0
pt
US
SuperSmartSuper-nutrition Blog
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Stress e Estado de humor Dossiers

O neurotransmissor GABA: um anti-stress natural

Tudo o que precisa de saber sobre o GABA natural: as suas características, mecanismo de ação, propriedades, benefícios, usos, as mais recentes pesquisas e opinião científica
Rédaction Supersmart.
2018-05-17Commentaires (0)

O que é o GABA?

Vamos começar por analisar a definição de GABA. É a forma abreviada da molécula ácido gama-aminobutírico. Embora o nome possa sugerir o contrário, o GABA é, na verdade, uma molécula natural, que está naturalmente presente em muitas espécies do reino animal. Nos seres humanos, é encontrado em abundância no cérebro. Atua como um neurotransmissor ou neuromodulador.

Qual o papel de um neurotransmissor?

Para compreender de que forma o GABA natural atua no cérebro, é necessário examinar o mecanismo de ação e os efeitos de um neurotransmissor. Por definição, esta é uma molécula que transmite mensagens entre neurónios, embora o tipo de mensagem transmitida varie dependendo do neurotransmissor. Existem dois tipos: neurotransmissores excitatórios e neurotransmissores inibitórios, sendo que o GABA pertence à segunda categoria. Por outras palavras, possui um potencial de ação inibitória, que exerce ao ligar-se a recetores específicos, designados como recetores GABA ou recetores GABAérgicos.

O que é um recetor GABA?

Como mencionado, os recetores GABAérgicos têm locais de ligação específicos para o GABA, que assim irá transmitir a sua “mensagem inibidora”. Para compreender este mecanismo, um recetor GABAérgico deve ser visto como um canal para várias trocas. Após a ligação do GABA, estes canais mudam de conformação, passando de um estado fechado para um aberto. As trocas de átomos começam a ocorrer, resultando na transmissão de um sinal inibitório. Os cientistas designam este processo como “transdução do sinal entre um neurónio pré-sináptico e um neurónio pós-sináptico”, referindo-se igualmente a sistema GABAérgico.

Quais os efeitos do sistema GABAérgico?

Embora este mecanismo de ação pareça estar agora bem estabelecido, só foi totalmente compreendido muito recentemente. Apresentando um breve contexto histórico, o GABA foi descoberto na década de 1950 por dois cientistas, Roberts e Frankel, mas só várias décadas depois é que o seu papel no cérebro humano foi claramente identificado. Atualmente, sabe-se que o sistema GABAérgico influencia várias situações da vida quotidiana. Em particular, tem efeitos positivos no comportamento e estados emocionais, como hostilidade, raiva e agressividade.

O que explica o efeito calmante e anti-stress do GABA?

Agora que já explicámos um pouco a ação calmante e anti-stress do GABA, é interessante explorar descobertas recentes sobre o assunto. Como mencionámos, os benefícios do GABA são conferidos quando este se liga aos recetores GABAérgicos, mas a pesquisa mais recente indica que, na verdade, existem dois tipos: recetores GABAA e recetores GABAB. Ambos são capazes de induzir um potencial de ação inibitória, mas os recetores GABAB têm outra especificidade. Depois de ligar-se a estes recetores, o GABA é capaz de inibir a libertação de neurotransmissores excitatórios, como o glutamato.

Qual a ligação entre o GABA e o glutamato?

O GABA é um neurotransmissor inibitório, enquanto que o glutamato é um neurotransmissor excitatório. Embora pareçam ser polos opostos, existe uma ligação direta entre eles. Na verdade, o glutamato nada mais é do que o precursor do GABA. O GABA é produzido como resultado da conversão do glutamato por uma enzima designada como glutamato descarboxilase, e o seu cofator, um derivado do GABA, vitamina B6. A ligação entre o GABA e o glutamato não para por aqui, pois estes dois neurotransmissores também atuam em conjunto no sistema nervoso, sendo que um contrabalança os efeitos do outro, permitindo que o organismo se adapte a cada nova situação da vida quotidiana. Ação ou restrição, raiva ou alegria, ansiedade ou tranquilidade… o equilíbrio entre o GABA e o glutamato tem uma influência significativa!

Porquê tomar suplementos de GABA?

Entretanto, já deve ter ficado claro que manter o GABA em níveis adequados no organismo ajuda a promover as sensações de calma e relaxamento. Este efeito calmante é ainda mais importante, já que atualmente o stress e a ansiedade parecem ser inevitáveis. Preocupações quotidianas, pressões no trabalho, problemas pessoais... o stress está sempre presente e não deve ser encarado de ânimo leve, já que, a longo prazo, poderá ter consequências sérias. Também pode ter efeitos negativos a curto e médio prazo, como problemas comportamentais e de sono. É precisamente para evitar todos estes efeitos do stress que um tratamento com suplementos de GABA poderá ser particularmente interessante. Para além disso, vale a pena saber que os níveis naturais de GABA no organismo diminuem ao longo dos anos, pelo que valerá a pena considerar a suplementação!

Qual a sua eficácia em caso de insónia?

A insónia abrange uma série de problemas de sono. Por vezes, os cientistas categorizam-nos da seguinte forma: insónia inicial – problemas para adormecer, insónia média – a incapacidade de permanecer a dormir, e insónia terminal – acordar demasiado cedo. Em todos os casos, a insónia é, geralmente, resultado de stress ou ansiedade. Sendo um anti-stress e ansiolítico natural, o GABA pode ser particularmente eficaz para acalmar o organismo antes de dormir, evitando insónias e recuperando a qualidade do sono.

GABA e hipertensão?

Para além dos seus efeitos positivos em caso de stress e ansiedade, o GABA também é reconhecido pelos seus benefícios para a saúde cardiovascular. Estudos demonstram que este neurotransmissor inibitório pode reduzir a tensão arterial ao inibir a libertação de certos neurotransmissores excitatórios, pelo que poderá constituir uma valiosa ajuda no combate a problemas cardiovasculares, como a hipertensão, um importante fator de risco de AVC (acidente vascular cerebral).

De que forma ajuda pessoas obesas ou com excesso de peso?

Em primeiro lugar, o GABA pode ajudar a combater o aumento da pressão arterial, que geralmente ocorre em caso de aumento de peso. Em segundo lugar, foi demonstrado que desempenha um papel no controlo do apetite. A sua ação influencia a ingestão de alimentos e, portanto, pode ajudar a prevenir o ganho de peso, principalmente quando tomado como parte de um programa de emagrecimento.

E quais os benefícios para os desportistas?

A suplementação de GABA não é, de forma alguma, apenas para pessoas stressadas, ansiosas, hipertensas, com insónias, com excesso de peso ou obesas. Foram reportados outros benefícios, principalmente em praticantes de musculação ou de uma atividade de alta intensidade. Em primeiro lugar, enquanto neurotransmissor inibitório, o GABA pode atuar como um relaxante muscular natural, oferecendo benefícios significativos para a recuperação pós-exercício. Em segundo lugar, estudos identificaram uma ligação entre a ação do GABA e a produção da hormona do crescimento (GH) ou hormona do crescimento humano (HGH). Esta hormona é muito conhecida no mundo do desporto, principalmente entre os praticantes de musculação, com estudos que identificam a sua capacidade de ajudar a aumentar a massa muscular. Finalmente, outras pesquisas mostraram que poderá promover a secreção de insulina suplementar ao nível do pâncreas, aumentando assim a absorção de glicose pelas células musculares, o que sugere que poderá produzir um aumento do desempenho desportivo.

GABA, insulina e diabetes?

Como mencionado anteriormente, de facto existe uma ligação entre a ação do GABA e a secreção de insulina suplementar ao nível do pâncreas, pelo que o GABA poderá oferecer benefícios para o tratamento do diabetes tipo 1. Referida como “diabetes dependente de insulina”, caracteriza-se pela destruição de células beta nos ilhéus de Langerhans, as células pancreáticas que produzem insulina. Atualmente, os diabéticos tipo 1 têm de controlar rigorosamente os níveis de glicose no sangue e injetar-se com insulina. De acordo com um estudo divulgado na prestigiada publicação Cell, o GABA oferece a promessa de desenvolvimento de um tratamento alternativo à terapêutica com insulina. Em modelos animais, os investigadores demonstraram que o GABA poderá regenerar as células que produzem insulina no pâncreas. Estão em curso estudos com seres humanos que poderão confirmar estas descobertas encorajadoras!

Existe algum risco?

Atualmente, o GABA natural está disponível sob a forma de suplemento alimentar, como no produto PharmaGABA®. Obtida naturalmente através da fermentação das bactérias benéficas Lactobacillus hilgardii, esta formulação tem recebido amplo apoio por parte da comunidade científica, tendo sido aprovada por um painel de especialistas da Food and Drug Administration (FDA), a agência dos EUA responsável pela regulamentação de ingredientes, suplementos alimentares e medicamentos, entre outros. A suplementação com GABA natural também foi descrita em publicações como uma alternativa segura aos medicamentos psicotrópicos, sem efeitos secundários ou risco de dependência, ainda que, como com todos os produtos de saúde, os suplementos de GABA devam ser utilizados com precaução. É especialmente importante seguir a dose recomendada do suplemento escolhido, a fim de evitar tomar em excesso, o que poderia produzir efeitos indesejáveis. As pessoas que estejam a realizar tratamentos médicos deverão procurar aconselhamento profissional antes de iniciar a suplementação. Como medida de precaução, os suplementos de GABA não são recomendados para crianças, nem para mulheres grávidas ou que estejam a amamentar.

Qual a dose correta a tomar ou qual o conteúdo de GABA a procurar num suplemento?

A dose diária correta de GABA irá variar consoante o suplemento alimentar escolhido. Como nem todos os produtos contêm o mesmo nível de princípios ativos, é importante ter cuidado ao escolher um suplemento de GABA. Em caso de dúvida, consulte o seu terapeuta, que poderá aconselhá-lo sobre o melhor suplemento a tomar, bem como sobre possíveis sinergias benéficas. Por exemplo, é possível reforçar o efeito calmante do GABA, ao tomá-lo em simultâneo com outros princípios ativos, como no caso do nosso pacote exclusivo Relaxing Oil Blend + GABA, que combina um suplemento de GABA e uma mistura de óleos essenciais quimiotipados, reconhecidos pelos seus efeitos calmantes e de alívio do stress.

Quais as principais propriedades e benefícios do GABA a reter?

Este artigo aborda muitos aspetos do neurotransmissor GABA, pelo que poderá ser útil recapitular rapidamente os principais benefícios para a saúde. Os cientistas atribuíram ao GABA:

Referências

  1. Boonstra E. et al. - Neurotransmitters as food supplements: the effects of GABA on brain and behavior. Front Psychol. 2015; 6:1520.
  2. Lydiard R.B. - The role of GABA in anxiety disorders. J. Clin. Psychiatry. 2003;64 Suppl 3:21-7.
  3. Yoto A. et al. - Oral intake of γ-aminobutyric acid affects mood and activities of central nervous system during stressed condition induced by mental tasks. Amino Acids. 2012;43(3):1331-7.
  4. Petroff O.A. - GABA and glutamate in the human brain. Neuroscientist. 2002;8(6):562-73.
  5. Gottesmann C. - GABA mechanisms and sleep. Neuroscience. 2002;111(2):231-9.
  6. Powers M.E. et al. - Growth hormone isoform responses to GABA ingestion at rest and after exercise. Med. Sci. Sports Exerc. 2008;40(1):104-10.
  7. Cavagnini F. et al. - Effect of acute and repeated administration of gamma aminobutyric acid (GABA) on growth hormone and prolactin secretion in man. Acta Endocrinol. (Copenh). 1980;93(2):149-54.
  8. Collombat P. et al. - Long-Term GABA Administration Induces Alpha Cell-Mediated Beta-like Cell Neogenesis. Cell. 2017;168(1-2):73-85.
  9. Coscina D.V. - Effects of increasing brain GABA on the meal patterns of genetically obese vs. lean Zucker rats. Int. J. Obes. Relat. Metab. Disord. 1992 Jun;16(6):425-33.
  10. Delgado T.C. - Glutamate and GABA in Appetite Regulation. Front Endocrinol. (Lausanne). 2013;4:103.
  11. Pengju M. et al. - Effect of GABA on blood pressure and blood dynamics of anesthetic rats. Int. J. Clin. Exp. 2015; 8(8):14296-14302.
Se gostou, partilhe

Commentaires

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos

Estes produtos devem interessar-lhe

Gaba 750 mgGaba 750 mg

Um neurotransmissor inibitório, indispensável para lutar eficazmente contra o stress.

21.00 €(23.40 US$)
+
PharmaGABA® 125 mgPharmaGABA® 125 mg

Recuperar um sono reparador e dominar o stress de forma natural

40.00 €(44.58 US$)
+
Suntheanine® 100 mgSuntheanine® 100 mg

A forma farmacêutica e cientificamente validada da L-teanina

22.00 €(24.52 US$)
+
Peptidea® 200 mgPeptidea® 200 mg

Alivia eficazmente a fadiga, a ansiedade e a depressão provocadas pelo stress.

29.00 €(32.32 US$)
+
5-HTP 50 mg5-HTP 50 mg

Estimula a síntese da serotonina

23.00 €(25.63 US$)
+
AFA ExtractAFA Extract

Neuroamina associada às sensações de prazer e à acuidade mental

75.00 €(83.58 US$)
+
Adrenal SupportAdrenal Support

Apoia o funcionamento das supra-renais e melhora a resposta ao stress

34.00 €(37.89 US$)
+
Novo
CBD 25 mgCBD 25 mg

Um analgésico natural e potente para eliminar as dores de forma duradoura

63.00 €(70.21 US$)
+
© 1997-2019 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2019 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure