0
pt
US
1 máscara gratuita por cada encomenda; 1 pack "máscara + frasco de álcool-gel" grátis por cada encomenda de valor igual ou superior a 120€
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Emagrecimento e Gestão do peso Perguntas – Respostas

O que é a termogénese? Como a potenciar?

Ouviu dizer que pode contar com a termogénese para perder peso? O que é isso? Como funciona e como a estimular para acompanhar um programa alimentar? A Supersmart responde-lhe.
Tecido adiposo castanho
Tecido adiposo castanho
Rédaction Supersmart.
2020-02-19Comentários (0)

A termogénese é a produção de calor levada a cabo pelos animais homeotérmicos ou "de sangue quente". Permite-lhes manter uma temperatura interna constante, necessária à sua sobrevivência. É também a termogénese que permite queimar as gorduras e transformá-las em calor; suspeita-se por vezes de uma falha no seu funcionamento quando se verifica excesso de peso e obesidade. Por último, a termogénese é também estimulada quando o organismo tem de se defender contra fatores de stress como o frio ou uma infeção; é a chamada termogénese adaptativa.

Os principais mecanismos da termogénese no ser humano

Existem três grandes vias de produção de calor no organismo humano: a termorregulação hormonal, a alimentação e a atividade física.

Do lado hormonal, tudo se passa ao nível do hipotálamo – uma glândula localizada na base do cérebro e que controla um determinado número de processos do organismo. Quando o corpo arrefece, é esta glândula que recebe os sinais e desencadeia as ações de reaquecimento:


No que toca à alimentação, 40% dos alimentos ingeridos servem de combustível para a produção de calor, durante a digestão (1). Esta digestão tem, aliás, um custo variável em termos de energia. São os lípidos que têm a melhor relação “qualidade-energia” pois são eles que exigem o menor esforço energético por parte do organismo. Inversamente, são as proteínas (mais os glúcidos, em menor medida) que exigem mais energia para serem digeridos e que propiciam a termogénese alimentar (2).

Por último, a atividade física provoca movimentos musculares intensos, contrações e relaxamentos, que provocam a libertação de calor.

As variações na termogénese

De notar que os mecanismos de termorregulação diferem em função do sexo e da idade. Por exemplo, nas mulheres em idade fértil, a temperatura aumenta durante a ovulação, por efeito da progesterona. Pelo contrário, nos idosos, a temperatura corporal tende naturalmente a baixar.

Por fim, o organismo sujeito a uma dieta demasiado rigorosa e que perde rapidamente gorduras reduz naturalmente e de forma duradoura a sua termogénese. É aquilo a que se chama vulgarmente o modo "fome". Trata-se de um mecanismo que propicia o armazenamento de lípidos, dado que estes são pouco onerosos em termos de energia. É, por isso, responsável por um aumento de peso rápido quando se deixa a dieta (3).

O tecido adiposo castanho – o seu papel na termogénese e no aumento de peso

Trata-se de um tecido adiposo responsável pela produção de calor e que encontramos nos mamíferos que hibernam. Encontramo-lo também nos humanos, especialmente nos recém-nascidos. Existe também, embora em menor quantidade, nos adultos e em menor quantidade ainda nos indivíduos obesos.

É uma proteína específica do tecido adiposo castanho, a UCP1 (ou "termogenina"), que é responsável pela emissão de calor. Esta proteína dita desacopladora propicia a libertação de calor em detrimento da produção de energia (4).

Por outro lado, um grupo de investigadores mostrou que determinados aminoácidos (valina, leucina e isoleucina), presentes em excesso no organismo, faziam correr um risco de obesidade e de diabetes. Ora, estes mesmos investigadores evidenciaram que se tratava de aminoácidos utilizados prioritariamente pelo tecido adiposo castanho para a produção de calor (5). A estimulação da atividade do tecido adiposo castanho é, por conseguinte, uma das pistas terapêuticas mais promissoras para promover a perda de peso.

Como potenciar de forma natural a termogénese?

Além da atividade física, é possível estimular a produção de calor com a ajuda de alimentos reputados pelas suas capacidades termogénicas: o pimento, o chá e o café. Todos contêm princípios activos (respetivamente capsaicina e cafeína) que estimulam o sistema nervoso simpático, principal motor da termogénese (6). O gengibre aumentaria também a termogénese (7), ao passo que a canela estimularia o "acastanhar" do tecido adiposo (8).

Complementos alimentares termogénicos podem também ajudá-lo(a) a produzir calor e, dessa forma, a aumentar o gasto calórico médio. É o caso deAdvanced Fat Burner, um complemento incontornável que contém 5 ingredientes naturais capazes (inulina, café verde, Coleus forskohlii, crómio, Garcinia e Sphaeranthus indicus) de estimular a termogénese.

Referências

  1. TAPPY L., G. E. Dépenses d’énergie, composition corporelle et activité physique chez l’homme. Medecine/Sciences. 2000: 16: 1063-8. 
  2. Westerterp KR, Wilson SA, Rolland V. Diet induced thermogenesis measured over 24h in a respiration chamber: effect of diet composition. Int J Obes Relat Metab Disord. 1999 Mar;23(3):287-92.
  3. Dulloo, Abdul & Jean, Jacquet & Seydoux, Josiane & Montani, Jean-Pierre. (2013). Comment les régimes amaigrissants font grossir : d’une perspective d’autorégulation de la composition corporelle. Cahiers de Nutrition et de Diététique. 48. 15–25.
  4. Palou A, Picó C, Bonet ML, Oliver P. The uncoupling protein, thermogenin. Int J Biochem Cell Biol. 1998 Jan;30(1):7-11.
  5. Yoneshiro, T., Wang, Q., Tajima, K. et al. BCAA catabolism in brown fat controls energy homeostasis through SLC25A44. Nature 572, 614–619 (2019). 
  6. Hursel, R., Westerterp-Plantenga, M. Thermogenic ingredients and body weight regulation. Int J Obes 34, 659–669 (2010). 
  7. Mansour MS, Ni YM, Roberts AL, Kelleman M, Roychoudhury A, St-Onge MP. Ginger consumption enhances the thermic effect of food and promotes feelings of satiety without affecting metabolic and hormonal parameters in overweight men: a pilot study. Metabolism. 2012;61(10):1347–1352.
  8. Kwan HY, Wu J, Su T, et al. Cinnamon induces browning in subcutaneous adipocytes. Sci Rep. 2017;7(1):2447. 
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Dieta cetogénica com carne, peixe, ovos, abacates e a palavra keto
Porquê iniciar uma dieta cetogénica, ou dieta keto?

A dieta keto, muito rica em gorduras, leva a uma perda de peso rápida. Pequeno top dos elementos a conhecer antes de se lançar numa dieta deste tipo.

Mulher que pratica desporto para perder gordura e emagrecer
O que é a lipólise?

A lipólise é o mecanismo implementado pelo organismo para degradar as gorduras, afim de que possam ser absorvidas e utilizadas. Distinguimos 2 tipos: a lipólise gastrointestinal – que ocorre durante a digestão – e a lipólise adipocitária – que diz respeito às gorduras já armazenadas. Resumimos frequentemente esta última pela expressão “queimar as gorduras”. Como utilizá-la para emagrecer?

Objetivo: barriga lisa. Quatro suplementos naturais de emagrecimento

Diga adeus a todas as dietas baixas em calorias, com os seus riscos e efeitos ioió. Existem outras soluções muito melhores para emagrecer de forma duradoura.

Perder peso antes do verão: a checklist para emagrecer!

Quer perder peso antes do verão? Mas não sabe por onde começar? Não sucumba a dietas draconianas com resultados utópicos! Existem truques de emagrecimento eficazes para recuperar a linha, sem frustrações nem efeitos ioiô. Para o(a) ajudar, selecionámos as melhores dicas para perder peso. Confira a nossa checklist especial emagrecimento, ou como perder quilos antes das férias do verão!

Emagrecer na menopausa, é possível!

Ganhar peso na menopausa? Não, necessariamente. É, contudo, necessário adotar os gestos corretos e seguir os bons conselhos. Como perder peso na menopausa? Contamos-lhe tudo.

10 dicas para comer mais fibras diariamente

As fibras? Participam ativamente no bom funcionamento do sistema digestivo e desempenham numerosas outras funções no plano da saúde. Ora, consumimo-las cada vez menos. Como “se reabastecer” de fibras diariamente? Contamos-lhe tudo.

Estes produtos devem interessar-lhe

Lactobacillus gasseriLactobacillus gasseri

Uma estirpe probiótica particularmente eficaz na gestão do peso Em DR Caps™ gastro-resistentes para uma eficácia ideal

21.00 €(23.68 US$)
+
Advanced Fat BurnerAdvanced Fat Burner

O resultado dos mais recentes avanços científicos para perder finalmente aqueles centímetros a mais embaraçantes

69.00 €(77.80 US$)
+
CSAT® 250 mgCSAT® 250 mg

Uma extracto de alfarroba para combater a vontade de petiscar

19.00 €(21.42 US$)
+
Metadrine™Metadrine™

Fórmula termogénica avançada, melhorada e reforçada

56.00 €(63.15 US$)
+
Garcinia cambogiaGarcinia cambogia

Uma casca de fruto que trava o armazenamento das gorduras

24.00 €(27.06 US$)
+
Viscerox™ 100 mgViscerox™ 100 mg

Ajuda a reduzir a gordura abdominal acumulada

47.00 €(53.00 US$)
+
Weight Loss BoosterWeight Loss Booster

Acelerar a perda de peso por mecanismos complementares

27.00 €(30.45 US$)
+
Fat & Carb Blocker 200 mgFat & Carb Blocker 200 mg

O suplemento de emagrecimento de última geração, 100% natural, para reduzir eficazmente o aporte calórico.

24.00 €(27.06 US$)
+
© 1997-2020 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2020 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok