0
pt
US
WSM
216666428
O seu carrinho está vazio.
Menu

Em stock

IsoQuercitrin

Suplemento alimentar de isoquercitrina, um ótimo antioxidante vegetal

4 opiniõesLer as opiniões

Primeira forma hidrossolúvel altamente biodisponível

Compra imediata

60 Cáps. veg.

32.00 €

Auto-entrega

60 Cáps. veg.

32.00 €

29.44 €

Desejo

a cada

IsoQuercitrin

Vegano
Sem glúten
Sem nanopartículas
Sem excipientes controversos
Sem lactose
Sem edulcorantes
A quercetina, um flavonol encontrado em diversos legumes e em várias plantas medicinais, possui importantes actividades biológicas, nomeadamente anti cancro, antialérgicas e antioxidantes. Contudo, a sua fraca biodisponibilidade oral, em virtude da sua insolubilidade na água, limita a sua utilização. A isoquercitrina (IQC) possui uma melhor biodisponibilidade, mas é de longe ultrapassada por uma outra forma hidrossolúvel: a isoquercitrina modificada enzimaticamente EMIQ®.

Partindo da constatação de que a solubilidade em água é melhorada pela glicosilação (ou seja, a conjugação com um açúcar), os investigadores avaliaram a biodisponibilidade de vários glicósidos de quercetina administrados por via oral. Das diferentes formas de quercetina, a modificada por via enzimática – a isoquercitrina (alfa- oligo glicosil isoquercitrina, EMIQ®) – foi identificada como sendo a forma com mais elevada biodisponibilidade.

Biodisponibilidade
Quercetina 2%
Quercetina-3-O-glicósido (isoquercitrina, IQC) 12%
Quercetina-3-O-maltósido (Q3M) 30%
Isoquercitrina EMIQ® 35%

Uma biodisponibilidade dezassete vezes superior!

A isoquercitrina EMIQ® é obtida naturalmente por via enzimática a partir da rutina, um outro flavonol. São estas modificações de estrutura que conferem à isoquercitrina EMIQ® uma biodisponibilidade e uma concentração plasmática, até doze horas após a administração, dezassete vezes superior comparativamente ao consumo de diidroquercetina simples.
Na verdade, em estudos in vitro, esta forma é rapidamente hidrolizada e absorvida a nível intestinal, libertando a quercetina, graças às duas enzimas lactase e maltase-glucoamilase.

Contra as alergias

A quercetina e a isoquercitrina IQC, como a maior parte dos flavonóides, são particularmente aconselhadas no quadro das afecções alérgicas – quer digestivas como respiratórias – como a asma e a febre dos fenos, mas também o eczema e a urticária, em complemento da absorção de ácido L-ascórbico e de zinco.
Segundo um estudo de 2009 realizado em dupla ocultação envolvendo vinte e quatro indivíduos alérgicos ao pólen, a toma de isoquercitrina EMIQ® permitiu, após oito semanas, diminuir significativamente os problemas oculares (pruridos, lacrimejar, congestão) constatados desde a primeira semana de utilização e com um pico de actividade a partir da sexta semana.
Como se trata, antes de mais, de um bom agente preventivo, deve ser tomada de manhã em jejum ou fora das refeições principais, em doses diárias de 200 mg repartidas ao longo do dia, pelo menos duas semanas antes da época dos pólenes que originam a alergia. A sua toma deverá continuar até ao final da época das alergias e pode perfeitamente vir complementar a toma de medicamentos anti-histamínicos alopáticos. Além disso, segundo alguns estudos, os indivíduos que tomaram em simultâneo os medicamentos clássicos e a quercetina evidenciaram uma atenuação mais significativa dos sintomas que apresentavam.

Um suporte ao nível cardiovascular

Estudos realizados evidenciaram a supressão da hipertensão arterial sistólica em ratos, verosimilmente atribuível a um aumento de NO endotelial.
Além disso, outros estudos demonstraram o efeito antiaterogénico da isoquercitrina EMIQ®, com uma supressão das zonas de lesões aórticas de aterosclerose e uma diminuição das lesões das placas de ateroma nos seios aórticos.

Travaria a multiplicação das células cancerosas

Num estudo realizado com modelos de ratos, a administração de isoquercitrina EMIQ® suprimiu a proliferação das células pré-neoplásicas hepáticas.
Segundo ensaios clínicos em curso, a toma de isoquercitrina EMIQ® permite uma redução da gordura corporal global, uma repartição mais harmoniosa das zonas gordas e uma diminuição das gorduras das zonas subcutâneas. Esta relevante actividade lipolítica conduz, em modelos de ratinhos, a uma perda de peso, a uma redução do volume global da gordura visceral e a uma hipertrofia degenerativa dos adipócitos, mesmo quando são submetidos a uma dieta hiperlipídica.

Após a leitura de todos os estudos realizados com esta substância, podemos afirmar que ela não possui qualquer toxicidade e mesmo que é reconhecida por ser uma substância segura (Generally Recognised As Safe) desde 2003 nos Estados Unidos É autorizada como aditivo alimentar no Japão e utilizada como antioxidante em vários produtos.

De que é composto IsoQuercitrin

Isoquercitrina enzimática
Polifenol

Opiniões

A nota atribuída a este produto é de 3.2 em 5 estrelas.
Recolhemos 4 opiniões.

25%

25%

25%

0%

25%

Excelente 4 Opiniões
Francis Bigeat

16 fevereiro 2024

1 le matin au petit déjeuner

Picard A

7 agosto 2018

A recommander sans hésiter

Precisa de ajuda?

Telefone

Telefone-nos:
+352 283 831 29
das 8h00 às 17h00

Perguntas frequentes

Encontrar as respostas às perguntas mais frequentes

Formulário de contacto

Não encontra a resposta à sua pergunta no site e deseja contactar-nos diretamente?
Escrever-nos
Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita