0
pt
US
WSM
232956830
O seu carrinho está vazio.
Menu

Em stock

Red Propolis

10 opiniõesLer as opiniões

A mais rara, a mais selvagem e a mais eficaz de todas as própolis

  • Própolis vermelha colhida no Brasil e extraída em França.
  • Fabricada pelas abelhas a partir da espécie vegetal Dalbergia ecastaphyllum.
  • Contém mais de 300 compostos antioxidantes e imunoestimulantes sinérgicos.
  • Fornece ao organismo “armas naturais” para afastar infeções de todos os tipos.
  • Contribui para aumentar as capacidades imunitárias.
  • Luta contra o stress oxidativo e reduz a gravidade dos sintomas associados à menopausa.

Compra imediata

60 cáps. veg.

62.00 €

Auto-entrega

60 cáps. veg.

62.00 €

57.04 €

Desejo

a cada

Red Propolis

Sem glúten
Sem nanopartículas
Vegetariano
Sem excipientes controversos
Sem lactose
Sem edulcorantes

Red Propolis é um complemento alimentar de própolis vermelha, uma substância rara, colhida nos manguezais do Brasil, e que goza de uma incrível riqueza nutricional. De todos os tipos de própolis, é a mais rica em compostos fenólicos antioxidantes e a mais eficaz no plano imunitário.

A abrangência do seu potencial farmacológico excecional (antibacteriano, antifúngico, anti-inflamatório, antiviral, antioxidante) ultrapassa o da própolis verde, que é já um produto notável e apreciado por todos (1). Contém mais isoflavonas, que melhoram significativamente os sintomas associados à menopausa.

Quais são os benefícios de Red Propolis?

A utilização plurimilenar da própolis foi validada cientificamente há muitas décadas. Além disso, nos últimos anos, os investigadores identificaram um número incrível das suas propriedades biológicas e terapêuticas adicionais, úteis no dia-a-dia (2-4). Sabe-se agora que a própolis contribui para:

  • Estimular o sistema imunitário para impedir a contaminação (5-6). O nível de reatividade do nosso sistema imunitário pode diminuir quando as temperaturas se tornam mais frescas ou quando as agressões exteriores se sucedem. O organismo tem então tendência para se ajoelhar mais facilmente face aos vírus, às bactérias e aos fungos patogénicos. A própolis contém micronutrientes para evitar esta situação; permite remobilizar as tropas (aumento do número de macrófagos) e acelera a sua recuperação (estimulação da sua atividade lítica) graças à sua contribuição e a centenas de processos enzimáticos.
  • Ajudar o sistema imunitário a lutar contra as infeções e os ataques bacterianos (7). Não contente por otimizar a eficácia das células imunitárias, a própolis fornece-lhes compostos antibióticos naturais e variados, capazes de impedir o crescimento das bactérias patogénicas, de inibir a síntese do respetivo ADN e de degradar a respetiva parede celular. Estas moléculas pouco ativas no plano individual, mas notáveis quando estão associadas, ajudam o organismo a afastar os agressores graças a compostos de origem exógena. Trata-se, de alguma forma, de “armas” e de “tropas exteriores” adicionais que vão reforçar as fileiras das células imunitárias. Salientamos por exemplo, a galantina, o canferol, a pinocembrina, os três antifúngicos fortíssimos e os ésteres do ácido cafeico, que perturbam o avanço dos vírus de célula em célula.
  • Lutar contra a inflamação (8-9). Os flavonóides da própolis vermelha perturbam a síntese de certos mediadores da reação inflamatória (as prostaglandinas e os leucotrienos em particular), tal como a aspirina (mas por meio de um mecanismo único).

Estas propriedades notáveis permitem à própolis vermelha lutar contra infeções de todos os tipos (problemas de ORL, anginas, rinofaringites, sinusites), reduzir a sua duração e aumentar os efeitos dos tratamentos convencionais contra as micoses e as bactérias (10-11).

Outros estudos mostraram que alguns destes compostos facilitam a interrupção da síntese do ADN nas células anormais, aumentam os níveis de glutatião (um antioxidante endógeno), travando a peroxidação lipídica, diminuem o stress oxidativo, reduzem os efeitos tóxicos no fígado induzidos pelo álcool bem como por certos medicamentos e mitigam os sintomas associados à menopausa.

Porque é que a própolis vermelha é tão eficaz?

Vários estudos demonstram que a própolis vermelha é a variedade de própolis mais eficaz no plano antioxidante (12). Contém mais de 300 micronutrientes com interesse (13):

  • compostos voláteis terpénicos (limoneno, terpenos, éster de ácido oleico…) que podem explicar uma parte dos efeitos analgésicos e anti-inflamatórios da própolis vermelha;
  • compostos fenólicos (flavonóides, lignanos, taninos, cumarinas…) entre os quais alguns específicos da própolis vermelha (elemicina, isoliquiritigenina, trans-anetol, metileugenol, dalbergina, vestitol, medicarpina…) (14) e que apresentam efeitos antioxidantes e citoprotetores marcados (15-16);
  • triterpenos (lupeol, amirina) que podem explicar uma parte dos efeitos antimicrobianos (17);
  • isoflavonas específicas, capazes de mitigar os sintomas associados à menopausa;
  • elementos inorgânicos preciosos como o cobre, o manganésio, o ferro, o cálcio e o vanádio.

De que é composto Red Propolis

Extrato de própolis vermelha
Substância natural

Tem dúvidas? Questões?

De onde vem a própolis vermelha?

A própolis é um revestimento de que as abelhas se servem para tornar o interior da colmeia mais sólido, estanque e resistente às invasões microbianas e fúngicas. Fabricam-na a partir de resinas anti patogenes (18-19) que recolhem nos rebentos e nas cascas das árvores, às quais adicionam cera e saliva. A própolis é depois recolhida pelos apicultores raspando os “quadros” das colmeias e, de seguida, separada da cera e das suas impurezas. O produto final é um concentrado complexo de fitonutrientes provenientes dos rebentos e de micronutrientes provenientes das abelhas.

Na Europa, as abelhas fabricam a própolis a partir dos choupos e das coníferas. No Brasil, onde os ecossistemas são infinitamente mais ricos, estão registados perto de 13 tipos de própolis que variam em função das plantas utilizadas pelas abelhas. Entre eles, figura a própolis vermelha, reconhecida como sendo a variedade que contém mais fitonutrientes antioxidantes e que apresenta a atividade antioxidante mais forte (20). Ela deve a sua cor vermelha a um pigmento flavanol único, a retusapurpurina (21).

É fabricada no norte do Brasil, nos manguezais (florestas tropicais anfíbias) a partir de uma árvore sarmentácea cujos ramos conseguem trepar como lianas: Dalbergia ecastophyllum (22-24). Num ambiente excecional, longe da agricultura intensiva, as abelhas retiram um exsudado resinoso de cor vermelho vivo, associado à presença de um parasita local.

A própolis verde é fabricada pelas abelhas no sul do Brasil a partir de uma espécie totalmente diferente: Baccharis dracunculifolia (25).

Cinco boas razões para escolher Red Propolis

Red Propolis é um produto natural excecional, muito raro (a produção anual no Brasil está estimada em 1 a 2 toneladas) e cujo processo de fabrico necessita de infraestruturas francesas de alta qualidade.

  1. É a variedade de própolis mais rica e mais eficaz.
  2. O seu acondicionamento em cápsulas permite evitar o seu sabor amargo na boca.
  3. A sua forma liofilizada permite manter as propriedades de cada um dos seus constituintes por mais tempo. Este não é o caso da própolis fresca de mastigar cuja qualidade deixa frequentemente muito a desejar.
  4. Contém quantidades de isoflavonas muito mais elevadas do que outros tipos de própolis, o que contribui para melhorar os sintomas associados à menopausa.
  5. É o melhor produto natural que permite apoiar o sistema imunitário durante o inverno e as situações de stress.
Como tomar Red Propolis?

Aconselha-se, durante todo o período de toma do suplemento de própolis vermelha, seguir este plano de ação:

  • Aumente os seus aportes de frutas e legumes para aumentar a quantidade de antioxidantes endógenos. Este compostos exteriores vão permitir “insuflar” as suas defesas imunitárias e completar as respetivas ações.
  • Assegure-se de que respeita as suas necessidades em termos de sono. Dormir pouco prejudica indiscutivelmente a qualidade da resposta imunitária.
  • Cuide da sua alimentação. Uma má alimentação é a principal causa de fraqueza imunitária; deficiências em certos micronutrientes-chave (selénio, cobre, vitamina E, vitamina A…) mesmo quando são fracas, podem desempenhar um papel considerável na questão dos combates que opõem, todos os dias, o organismo e os agentes patogénicos. Um complemento multivitaminado de qualidade pode ajudar durante os períodos de fragilidade a otimizar os processos imunitários.
  • Evite os produtos de limpeza doméstica sintéticos, o fumo de cigarro e os pesticidas. A exposição a estes produtos é nociva para o sistema imunitário.

Em associação sinérgica, a Supersmart sugere o extrato de espinheiro-vinhedo, um antibacteriano notável que ajuda igualmente a reduzir a glicémia, um complemento de orotato de zinco, cujos efeitos preventivos face às constipações estão bem demonstrados, um complemento de vitamina C, precioso no inverno para fabricar mais glóbulos brancos e um complexo de cogumelos medicinais enriquecido em ginseng e em selénio.

A geleia real, normalizada em 10-HDA, é igualmente uma boa opção para reforçar as defesas imunitárias, idealmente a cada mudança de estação.

Nota: não é recomendado tomar própolis vermelha em caso de alergia a produtos produzidos por abelhas.

Opiniões

A nota atribuída a este produto é de 5 em 5 estrelas.
Recolhemos 10 opiniões.

100%

0%

0%

0%

0%

Excelente 10 Opiniões
Client

14 abril 2024

c'est l'indispensable dans chaque maison et faut l'avoir dans chaque routine complémentaire

é indispensável em cada casa e deve estar presente em cada rotina de suplementos

ver a tradução Traduzido por SuperSmart - ver o original

Precisa de ajuda?

Telefone

Telefone-nos:
+352 283 831 29
das 8h00 às 17h00

Perguntas frequentes

Encontrar as respostas às perguntas mais frequentes

Formulário de contacto

Não encontra a resposta à sua pergunta no site e deseja contactar-nos diretamente?
Escrever-nos
Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita