0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares
Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Nutrição cerebral Guias e tutorials

Cérebro – os 3 melhores suplementos alimentares neuroprotetores

Dotado de uma incrível complexidade, o cérebro controla à distância todas as funções do nosso organismo. Descubra as 3 substâncias-chave para o proteger de forma ideal.
Neuroproteção do cérebro
Certos compostos naturais apoiam a saúde do cérebro apesar do avançar da idade.
Rédaction Supersmart.
2022-09-28Comentários (0)

As necessidades nutritivas do cérebro

Órgão eminente do sistema nervoso central, o cérebro parece-se com um potente computador. Organizado em zonas cerebrais, interligadas por uma rede de cerca de 100 mil milhões de neurónios, orquestra sozinha praticamente todas as nossas funções corporais (1). Sem ele, seria impossível para nós sentir, mexer, pensar, memorizar, falar ou até mesmo respirar!

Para realizar as suas inúmeras tarefas, o cérebro exige um aporte acrescido e ininterrupto de energia. Consome principalmente glicose, um açúcar simples proveniente da metabolização dos glúcidos; a comprová-lo, 20% do nosso consumo total de glúcidos é-lhe reservado em exclusivo (2)! Muito guloso de oxigénio, é – juntamente com o miocárdio – o órgão que suporta menos as situações de anoxia (privação de oxigénio) (3).

Inúmeros nutrientes contribuem paralelamente para preservar a integridade da nossa massa cinzenta. Por exemplo, os lípidos (em particular os ácidos gordos poli-insaturados) estruturam as membranas neuronais (4). As proteínas decompõem-se em aminoácidos que intervêm diretamente na síntese dos neurotransmissores – os famosos mediadores químicos que modulam a transmissão das mensagens nervosas entre os neurónios (5).

Os minerais e vitaminas intervêm igualmente de forma conjunta na neuroproteção a vários níveis, nomeadamente em termos de sinalização celular, de transporte do oxigénio ou de luta contra o stress oxidativo (6-7).

Neuroproteção e envelhecimento

Com a idade assistimos, de forma mais ou menos acentuada consoante os indivíduos, a alterações químicas ou estruturais no cérebro. Estas traduzem-se por uma redução de determinadas regiões cerebrais (de 5% por década a partir dos 40 anos), uma diminuição do número de células nervosas, uma acumulação de substâncias tóxicas ou uma alteração dos neurotransmissores (8). De salientar que a diminuição do débito sanguíneo (de 20% em média) precipita o seu surgimento impedindo a oxigenação correta dos tecidos cerebrais (9).

Estas diferentes alterações podem ter um impacto direto na função cerebral, afetando principalmente a memória, a coordenação, o desempenho intelectual ou a realização de funções executivas (raciocínio, planeamento, organização, avaliação…) (10). Mais concretamente, estes problemas cognitivos manifestam-se por um abrandamento na realização das tarefas quotidianas, esquecimentos repetidos, dificuldade em formular conversas ou conceber ideias.

Felizmente, é possível prevenir e travar o declínio cognitivo adotando bons hábitos de vida. Além da questão alimentar, uma atividade física regular, a prática de um desporto cerebral (sudoku, palavras cruzadas…) e uma vida social aprazível constituem as chaves para uma boa saúde neuronal (11-13).

Paralelamente, o campo da nutrição cerebral explora atualmente inúmeras pistas para armar melhor o nosso cérebro face aos danos provocados pelo tempo.

A homotaurina, a prima biológica do GABA

Embora o seu nome lembre a taurina – um aminoácido presente no nosso organismo – a homotaurina é uma substância que existe unicamente no estado natural em determinadas algas marinhas. Distingue-se dela por um átomo de carbono adicional que altera sensivelmente a sua função biológica. Na realidade, assemelhar-se-ia mais ao ácido gama-aminobutírico, mais conhecido pelo nome de GABA, o principal neurotransmissor inibitório do córtex cerebral (14).

Vários estudos sugerem que ele possui uma afinidade particular com o hipocampo (15-16). Integrando o sistema límbico, esta estrutura está envolvida nos processos de memorização, na navegação espacial bem como no controlo das emoções. A sua atrofia constitui aliás frequentemente um dos indícios precursores de perturbações neurodegenerativas (17).

Tal explica por que razão os suplementos de homotaurina (à semelhança de Homotaurine, química e biologicamente idêntica à sua forma natural) ocupem um lugar de eleição em neuronutrição.

As sinergias de plantas para apoiar as nossas funções cerebrais

A fitoterapia põe à nossa disposição inúmeras plantas capazes de mimar as nossas células cinzentas. Citemos, por exemplo:

Pode portanto ser sensato associar estas diferentes plantas em sinergia para beneficiar dos melhores efeitos neuroprotetores (o suplemento de vanguarda Neurex agrupa todos estes extratos vegetais e combina-os com outras substâncias de renome, tais como a curcuma, bem como com vitaminas B9 e B12 para uma ação completa) (22).

Hericium erinaceus , um cogumelo para não esquecer

Utilizado na medicina chinesa desde o ano 200 AC, o Hericium erinaceus é um cogumelo com longos picos brancos, que lhe conferem um aspeto cabeludo insólito – que lhe vale a alcunha de “juba-de-leão”.

No plano bioquímico, contém beta-glucanos, uma categoria específica de polissacáridos que entram em campo no metabolismo lipídico, bem como hericenonas, compostos fenólicos cuja interação com o fator de crescimento dos nervos (NGF) está hoje em dia a ser estudada pelos cientistas (23).

Embora o seu mecanismo de ação mereça ainda ser aprofundado, a toma de um suplemento de Hericium erinaceus (por exemplo com Lion’s Mane, doseado com 30% de beta-glucanos) anuncia-se como um precioso trunfo defensivo.

E para estimular o seu cérebro?

Procura principalmente otimizar as suas funções cerebrais? Embora a neuroproteção procure preservar a saúde das células nervosas existentes, existem igualmente substâncias específicas capazes de aumentar e de potenciar os desempenhos cognitivos; são os chamados nootrópicos (24), Os objetivos destas substâncias são vários: restabelecer a clareza mental, recuperar a vivacidade de espírito, desafiar-se mentalmente, ganhar em eficácia no trabalho…

Além do bacopa e do ginkgo, estes compostos escondem-se também de forma mais ou menos comum nas nossas despensas: a cafeína (a molécula estimulante do café) ou a L-teanina (o aminoácido principal do chá verde) integram-se nesta categoria (25).

Alguns suplementos de teor nootrópico integraram estas substâncias na sua fórmula (como Smart Pills, uma fórmula super potente que associa bacopa, ginkgo, cafeína, L-teanina e taurina) (26).

Referências

  1. Herculano-Houzel S. The human brain in numbers: a linearly scaled-up primate brain. Front Hum Neurosci. 2009 Nov 9;3:31. doi: 10.3389/neuro.09.031.2009. PMID: 19915731; PMCID: PMC2776484.
  2. Mergenthaler P, Lindauer U, Dienel GA, Meisel A. Sugar for the brain: the role of glucose in physiological and pathological brain function. Trends Neurosci. 2013 Oct;36(10):587-97. doi: 10.1016/j.tins.2013.07.001. Epub 2013 Aug 20. PMID: 23968694; PMCID: PMC3900881.
  3. Rink C, Khanna S. Significance of brain tissue oxygenation and the arachidonic acid cascade in stroke. Antioxid Redox Signal. 2011 May 15;14(10):1889-903. doi: 10.1089/ars.2010.3474. Epub 2010 Dec 4. PMID: 20673202; PMCID: PMC3078506.
  4. Tracey TJ, Steyn FJ, Wolvetang EJ, Ngo ST. Neuronal Lipid Metabolism: Multiple Pathways Driving Functional Outcomes in Health and Disease. Front Mol Neurosci. 2018 Jan 23;11:10. doi: 10.3389/fnmol.2018.00010. PMID: 29410613; PMCID: PMC5787076.
  5. Institute of Medicine (US) Committee on Military Nutrition Research. The Role of Protein and Amino Acids in Sustaining and Enhancing Performance. Washington (DC): National Academies Press (US); 1999. 14, Amino Acid and Protein Requirements: Cognitive Performance, Stress, and Brain Function. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK224629/
  6. Kennedy DO. B Vitamins and the Brain: Mechanisms, Dose and Efficacy--A Review. 2016 Jan 27;8(2):68. doi: 10.3390/nu8020068. PMID: 26828517; PMCID: PMC4772032.
  7. Kirkland AE, Sarlo GL, Holton KF. The Role of Magnesium in Neurological Disorders. 2018 Jun 6;10(6):730. doi: 10.3390/nu10060730. PMID: 29882776; PMCID: PMC6024559.
  8. Peters R. Ageing and the brain. Postgrad Med J. 2006 Feb;82(964):84-8. doi: 10.1136/pgmj.2005.036665. PMID: 16461469; PMCID: PMC2596698.
  9. Ghaznawi R, Zwartbol MH, Zuithoff NP, Bresser J, Hendrikse J, Geerlings MI; UCC-SMART Study Group. Reduced parenchymal cerebral blood flow is associated with greater progression of brain atrophy: The SMART-MR study. J Cereb Blood Flow Metab. 2021 Jun;41(6):1229-1239. doi: 10.1177/0271678X20948614. Epub 2020 Aug 17. PMID: 32807000; PMCID: PMC8138332.
  10. Mattson MP, Arumugam TV. Hallmarks of Brain Aging: Adaptive and Pathological Modification by Metabolic States. Cell Metab. 2018 Jun 5;27(6):1176-1199. doi: 10.1016/j.cmet.2018.05.011. PMID: 29874566; PMCID: PMC6039826.
  11. Gomes-Osman J, Cabral DF, Morris TP, McInerney K, Cahalin LP, Rundek T, Oliveira A, Pascual-Leone A. Exercise for cognitive brain health in aging: A systematic review for an evaluation of dose. Neurol Clin Pract. 2018 Jun;8(3):257-265. doi: 10.1212/CPJ.0000000000000460. PMID: 30105166; PMCID: PMC6075983.
  12. Pillai JA, Hall CB, Dickson DW, Buschke H, Lipton RB, Verghese J. Association of crossword puzzle participation with memory decline in persons who develop dementia. J Int Neuropsychol Soc. 2011 Nov;17(6):1006-13. doi: 10.1017/S1355617711001111. PMID: 22040899; PMCID: PMC3885259.
  13. Hikichi H, Kondo K, Takeda T, Kawachi I. Social interaction and cognitive decline: Results of a 7-year community intervention. Alzheimers Dement (N Y). 2016 Dec 21;3(1):23-32. doi: 10.1016/j.trci.2016.11.003. PMID: 29067317; PMCID: PMC5651375.
  14. Tian J, Dang H, Wallner M, Olsen R, Kaufman DL. Homotaurine, a safe blood-brain barrier permeable GABAA-R-specific agonist, ameliorates disease in mouse models of multiple sclerosis. Sci Rep. 2018 Nov 8;8(1):16555. doi: 10.1038/s41598-018-32733-3. PMID: 30410049; PMCID: PMC6224391.
  15. Spalletta G, Cravello L, Gianni W, Piras F, Iorio M, Cacciari C, Casini AR, Chiapponi C, Sancesario G, Fratangeli C, Orfei MD, Caltagirone C, Piras F. Homotaurine Effects on Hippocampal Volume Loss and Episodic Memory in Amnestic Mild Cognitive Impairment. J Alzheimers Dis. 2016;50(3):807-16. doi: 10.3233/JAD-150484. PMID: 26757035.
  16. Caltagirone C, Ferrannini L, Marchionni N, Nappi G, Scapagnini G, Trabucchi M. The potential protective effect of tramiprosate (homotaurine) against Alzheimer's disease: a review. Aging Clin Exp Res. 2012 Dec;24(6):580-7. doi: 10.3275/8585. Epub 2012 Sep 5. PMID: 22961121.
  17. Schuff N, Woerner N, Boreta L, Kornfield T, Shaw LM, Trojanowski JQ, Thompson PM, Jack CR Jr, Weiner MW; Alzheimer's Disease Neuroimaging Initiative. MRI of hippocampal volume loss in early Alzheimer's disease in relation to ApoE genotype and biomarkers. Brain. 2009 Apr;132(Pt 4):1067-77. doi: 10.1093/brain/awp007. Epub 2009 Feb 27. PMID: 19251758; PMCID: PMC2668943.
  18. Singh SK, Srivastav S, Castellani RJ, Plascencia-Villa G, Perry G. Neuroprotective and Antioxidant Effect of Ginkgo biloba Extract Against AD and Other Neurological Disorders. 2019 Jul;16(3):666-674. doi: 10.1007/s13311-019-00767-8. PMID: 31376068; PMCID: PMC6694352.
  19. Aguiar S, Borowski T. Neuropharmacological review of the nootropic herb Bacopa monnieri. Rejuvenation Res. 2013 Aug;16(4):313-26. doi: 10.1089/rej.2013.1431. PMID: 23772955; PMCID: PMC3746283.
  20. Gray NE, Zweig JA, Caruso M, Martin MD, Zhu JY, Quinn JF, Soumyanath A. Centella asiatica increases hippocampal synaptic density and improves memory and executive function in aged mice. Brain Behav. 2018 Jul;8(7):e01024. doi: 10.1002/brb3.1024. Epub 2018 Jun 19. PMID: 29920983; PMCID: PMC6043711.
  21. Callizot N, Campanari ML, Rouvière L, Jacquemot G, Henriques A, Garayev E, Poindron P. Huperzia serrata Extract 'NSP01' With Neuroprotective Effects-Potential Synergies of Huperzine A and Polyphenols. Front Pharmacol. 2021 Aug 30;12:681532. doi: 10.3389/fphar.2021.681532. PMID: 34526893; PMCID: PMC8435632.
  22. Bhat A, Mahalakshmi AM, Ray B, Tuladhar S, Hediyal TA, Manthiannem E, Padamati J, Chandra R, Chidambaram SB, Sakharkar MK. Benefits of curcumin in brain disorders. Biofactors. 2019 Sep;45(5):666-689. doi: 10.1002/biof.1533. Epub 2019 Jun 11. PMID: 31185140.
  23. Li IC, Lee LY, Tzeng TT, Chen WP, Chen YP, Shiao YJ, Chen CC. Neurohealth Properties of Hericium erinaceus Mycelia Enriched with Erinacines. Behav Neurol. 2018 May 21;2018:5802634. doi: 10.1155/2018/5802634. PMID: 29951133; PMCID: PMC5987239.
  24. Suliman NA, Mat Taib CN, Mohd Moklas MA, Adenan MI, Hidayat Baharuldin MT, Basir R. Establishing Natural Nootropics: Recent Molecular Enhancement Influenced by Natural Nootropic. Evid Based Complement Alternat Med. 2016;2016:4391375. doi: 10.1155/2016/4391375. Epub 2016 Aug 30. PMID: 27656235; PMCID: PMC5021479.
  25. Owen GN, Parnell H, De Bruin EA, Rycroft JA. The combined effects of L-theanine and caffeine on cognitive performance and mood. Nutr Neurosci. 2008 Aug;11(4):193-8. doi: 10.1179/147683008X301513. PMID: 18681988.
  26. Roe AL, Venkataraman A. The Safety and Efficacy of Botanicals with Nootropic Effects. Curr Neuropharmacol. 2021;19(9):1442-1467. doi: 10.2174/1570159X19666210726150432. PMID: 34315377; PMCID: PMC8762178.
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Nootrópicos mais potentes para o cérebro
Qual é o melhor nootrópico para reforçar o cérebro?

Exames de fim de ano, desafios profissionais, vontade de manter as suas capacidades cerebrais com o passar dos anos, etc. Descubra os melhores nootrópicos naturais para estimular as suas capacidades cognitivas.

Receitas da dieta MIND para proteger o cérebro
Dieta MIND - as receitas que protegem o cérebro

Conhece a dieta MIND? Este conjunto de práticas dietéticas foi concebido para propiciar a saúde cerebral. Descubra as nossas ideias de receitas para a pôr em prática.

Três trabalhadores concentrados intelectualmente
Concentração – os 7 melhores suplementos alimentares para o cérebro

Apetece-lhe raciocinar mais rápido, durante mais tempo, com mais eficácia? Descubra os 7 produtos naturais “nootrópicos” mais eficazes para ajudar o cérebro a concentrar-se e a funcionar no seu melhor.

Vagens de feijão-da-flórida ou Mucuna pruriens
Os benefícios da Mucuna pruriens (sistema nervoso, saúde reprodutiva...)

A Mucuna pruriens, também conhecida como feijão-da-flórida, é uma planta trepadeira muito particular, dotada de vagens pubescentes e de vários benefícios. Foco numa super planta que lhe quer bem.

Tronco e folhas da árvore sagrada Ginkgo biloba
Ginkgo Biloba – os benefícios da árvore mais antiga do mundo

Tendo surgido no planeta há 270 milhões de anos, antes do aparecimento das flores e dos dinossauros, o ginkgo é utilizado há mais de 4000 anos pela medicina chinesa. Descubra tudo o que a “árvore das mil virtudes” lhe pode proporcionar…

Magnésio - as melhores formas para aliviar as dores, prevenir a hipertensão e melhorar a memória

Existem tantas formas de magnésio diferentes… qual delas escolher para conseguir uma absorção ideal?

Estes produtos devem interessar-lhe

© 1997-2022 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2022 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok