0
pt
US
X
× SuperSmart Comprar por problema de saude Comprar por ingrediente Best-sellers Novidades Promoção A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Início Comprar por problema de saude Nutrição cerebral Mucuna pruriens 400 mg
Suplemento alimentar de Mucuna pruriens contra a Parkinson
Suplemento alimentar de Mucuna pruriens contra a Parkinson
Tamanho
0295Suplemento alimentar de Mucuna pruriens contra a ParkinsonTamanho
×
+
-
Mucuna pruriens 400 mg
Nutrição cerebral
5
4.8 em 5
5 estrelas
10
4 estrelas
3
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
13 opiniões
Opiniões de clientes
29.00 €(35.22 US$) Quantidade limitada
Descrição
Um extrato excecional de Mucuna pruriens com propriedades anti Parkinson
  • Normalizado a 15% de Levodopa natural (L-dopa), um aminoácido precursor da dopamina.
  • Contribui para o bom funcionamento do sistema nervoso.
  • Produto importante da medicina ayurvédica.
  • Garantido sem aditivos sintéticos.
-
+
125 Cáps. veg.
juntar ao cesto Certificado de Análise
Lista de desejos
Grãos de feijão-da-flórida ou Mucuna pruriens

Mucuna pruriens – um suplemento rico em L-dopa, precursor da dopamina

Mucuna pruriens 400 mg é um suplemento alimentar de Mucuna pruriens, uma planta utilizada na medicina ayurvédica para lutar contra as doenças neurodegenerativas e a neuroinflamação.

É uma das melhores fontes naturais de L-DOPA, o precursor da dopamina, e contém vários ingredientes ativos que a tornam ainda mais eficaz: ácido ursólico, beta-sitosteróis, prurenienina e prurienidina.

O que é a Mucuna pruriens?

A Mucuna pruriens é uma planta leguminosa de origem asiática, vulgarmente conhecida como feijão-da-flórida, que pertence à família das fabaceae. Trata-se de uma das melhores fontes de L-dopa (4-5%), o precursor da dopamina.

Mas o que contribui para o seu renome é também a sua riqueza em moléculas que potenciam os efeitos da L-Dopa, como o Dopamine Decarboxylase Inhibitor (1) e alcalóides variados como a prurienina, a prurieninina e a prurienidina (2).

Contém além disso proteínas específicas (globulinas e albuminas), ácidos gordos interessantes (ácido oleico, ácido linoleico e ácido palmítico) (3), NADH (um co-fator importante do organismo), coenzima Q10 e esteróis de grande interesse (ácido ursólico, betasitosteróis) (4).

Quais são as vantagens de Mucuna pruriens relativamente à L-Dopa isolada?

Os extratos de Mucuna pruriens suscitam um entusiasmo sem precedentes há vários anos, que pode ser explicado de várias maneiras.

Os extratos de Mucuna pruriens contêm L-Dopa e moléculas naturais que atuam em sinergia para potenciar o respetivo efeito. Um ensaio clínico humano demonstrou que a Levodopa contida na Mucuna era 2 a 3 vezes mais potente do que a mesma quantidade de Levodopa isolada.

Alguns ensaios clínicos sugeriram que a utilização de levodopa isolada conduzia a um fenómeno de discinesia (movimentos anormais involuntários) a longo prazo, contrariamente à utilização de extratos de Mucuna pruriens (5).

As vantagens de Mucuna pruriens não se limitam à sua riqueza natural em L-dopa. Na verdade, estudos experimentais revelaram efeitos no plano neuronal com extratos de Mucuna pruriens sem L-dopa (6). O NADH, em particular, poderia contribuir para aumentar a redução endógena de moléculas como a dopamina, a levodopa, a norepinefrina e a serotonina (7).

Trata-se de um extrato utilizado tradicionalmente e reconhecido pela medicina ayurvédica. Na região da Índia atual, as sementes de Mucuna pruriens foram sempre utilizadas como potente agente anti-inflamatório (8) e constituíram um tratamento complementar para inúmeras afeções associadas ao envelhecimento articular e cognitivo (9). São igualmente utilizadas como tónico afrodisíaco.

Os extratos de Mucuna pruriens são reconhecidos pela comunidade científica?

A investigação científica interessa-se pela Mucuna pruriens há várias décadas e a literatura científica que estuda as suas propriedades neuroprotectoras (10) abunda. Vários estudos sugerem que ela contribuiria para inibir as respostas inflamatórias situadas na micróglia, uma população de células gliais e de macrófagos que encontramos no sistema nervoso central (cérebro, espinal medula e retina) e que forma a principal defesa imunitária ativa do sistema nervoso central.

Em determinados problemas neurodegenerativos, a micróglia liberta grandes quantidades de óxido nítrico no cérebro, na sequência de danos inflamatórios repetidos (11). Esta quantidade anormal de óxido nítrico poderia estar ligada ao desenvolvimento de certas doenças e à degenerescência dos neurónios dopaminérgicos do corpo estriado – uma região específica do cérebro. A única molécula que proporciona um alívio sintomático desta neuroinflamação crónica é a levodopa – precursora da dopamina – mas não pode constituir um tratamento duradouro devido aos efeitos secundários que provoca após vários anos.

Temos de estar preparados para efeitos secundários?

A segurança de utilização dos extratos de Mucuna pruriens foi determinada por inúmeros estudos, com doses muito elevadas (15 a 30 g por oposição a 0,3 g no extrato que propomos aqui) ao longo de muitas semanas (12).

Ensaios clínicos mostraram também a forte redução do fenómeno de discinesia comparativamente à administração de L-dopa isolada.

Por outro lado, recomenda-se evitar a sua utilização em caso de:

  1. problemas cardiovasculares
  2. hipotensão
  3. diabetes
  4. cancro
  5. úlceras
  6. problemas psiquiátricos
  7. gravidez e amamentação.

Por outro lado, aconselhamos falar com o seu profissional de saúde caso esteja a ser submetido(a) a tratamento anestésico, antidepressivo, antipsicótico, hipotensor ou hipoglicemiante. Salientamos também que a vitamina B6 pode diminuir a eficácia da levodopa no feijão-da-flórida.

Como tomar Mucuna pruriens?

O extrato de feijão-da-flórida Mucuna pruriens toma-se em jejum, com água, à razão de 2 a 5 cápsulas por dia.

Recomenda-se também respeitar os avisos seguintes durante toda a duração da cura para conseguir uma eficácia ideal:

  • Aposte nas medicinas complementares, validadas no plano científico ou seguindo os conselhos do seu profissional de saúde. Mais de 40% das pessoas com problemas neurodegenerativos recorrem a uma forma de medicina complementar, como a toma de suplementos, a acupunctura, o tai chi, a arte-terapia…(13). Estas abordagens contribuiriam para aumentar os níveis de dopamina endógena no cérebro (14) ao mesmo tempo de diminuiriam os níveis de cortisol – a hormona do stress (15).
  • Pratique uma atividade física regular.
  • Use e abuse de massagens. É uma das estratégias alternativas mais utilizadas (16). Integra, por exemplo, a reflexologia – uma abordagem que se apoia nos princípios da medicina tradicional chinesa – ou a terapia Trager – uma abordagem psicocorporal que visa libertar as tensões físicas e mentais.
  • Utilize a música para seu prazer. Ouça trechos musicais que o(s) inspirem, cante, dance ou toque um instrumento; estas atividades anódinas têm muitos efeitos benéficos no equilíbrio e na marcha (17-18) e contribuem para libertar dopamina endógena que poderia melhorar temporariamente os sintomas motores.
  • Evite os fatores que influenciam mais negativamente as funções cognitivas como o tabaco, a fraca estimulação intelectual e o stress crónico.
  • Seja exemplar no plano alimentar. São imensos os estudos que realçam a ligação entre nutrição e envelhecimento do cérebro (19-20). Isto não é de todo surpresa, na medida em que o cérebro só funciona corretamente quando é “alimentado” da forma ideal. O stress oxidativo aumenta consideravelmente com a idade, devido a um défice progressivo dos antioxidantes endógenos (ou seja, produzidos no organismo). Falamos de aumentar o seu consumo de frutas e legumes frescos e de assegurar aportes ideais de zinco, selénio, vitamina C e vitamina E – os micronutrientes cuja prevalência de défices é mais marcante (21-22).
  • Escolha preferencialmente alimentos “bio”. A exposição prolongada a poluentes químicos ou a pesticidas, como os herbicidas e os inseticidas (como a rotenona), é um fator de risco reconhecido da doença de Parkinson.
  • Alterne com outros suplementos alimentares neuroprotectores, por exemplo um extrato de Ginkgo biloba, que contribui para normalizar as funções cognitivas, ou a coenzima Q10, um antioxidante cujos níveis são reduzidos nas pessoas que sofrem de neurodegenerescência.
Composição
Dose diária: 5 cápsulas
Número de doses par caixa: 25
Quantidade por dose
Extrato de Mucuna pruriens normalizado a 15% L-dopa 2000 mg
Outros ingredientes: goma de acácia, farinha de arroz.


Cada cápsula contém 400 mg de extrato de Mucuna pruriens normalizado para conter 15% de L-dopa.

Conselhos de utilização

Tomar 2 a 5 cápsulas com água com o estômago vazio, ou seguir as indicações do seu terapeuta.

Precauções: não ultrapassar a dose diária recomendada. Este produto é um suplemento nutricional que não deve substituir uma alimentação variada e equilibrada nem um modo de vida saudável. Não deixar ao alcance das crianças. Conservar em local fresco e seco, ao abrigo da luz. Como para todos os suplementos nutricionais, consulte um profissional de saúde antes de o tomar se estiver grávida, a amamentar ou se tiver qualquer problema de saúde.

5
4.8 /5 13 opiniões
Descrição
5
4.7 / 5
Qualidade
5
4.8 / 5
Relação qualidade-preço
4.5
4.3 / 5

Opiniões 13
Excelente
77 %
Bom
23%
Aceitável
0%
Mau
0%
Muito mau
0%

TACCONE Antonio
4
(ITALIAN) - Sembrava più efficace all'inizio (diversi mesi fa) e il giudizio sarebbe stato da 5 stelle. Mi dava molta vitalità ed energia, e la sua azione era particolarmente evidente in un effetto "collaterale", per i sogni vividi che avevo ogni notte. Ora sembra che funzioni un po' meno, tuttavia. Comunque grazie, sembra un prodotto valido.
Jean RICHARD
5
Très bon conditionnement du produit.
DOUTAZ Marie Jose
5
Très efficace
Gino RJ
5
Super de Luxe
ENRICO BORGIO
5
E' troppo presto per esprimere una serena valutazione della sua efficacia, ma assumo il prodotto con fiducia.
RUDY De Astis
4
molto buono
Stephane
4
Difficile d'évaluer les effets de ce traitement
DUMAS Christian
5
Produits très bien pour la maladie de parkinson
DUMAS Christian
5
produits très interessant pour quelqu’un qui a la maladie de parkinson je recommande
Thierry PRUDHOMME
5
Jusque là, je ne peux pas vraiment donner un avis objectif, car c'est dans un but thérapeutique de pouvoir arrêter les traitements lourds que prend mon mari pour dépression réactionnelle profonde, suite à un choc physique et psychologique extrême.
ROVESTI Flora
5
Ottimo prodotto con dopamina naturale coadiuvante i farmaci in commercio per la terapia del morbo di Parkinson. Lo consiglio a chiunque soffra di questa patologia.
Referências
  1. Lieu CA, Kunselman AR, Manyam BV, Venkiteswaran K, Subramanian T. A water extract of Mucuna pruriens provides long-term amelioration of parkinsonism with reduced risk for dyskinesias. Parkinsonism Relat Disord. 2010 Aug;16(7):458-65. doi: 10.1016/j.parkreldis.2010.04.015. PMID 20570206
  2. Misra Wagner 2004
  3. Adebowale 2005
  4. Siddhuraju 1996
  5. Katzenschlager 2004
  6. Misra Wagner 2007
  7. Birkmayer 1990
  8. Yadav 2014
  9. Yadav 2013
  10. Manyam 2004
  11. Zhang et al 2013
  12. Katzenschlager 2004
  13. Ghaffari 2014
  14. 108
  15. 39
  16. 37
  17. 47
  18. 112
  19. Meydani M. Antioxidants and cognitive functions. Nutr Rev. 2001;59/8, S75-S82. Euronut Seneca. Nutrition and the elderly in Europe. Eur J Clin Nutr. 1991;45(suppl 3):1-185.
  20. Roussel AM, Ferry M. Stress oxydant et vieillissement. Nutr Clin Metab. 2002;16:285-292
  21. McClain CJ, McClain M, Barve S, Boosalis MG. Trace metals and the elderly. Clin Geriat Med. 2002;18: 801-8. 38.
  22. Briefel RR, Bialostosky K, Kennedy-Stephanson J, McDowell MA, Ervin RB, Wright JD. Zinc intake of the U.S. population: findings from the third National Health and Nutrition Examination Survey, 1988-1994. J Nutr. 2000;130(5S Suppl):1367S-73S.

Pacotes sinergia

Suplemento alimentar de Mucuna pruriens contra a Parkinson
Mucuna pruriens 400 mg
Um extrato excecional de Mucuna pruriens com propriedades anti Parkinson
29.00 €(35.22 US$)
Smart Pills
Smart Pills
Uma fórmula de estimulação cerebral excepcional (nootrópica)
33.00 €(40.08 US$)
Pack "Mucuna Pruriens + Smart Pills"
62.00 €(75.30 US$)
Suplemento alimentar de Mucuna pruriens contra a Parkinson
Mucuna pruriens 400 mg
Um extrato excecional de Mucuna pruriens com propriedades anti Parkinson
29.00 €(35.22 US$)
EDTA 250 mg
EDTA 250 mg
Quelante eficaz, prático e económico
27.00 €(32.79 US$)
Pack "Mucuna Pruriens + EDTA"
56.00 €(68.02 US$)
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter
e ganhe um desconto permanente de 5%
A nossa seleção de artigos
Os benefícios da Mucuna pruriens (sistema nervoso, saúde reprodutiva...)

A Mucuna pruriens, também conhecida como feijão-da-flórida, é uma planta trepadeira muito particular, dotada de vagens pubescentes e de vários benefícios. Foco numa super planta que lhe quer bem.

Ginkgo Biloba – os benefícios da árvore mais antiga do mundo

Tendo surgido no planeta há 270 milhões de anos, antes do aparecimento das flores e dos dinossauros, o ginkgo é utilizado há mais de 4000 anos pela medicina chinesa. Descubra tudo o que a “árvore das mil virtudes” lhe pode proporcionar…

Magnésio - as melhores formas para aliviar as dores, prevenir a hipertensão e melhorar a memória

Existem tantas formas de magnésio diferentes… qual delas escolher para conseguir uma absorção ideal?

Mucuna pruriens 400 mg
-
+
29.00 €
(35.22 US$)
juntar ao cesto
© 1997-2021 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2021 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok