INNOVATION AND EXCELLENCE SINCE 1992
Início
  >  
Categorias
  >  
Fitonutrientes
  >  
Berberine 500 mg
Berberine 500 mg
Berberine 500 mg
Berberine 500 mg – Extrato puro a 97% extraído do espinheiro-vinhedo (Berberis vulgaris)
  • Origem 100% natural
  • Garantia sem aditivos
  • Puro a 97% (máximo disponível no mercado)
  • Produto de utilização tradicional (medicina ayurvédica) com elevado potencial
  • Contribui para a saúde gastrointestinal e cardiovascular
see review

Quantidade : 60 Cáp. veg. 32.00 €
(35.72 US$)
juntar ao cesto

+Certificado de Análise

Berberine 100 mg é um complemento alimentar de qualidade superior concebido a partir do espinheiro-vinhedo. Contém uma quantidade excecional de berberina, um fitonutriente conhecido pelos seus efeitos notáveis na saúde cardiovascular e utilizado há milhares de anos na medicina ayurvédica.

O que é a berberina?

A berberina é uma substância vegetal produzida por determinadas plantas, como a Uva-espim (Berberis vulgaris), igualmente conhecida pelo nome de espinheiro-vinhedo. Trata-se de um alcalóide, ou seja, de um “composto orgânico natural, de estrutura molecular complexa (heterocíclica) e dotado de propriedades fisiológicas pronunciadas, mesmo em doses baixas” segundo a definição avançada pelos autores Winterstein e Trier. Trata-se de um grupo de produtos naturais fascinante, com elevado potencial terapêutico.

In vitro, este alcalóide pode exercer diferentes efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios, hipoglicémicos, hipotensores e hipolipidémicos (1 - 2), sendo a sua propriedade mais importante a de contribuir para bloquear os canais cálcicos.

Onde encontrar berberina? Encontramos igualmente berberina na argemone mexicana, o hidraste canadense, a uva do Oregon, o ruibarbo-dos-pobres e a Berberis aristata, um arbusto originário da região dos Himalaias.

De onde vem a berberina? Como é produzida?

As plantas que pertencem ao género Berberis estão presentes em todas as regiões semi tropicais do mundo. É por esta razão que ela faz parte integrante das grandes medicinas tradicionais como a medicina ayurvédica ou a medicina chinesa.

O nosso suplemento de berberina é proveniente da espécie Berberis vulgaris (espinheiro-vinhedo) que se concentra sobretudo no Irão, o maior produtor mundial, com 11 000 hectares de culturas. Diferentes órgãos da planta são pertinentes para uma utilização terapêutica, a saber: a casca, a raiz e o caule; mas é o fruto seco que é o mais frequentemente utilizado (3 - 4). Foi declarado totalmente seguro para alimentação humana e validado pela FDA americana (5).

Encontramos outros alcalóides no espinheiro-vinhedo, como a oxiacontina, a berbamina, a brocilina e a columbamina, mas é a berberina que suscita o maior entusiasmo no seio da comunidade científica. Razão pela qual optámos por enriquecer o nosso extrato natural com berberina (teor garantido a 97% de princípios activos).

Quais são os mecanismos de ação da berberina?

A berberina foi objeto de inúmeros estudos, devido às suas propriedades e aos seus efeitos fisiológicos. A planta de onde ela é extraída usufrui de uma utilização com uma tradição milenar; foram encontradas em placas de argila da biblioteca pessoal do imperador assírio Asurbanipal, datadas do ano 650 A.C., as provas da utilização de Berberis vulgaris para “purificar o sangue”. Na ayurveda, era também utilizada para tratar infecções variadas, ajudar a curar as feridas e “abrir o espírito”.

Colocam-se questões relacionadas com a sua biodisponibilidade por via oral, que tem a reputação de ser baixa, pelo facto de se estimar uma absorção intestinal de 0,4% (6) a 1% (7). Contudo, estudos realizados in vivo mostram que a distribuição da berberina nos tecidos é muito superior à sua concentração no sangue após uma administração oral. É rapidamente distribuída para os rins, os músculos, o coração, o pâncreas, as gorduras e o fígado, onde é metabolizada e transformada em berberrubina, em talifendina e em jatrorrhizina, os seus principais metabolitos ativos (8).

Os mecanismos de ação estão a ser investigados; centenas de estudos científicos surgem todos os anos para avaliar os seus benefícios na saúde cardiovascular.

Foram observadas interações farmacocinéticas em coadministração com a ciclosporina A (utilizada no tratamento das doença auto-imunes) e a metformina (uma anti-diabético oral utilizado no tratamento da diabetes de tipo 2 para baixar a insulinoresistência do organismo) (9).

As perguntas dos internautas

Porque é que o preço da berberina Supersmart é mais elevado do que o de outros suplementos?

O extrato de Berberis vulgaris proposto pela Supersmart é normalizado a 97% de berberina, que é o máximo disponível no mercado. Não contém mais nada além de fibras naturais de acácia e farinha de arroz, excipientes de origem natural totalmente seguros. Trata-se de uma verdadeira proeza técnica, pois é difícil colocar berberina numa cápsula.

A que produtos podemos associar a berberina?

Para lutar contra os níveis elevados de açúcares no sangue e contribuir para melhorar a saúde cardiovascular, são vários os complementos alimentares que lhe podem interessar.

  • Os compostos da fórmula Carbo Defense™ podem, por exemplo, ajudar a regular o metabolismo da glicémia limitando, nomeadamente, a absorção dos açúcares ao nível do intestino delgado.
  • O DHA (ácido docosahexanóico), vendido como suplemento com o nome de Super DHA, contribui para manter níveis normais de triglicéridos (10).
  • O PectaSol® (um concentrado natural de pectinas de limão) contribui para reduzir a subida da glicose no sangue após as refeições (quando tomado às refeições e numa dose de, pelo menos, 10 g) (11).
  • O Beta 1.3/1.6 Glucan, uma substância natural extraída da parede celular de uma levedura, contribui para manter níveis ideais de colesterol sanguíneo (12).

E se desejar continuar no domínio dos fitonutrientes, tem igualmente várias pistas com interesse:

  • Apple Polyphenols, um concentrado de polifenóis de maçã.
  • Um extrato de brócolos normalizado em glucosinolato de sulforafano.
  • Sesaplex, um extrato patenteado de sementes de sésamo normalizado em sesamina e em sesamolina.
  • Olive Leaf Extract, uma fórmula mediterrânea com tripla ação contra o colesterol e os triglicéridos sanguíneos;
  • Double Pomegranate, um complemento altamente antioxidante à base de romã.

Que dosagem devemos privilegiar?

A dose terapêutica utilizada na maioria dos ensaios clínicos é de 200 a 500 mg, 2 a 3 vezes por dia. Neste suplemento, a berberina é proposta na forma de uma cápsula vegetal 500 mg a tomar imediatamente antes das refeições, com a mesma periodicidade.

Tem dificuldades em engolir as cápsulas? Nada impede que abra as cápsulas e misture o conteúdo num copo de água, num sumo de fruta ou num iogurte. Na verdade, a berberina é convertida pela flora oral em dihidroberberina, que poderia ter mesmo uma taxa de absorção intestinal melhor (13).

Atualização: abril de 2018

Nota: Este produto não deve substituir uma alimentação diversificada e equilibrada nem um modo de vida saudável. Respeitar os conselhos de utilização, a dose diária aconselhada e a data limite de utilização. Desaconselhado para grávidas ou mulheres a amamentar e para crianças com menos de 15 anos. Manter fora do alcance das crianças. Conservar em local seco e fresco.

Referências

  1. Mokhber-Dezfuli N, Saeidnia S, Gohari AR, Kurepaz-Mahmoodabadi M. Phytochemistry and pharmacology of berberis species. Pharmacogn Rev. 2014;8:8.
  2. Bhardwaj D, Kaushik N. Phytochemical and pharmacological studies in genus Berberis. Phytochem Rev. 2012;11:523–542
  3. Mazandarani M, Ghasemi N, Bayat H. The second review and comparison of active ingredients in plant organs of Berberis vulgaris L. J Plant Sci Res. 2013;8:59–17.
  4. Madiseh MR, Heidarian E, Rafieian-kopaei M. Biochemical components of Berberis lycium fruit and its effects on lipid profile in diabetic rats. J HerbMed Pharmacol. 2014;3:1.
  5. Kermanshahi H, Riasi A. Effect of dietary dried Berberis vulgaris fruit and enzyme on some blood parameters of laying hens fed wheat-soybean based diets. Int J Poult Sci. 2006;5:89–93.
  6. Liu YT, Hao HP, Xie HG, et al. 2010. Extensive intestinal first-pass elimination and predominant hepatic distribution of berberine explain its low plasma levels in rats. Drug Metab Dispos 38: 1779–1784.
  7. Chen W, Miao YQ, Fan DJ, et al. 2011. Bioavailability study of berberine and the enhancing effects of TPGS on intestinal absorption in rats. AAPS PharmSciTech 12: 705–711
  8. Tan XS, Ma JY, Feng R, et al. 2013. Tissue distribution of berberine and its metabolites after oral administration in rats. PLoS One 8: e77969.
  9. Imenshahidi M, Hosseinzadeh H. Berberis Vulgaris and berberine:an update review. Phytother Res. 2016;30:1745–1764.
  10. EFSA opinion reference 2010;8(10):1734
  11. EFSA opinion reference 2010;8(10):1747
  12. EFSA opinion reference 2011;9(6):2207
  13. Feng R, Shou JW, Zhao ZX, He CY, Ma C, Huang M, et al. Transforming berberine into its intestine-absorbable form by the gut microbiota. Sci Rep. 2015;5:12155.
Dose diária: 2 cápsulas
Número de doses por caixa: 30
Quantidade por dose
Berberina (de 1040 mg de extrato de Berberis vulgaris normalizado a 97% de berberina) 1 000 mg
Outros ingredientes: Goma-arábica, farinha de arroz.


Adultos. Tomar 2 ou 3 cápsulas por dia, repartidos em duas ou três tomas, antes das três principais refeições. Cada cápsula contém 500 mg de berberina.

Precauções: Não exceda a dose diária recomendada. Este produto é um suplemento nutricional que não devem substituir uma dieta variada e equilibrada. Manter fora do alcance das crianças. Armazenar longe de luz, calor e umidade. Como com qualquer suplemento nutricional, consulte um profissional de saúde antes de usar se estiver grávida, amamentando ou se você tiver um problema de saúde.
 
Descubra alguns testemunhos dos nossos clientes
Berberine 500 mg
Quantidade : 60 Cáp. veg. 32.00 €
(35.72 US$)
juntar ao cestoadd_shopping_cart

Gratuito

Obrigado pela sua visita; antes de partir

INSCREVA-SE NO
Club SuperSmart
E beneficie
de vantagens exclusivas:
Continuar as minhas compras
keyboard_arrow_up