trabalho, às tarefas domésticas, à educação das crianças…

Minhas senhoras, não há razão para alarme; por vezes, basta um pequeno clique para relançar uma libido adormecida – ou para amplificar um desejo sexual já existente.

A acupunctura para despertar a libido feminina

Quando a diminuição do desejo sexual tem origem numa falta de tónus, a acupunctura surge como uma alternativa natural sensata (3). Após uma avaliação prévia para identificar a causa do bloqueio, são posicionadas agulhas em meridianos exatos do corpo para tornar mais fluida a circulação das energias.

Para resolver os problemas de libido na mulher, o terapeuta foca-se geralmente nos meridianos do fígado, do estômago e dos rins.

As massagens com óleos essenciais afrodisíacos

A aromaterapia tem também pequenos segredos eróticos (4). Dotado de um perfume suave e embriagante, o óleo essencial de ylang-ylang totum convida ao desprendimento total e ao despertar dos sentidos. Combinado com a preciosa rosa-chá e à essência de jasmim, confere uma sinergia particularmente sensual. Para diluir sempre num óleo vegetal de amêndoa ou num macerado de baunilha!

Como tirar partido? Aplique algumas gotas da sinergia obtida na base das costas e no baixo ventre. Ou, melhor ainda, deixe-se massajar pelo seu parceiro – cumplicidade suave garantida.

O Tribulus terrestris para a atividade dos órgãos sexuais

Também denominado Cruz-de-Malta, o Tribulus terrestris está inscrito há muito tempo na farmacopeia ayurvédica. Foi muito cobiçado durante a Antiguidade pelos seus frutos com propriedades afrodisíacas e fortalecedoras. Está atualmente comprovado que o Tribulus participa na atividade hormonal e dos órgãos sexuais – nomeadamente graças à sua riqueza em saponinas (5).

Para noites de paixão carnal, pode optar por suplementos que o contêm (como Tribulus Terrestris, normalizado a 40% de saponinas para uma eficácia ideal).

Saúde sexual e damiana

O seu nome em latim é já bastante evocador. Membro da família das passifloráceas, a damiana (Turnera aphrodisiaca) apresenta-se como um pequeno arbusto em forma de moita e aromático, cujas flores amarelas exalam um suave perfume de camomila. Contribuindo para a saúde sexual e para apoiar o bem-estar mental, esta planta seduzia já os Maias e os Incas, que consumiam amplamente as suas folhas em infusão (6-7).

Boas notícias, minhas senhoras: esta planta entra também em suplementos para apimentar a vossa vida íntima (como, por exemplo, Damiana Extract, um suplemento à base de extrato natural de Damiana).

Um ambiente erótico para aguçar o desejo

E se bastasse cuidar da decoração para fazer subir a temperatura? Como quem não quer a coisa, um quarto consagrado exclusivamente aos prazeres dos sentidos pode rapidamente reacender a chama do desejo e inflamar a sua libido feminina.

Velas perfumadas, incenso, iluminação ténue, cortinados acetinados… Crie o casulo sensual que vos levará ao sétimo céu!

O maca para sustentar a sexualidade e a fertilidade

Semelhante ao nosso nabo comum, o maca (Lepidium meyenii) é uma das poucas espécies vegetais capazes de resistir às condições climáticas extremas dos altos planaltos andinos. E no plano sexual, este “ginseng peruano” tem também efeitos; graças ao seu teor em macamidas e macaenos, participa ativamente no apoio da sexualidade e da fertilidade (8-10).

Este tubérculo excecional integra por isso alguns suplementos (como o suplemento ético Super Maca, formulado à base de maca amarelo especificamente centrado na função sexual).

Libido – o ioga para aumentar a sua energia sexual

Multiplicar a sua vitalidade sexual com o ioga, é possível (11-12)! Determinadas posturas despertariam, de facto, a Kundalini, sede da libido aninhada no chakra sagrado. Para isso, convém, nomeadamente, desbloquear os 3 bandhas, uma espécie de fecho energético situado respetivamente ao nível do períneo, do umbigo e da garganta.

Concretamente, isso faz-se como? Sente-se na posição de lótus, contraia o períneo e a zona sob o umbigo, depois baixe o queixo na direção do esterno. Respire profundamente 3 a 5 vezes e volte lentamente à posição inicial. Simples, mas visivelmente eficaz!

O catuaba, a arma secreta da fitoterapia brasileira

Eis uma substância eficaz... Originário das florestas tropicais brasileiras, o catuaba (Erythroxylum catuaba) deve todo o mérito à sua casca. Há vários séculos que os Índios Tupi fazem infusões com ele para elaborar a poção designada “desejo” (13).

Existe risco de dependência? Nenhum; contrariamente a outras espécies do género Erythroxylum, esta não encerra qualquer vestígio de alcalóides.

Alguns suplementos alimentares incluíram esta planta de exceção na sua fórmula (como Catuaba Power, com uma dose de 375 mg de catuaba para uma ação maximizada). Encontramo-la igualmente no elixir de charme Triple Play, associada à jaca-brava e ao muira puama.

Referências

  1. https://www.planetesante.ch/Magazine/Psycho-et-cerveau/Libido/Problemes-de-libido-chez-la-femme-un-trouble-sexuel-frequent-mais-mal-connu
  2. Bodenmann G, Ledermann T, Blattner D, Galluzzo C. Associations among everyday stress, critical life events, and sexual problems. J Nerv Ment Dis. 2006 Jul;194(7):494-501. doi: 10.1097/01.nmd.0000228504.15569.b6. PMID: 16840845.
  3. Oakley SH, Walther-Liu J, Crisp CC, Pauls RN. Acupuncture in Premenopausal Women With Hypoactive Sexual Desire Disorder: A Prospective Cohort Pilot Study. Sex Med. 2016;4(3):e176-e181. doi:10.1016/j.esxm.2016.02.005
  4. Khadivzadeh T, Najafi MN, Ghazanfarpour M, Irani M, Dizavandi FR, Shariati K. Aromatherapy for Sexual Problems in Menopausal Women: A Systematic Review and Meta-analysis. J Menopausal Med. 2018;24(1):56-61. doi:10.6118/jmm.2018.24.1.56
  5. Akhtari E, Raisi F, Keshavarz M, et al. Tribulus terrestris for treatment of sexual dysfunction in women: randomized double-blind placebo - controlled study. Daru. 2014;22(1):40. Published 2014 Apr 28. doi:10.1186/2008-2231-22-40
  6. Estrada-Reyes R, Ortiz-López P, Gutiérrez-Ortíz J, Martínez-Mota L. Turnera diffusa Wild (Turneraceae) recovers sexual behavior in sexually exhausted males. J Ethnopharmacol. 2009 Jun 25;123(3):423-9. doi: 10.1016/j.jep.2009.03.032. Epub 2009 Mar 31. PMID: 19501274.
  7. Szewczyk K, Zidorn C. Ethnobotany, phytochemistry, and bioactivity of the genus Turnera (Passifloraceae) with a focus on damiana--Turnera diffusa. J Ethnopharmacol. 2014 Mar 28;152(3):424-43. doi: 10.1016/j.jep.2014.01.019. Epub 2014 Jan 24. PMID: 24468305.
  8. Gonzales GF, Córdova A, Vega K, Chung A, Villena A, Góñez C, Castillo S. Effect of Lepidium meyenii (MACA) on sexual desire and its absent relationship with serum testosterone levels in adult healthy men. Andrologia. 2002 Dec;34(6):367-72. doi: 10.1046/j.1439-0272.2002.00519.x. PMID: 12472620.
  9. Lee MS, Lee HW, You S, Ha KT. The use of maca (Lepidium meyenii) to improve semen quality: A systematic review. Maturitas. 2016 Oct;92:64-69. doi: 10.1016/j.maturitas.2016.07.013. Epub 2016 Jul 21. PMID: 27621241.
  10. Dording CM, Schettler PJ, Dalton ED, et al. A double-blind placebo-controlled trial of maca root as treatment for antidepressant-induced sexual dysfunction in women. Evid Based Complement Alternat Med. 2015;2015:949036. doi:10.1155/2015/949036
  11. Brotto LA, Krychman M, Jacobson P. Eastern approaches for enhancing women's sexuality: mindfulness, acupuncture, and yoga (CME). J Sex Med. 2008 Dec;5(12):2741-8; quiz 2749. doi: 10.1111/j.1743-6109.2008.01071.x. PMID: 19090937.
  12. Najafidoulatabad S, Mohebbi Z, Nooryan K. Yoga effects on physical activity and sexual satisfaction among the Iranian women with multiple sclerosis: a randomized controlled trial. Afr J Tradit Complement Altern Med. 2014;11(5):78-82. Published 2014 Aug 23. doi:10.4314/ajtcam.v11i5.13
  13. Lim PHC. Asian herbals and aphrodisiacs used for managing ED. Transl Androl Urol. 2017;6(2):167-175. doi:10.21037/tau.2017.04.04

Palavras-chave

Partilhe

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário

Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião

Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita