0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares
Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Anti-idade Guias e tutorials

Mitocôndrias – qual o suplemento alimentar para as apoiar?

As mitocôndrias (as reservas energéticas das células) deterioram-se com a idade. Descubra alguns truques e remédios naturais para cuidar das suas e, assim, travar o seu envelhecimento.
Mitocôndria na célula
As mitocôndrias são a base da respiração celular.
Rédaction Supersmart.
2022-09-20Comentários (0)

As mitocôndrias fornecem ATP às células

Organitos presentes nas células, as mitocôndrias são vulgarmente designadas “centrais energéticas” (1).

São precisamente o local onde se dá a respiração celular, o processo que permite converter a glicose em ATP (Adenosina Tri-Fosfato). De facto, o ATP é uma molécula fundamental no metabolismo energético das células; fornece a energia necessária ao funcionamento destas.

A disfunção mitocondrial no cerne do envelhecimento?

O funcionamento das mitocôndrias depende de um equilíbrio frágil que envolve os transportadores de cálcio e o canal de aniões dependente da tensão.

Ora, com o envelhecimento das células, as disfunções mitocondriais multiplicam-se, levando a uma acumulação de cálcio na respetiva matriz. Daí resulta a libertação, pelas mitocôndrias, de fatores pró-apoptose (destinados a programar a morte celular) mas também de radicais livres que acabam por reduzir o potencial das mitocôndrias.

Com efeito, há várias décadas que investigadores estudam com atenção o impacto das disfunções mitocondriais no envelhecimento e tendem a concluir que as mitocôndrias, tal como os telómeros, são elementos fundamentais dos quais devemos cuidar para lutar contra os efeitos do envelhecimento (2-4).

Alimentação e exercício físico ao serviço das mitocôndrias

Como vimos, os principais inimigos das mitocôndrias são os radicais livres. Ora, uma alimentação rica em ácidos gordos trans (as gorduras da alimentação ultra-transformada), em açúcares livres, em sal, em álcool, em charcutarias, em carnes vermelhas, etc. propicia a produção de radicais livres e sujeita as nossas mitocôndrias a provas duras (5).

É, por isso, fundamental adotar em primeiro lugar uma alimentação saudável, equilibrada, rica em frutas e legumes frescos, em vitaminas e em gorduras boas.

É igualmente fundamental praticar uma atividade física regular mas de intensidade moderada; está demonstrado que a atividade desportiva intensa propicia a produção de radicais livres, ao passo que uma atividade moderada estimula os antioxidantes e o sistema imunitário.

O nosso corpo é, na verdade, um ecossistema complexo; todos os excessos desregulam o equilíbrio e provocam um envelhecimento acelerado. Para lutar contra o envelhecimento e contra as disfunções mitocondriais, opte portanto por um modo de vida saudável, equilibrado e natural.

Foco em algumas substâncias naturais indispensáveis às mitocôndrias

A pirroloquinolina quinona

Também designada metoxanina, a pirroloquinolina quinona (PQQ) é o cofator de várias enzimas envolvidas na oxirredução. Associada à coenzima Q10 nas mitocôndrias, a metoxanina PQQ apoia igualmente a produção de ATP.

Vários estudos identificaram também uma correlação entre uma carência de PQQ e anomalias fisiológicas.

Mas, sobretudo, segundo um estudo americano, a pirroloquinolina quinona seria um antioxidante 30 a 5000 vezes mais eficaz do que a vitamina C, capaz de neutralizar milhares de radicais livres antes de ser reduzida. Ora, esses radicais livres são responsáveis pelar disfunções mitocondriais referidas acima (6-7).

O ácido alfa-lipóico

Um antioxidante natural, o ácido alfa-lipóico está naturalmente presente nas mitocôndrias, onde cumpre uma função de coenzima da piruvirato desidrogenase e da cetoglutarato desidrogenase. Por seu lado, estes servem de catalisadores do metabolismo dos glúcidos e dos aminoácidos.

O ácido alfa-lipóico desempenha, portanto, um papel primordial no funcionamento das mitocôndrias e na produção de ATP (8-9).

A acetil-L-carnitina

A L-carnitina, por sua vez, é sintetizada no fígado, no cérebro e nos rins a partir da lisina e da metionina, que são aminoácidos. O seu papel no organismo consiste em participar no transporte dos ácidos gordos para as mitocôndrias, onde serão metabolizados para fornecer, a prazo, ATP. Alguns estudos levam também a supor que contribui para o aumento do consumo de oxigénio nas mitocôndrias.

Na medida em que a concentração destas substâncias no organismo diminui com a idade, investigadores da universidade de Berkeley, na Califórnia, realizaram uma experiência associando acetil-L-carnitina, para estimular a atividade de uma enzima que desempenha um papel importante nas mitocôndrias, e ácido alfa-lipóico, em particular pela respetiva ação antioxidante. Os resultados mostraram um aumento da memória e do nível de energia dos sujeitos em estudo (10).

Suplementos alimentares e fórmulas sinérgicas para as mitocôndrias

Além de uma alimentação saudável e equilibrada, da prática de uma atividade desportiva regular de intensidade moderada, de um sono regular e de qualidade, do consumo reduzido ou mesmo nulo de tabaco e de álcool e de uma redução, ou mesmo eliminação, dos açúcares adicionados, algumas pessoas optam igualmente por consumir suplementos alimentares específicos para as mitocôndrias, com o intuito de combater e afastar os efeitos da idade.

Para este fim, pode ser interessante tomar suplementos alimentares de pirroloquinolina quinona (PQQ), de ácido alfa-lipóico e de acetil-L-carnitina, todos eles envolvidos no funcionamento das mitocôndrias.

É igualmente possível optar por uma fórmula sinérgica que agrupa estas três moléculas para potenciar os respetivos benefícios (como Mitochondrial Formula).

Referências

  1. https://planet-vie.ens.fr/thematiques/cellules-et-molecules/organisations-cellulaires/les-mitochondries
  2. CUI, Hang, KONG, Yahui, et ZHANG, Hong. Oxidative stress, mitochondrial dysfunction, and aging. Journal of signal transduction, 2012, vol. 2012.
  3. CHISTIAKOV, Dimitry A., SOBENIN, Igor A., REVIN, Victor V., et al. Mitochondrial aging and age-related dysfunction of mitochondria. BioMed research international, 2014, vol. 2014.
  4. KONG, Yahui, TRABUCCO, Sally E., et ZHANG, Hong. Oxidative stress, mitochondrial dysfunction and the mitochondria theory of aging. Aging, 2014, vol. 39, p. 86-107.
  5. BONNARD, Charlotte, DURAND, Annie, PEYROL, Simone, et al.Mitochondrial dysfunction results from oxidative stress in the skeletal muscle of diet-induced insulin-resistant mice. The Journal of clinical investigation, 2008, vol. 118, no 2, p. 789-800.
  6. RUCKER, Robert, STITES, Tracy, STEINBERG, Francene, et al.Physiological importance of pyrroloquinoline quinone. Biochemistry and Molecular Biology of Vitamin B6 and Pqq-Dependent Proteins, 2000, p. 61-66.
  7. HE, Kai, NUKADA, Hitoshi, URAKAMI, Teiji, et al.Antioxidant and pro-oxidant properties of pyrroloquinoline quinone (PQQ): implications for its function in biological systems. Biochemical pharmacology, 2003, vol. 65, no 1, p. 67-74.
  8. PACKER, Lester, WITT, Eric H., et TRITSCHLER, Hans Jürgen. Alpha-lipoic acid as a biological antioxidant. Free radical biology and medicine, 1995, vol. 19, no 2, p. 227-250.
  9. CHENG, Li-Ching, SU, Kuo-Hui, KOU, Yu Ru, et al.α-Lipoic acid ameliorates foam cell formation via liver X receptor α-dependent upregulation of ATP-binding cassette transporters A1 and G1. Free Radical Biology and Medicine, 2011, vol. 50, no 1, p. 47-54.
  10. REBOUCHE, Charles J. Kinetics, pharmacokinetics, and regulation of l‐carnitine and acetyl‐l‐carnitine metabolism. Annals of the New York Academy of Sciences, 2004, vol. 1033, no 1, p. 30-41.
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Telomerase nos cromossomas
Anti-idade – quais os alimentos para ativar a telomerase?

A telomerase, também conhecida como “a enzima da imortalidade”, é conhecida por atrasar o envelhecimento. Como é que ela atua e o que devemos comer para estimular a sua produção?

Molécula de N-acetilcisteína
N-acetilcisteína – quais os benefícios? Qual a sua ligação ao glutatião?

Os suplementos de N-acetilcisteína (NAC) gozam de um sucesso constante nos últimos tempos. O que é que explica tal entusiasmo? E qual é a razão de parentesco entre NAC e glutatião?

Casal a tomar um suplemento anti-idade
Qual é o melhor suplemento alimentar anti-idade?

Embora o envelhecimento seja inevitável, existem remédios naturais para o atrasar e o tornar mais lento. Mais qual é o suplemento alimentar anti-idade mais eficaz?

Jejum intermitente 16/8
Jejum intermitente 16/8 – definição, benefícios, menus

Muito em voga, o jejum intermitente ajuda a emagrecer, a eliminar as toxinas e a atrasar o envelhecimento. A que corresponde o método 16/8? Que comer entre dois jejuns?

Carne no churrasco
Churrasco – como cozinhar a carne de forma saudável?

Salsichas, linguiça, espetadas… Nos dias de verão, somos muitos a render-nos aos grelhados no churrasco! Mas no que toca à saúde, não há unanimidade quanto aos grelhados. Siga estes conselhos para cozinhar a carne no churrasco de forma saudável.

Casal a comer alimentos ricos em espermidina
Quais são os alimentos mais ricos em espermidina?

A espermidina é uma substância-chave das nossas células, cuja concentração diminui com a idade. Descubra quais são as suas 10 melhores fontes alimentares para fazer o pleno. Quem vai ganhar a palma de ouro, na sua opinião?

Estes produtos devem interessar-lhe

© 1997-2022 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2022 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok