0
pt
US
SuperSmartSuper-nutrition Blog
X
× Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Reforço geral do organismo Listas

10 boas razões para comer algas

O homem pré-histórico já consumia algas! E tinha razão, porque as algas possuem benefícios nutricionais indiscutíveis...
10 boas razões para comer algas
Rédaction Supersmart.
2017-01-06Commentaires (0)

As algas são ricas em proteínas

As proteínas fazem parte dos macronutrientes essenciais (juntamente com os glúcidos e os lípidos) porque desempenham um papel estrutural (participam na produção das células musculares, por exemplo) e intervêm em diferentes metabolismos, quer ao nível da digestão quer da imunidade; são, por outro lado, a única fonte de azoto do organismo. As algas são geralmente muito ricas em proteínas (existem, no entanto, variações significativas segundo as variedades, sendo as algas vermelhas as mais ricas), o que torna este alimento uma fonte adicional a considerar. Por exemplo, as algas vermelhas contêm mais proteínas do que a soja, embora esta tenha fama de ser o best off das proteínas vegetais.

As algas abastecem-nos de fibras

As algas são particularmente ricas em fibras, principalmente em fibras solúveis. Assim, uma dose de algas (8 g em média) satisfaz até 1/8 das necessidades diárias de fibra. Melhor, quando secas, as algas contêm até 50% do seu peso em fibras. Qual o interesse? As fibras interferem na saciedade e, por conseguinte, no peso (regulam o apetite), aceleram o trânsito, reduzem o mau colesterol, previnem doenças cardiovasculares e a diabetes de tipo 2 ... Segundo um estudo publicado na revistaNutrition Research em 2000, as fibras contidas nas algas podem ser mais eficazes para controlar a diabetes e o colesterol do que as contidas em outras fontes alimentares.

As algas permitem manter a linha

Porque são ricas em fibras, mas muito pouca energéticas (conte de 40 a 45 calorias por 100 gramas de algas, em média) e pobres em gorduras, as algas são aliadas da linha. Têm a capacidade de incharem no estômago e, por conseguinte, saciar a fome. Outra vantagem: o seu poder de gelificação. O ágar-ágar, por exemplo, é usado em vez da gelatina e permite fazer preparações ultra ligt (mousses de legumes, geleias de fruta...) e saborosas, na condição, contudo, de respeitar bem a dosagem (4 g por litro). Por último, determinados suplementos alimentares (Fat &CarbBlocker), utilizam as propriedades de emagrecimento das algas para ajudá-lo a perder peso.

As algas estimulam a imunidade

As algas pardas nomeadamente. Porquê Porque contêm fucoidanos, um polissacarídeo que reforça o sistema imunitário segundo numerosos estudos realizados desde há vários anos em todo o mundo.

As algas podem prevenir determinados tipos de cancro (segundo alguns estudos científicos

Segundo vários estudos realizados com ratos, as algas poderão ter um efeito protetor sobre alguns tipos de cancro, designadamente os cancros hormonodependentes, como o da mama ou da próstata. Outros estudos deverão confirmar estes benefícios no Homem, mas os resultados são particularmente animadores. Um outro estudo de 2010 mostra que os flucoidanos, o açúcar que se encontra nas algas pardas, melhoram a eficácia das quimioterapias.

As algas são muito ricas em vitaminas

As algas são globalmente ricas em vitaminas, designadamente em vitamina A, B2, B9 (ácido fólico), B12, K (exceto dulse e nori). A dulse e a nori são as duas variedades de algas mais ricas em vitaminas (exceto vitamina K).

As algas são globalmente antioxidantes

As algas contêm vitaminas, carotenoides, flavonoides, taninos... e numerosos compostos com virtudes antioxidantes comprovadas. Em contrapartida, estas propriedades antioxidantes mudam de uma variedade para outra (a cor da alga ou a sua profundidade desempenham um papel). O must? A ecklonia cava, uma alga parda muito apreciada no Japão e na Coreia, que ocupa o primeiro lugar em termos de propriedades antioxidantes.

As algas cozinham-se facilmente

Pode encontrar as algas sob duas formas: frescas ou secas. As secas inteiras devem ser reidrata-das (de 5 a 40 minutos em função da variedade da alga) num pouco de água morna antes de serem utilizadas. Pode, depois, integrá-las cortadas muito facilmente em sopas, saladas, massas, arroz… Secas e em pó, pode-se salpicar saladas ou integrá-las em preparados. Frescas, devem ser enxaguadas antes de serem temperadas. Podem, então, ser consumidas em saladao ou cozê-las al dente ou fundentes, em função do gosto de cada um. Pode, por outro lado, integrá-las livremente em várias receitas.

Existe uma variedade interessante de algas comestíveis

Conhecemos todos (ou quase), o nori (que é usada para fazer makis) ou a wakame, muito presente na cozinha asiática. Mas existem muitas outras variedades de algas comestíveis, designadamente nas nossas latitudes. Dulse, kombu, alface-do-mar, varech, hijiki, feijão (ou esparguete) ou ainda spirulina et agar-agar fazem parte das algas que podem ser consumidas quer sob a forma de suplementos alimentares (para beneficiar diretamente das suas propriedade saudáveis), quer na cozinha.

As algas são boas para o coração

Um investigador dinamarquês (Ole G. Mouritsen) afirma que consumir 5 a 10 g de algas por dia diminui significativamente o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Porquê? Porque são ricas em fibras e antioxidantes que controlam o mau colesterol.

Se gostou, partilhe

Commentaires

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Suplementos alimentares de zinco: tudo o que deve saber!

Os suplementos alimentares de zinco são, por norma, menos conhecidos do que os suplementos de ferro, magnésio, cálcio ou potássio. No entanto, todos estes oligoelementos fazem parte da mesma família e contribuem para o bom funcionamento do organismo.

Fadiga crónica
Fadiga crónica: o que fazer?

Hoje em dia, os peritos da SuperSmart interessam-se pela fadiga crónica. Ainda mal compreendido e pouco reconhecido, este fenómeno não deve ser visto como uma fatalidade. Pelo contrário, tratar a fadiga crónica consiste, hoje, sobretudo em aceitar lutar! É preciso identificar as causas possíveis e eliminá-las uma a uma!

4 conselhos de saúde para um verão em grande forma

Tão esperado, o verão chegou finalmente! Propício à descontração, a estação estival é ideal para se entregar ao prazer do farniente sob um sol radiante. Mas o verão também pode ser uma prova difícil para o organismo. Este fica exposto aos perigos dos raios ultravioletas, aos riscos dos calores intensos e à tentação das delícias calóricas. Para passar um verão com toda a serenidade, conheça 4 conselhos de saúde que podem ajudá-lo a manter-se em forma!

Fadiga crónica: quais as possíveis causas?

Problemas de concentração, sensação de esgotamento, dores musculares inexplicáveis... estes sintomas podem ser um sinal de fadiga crónica. Muito constrangedor no dia a dia, este cansaço persistente pode ter origens diferentes, que devem ser identificadas o mais depressa possível. Enfoque nas 4 causas da fadiga crónica!

Saúde: 5 benefícios dos citrinos

O inverno, é a estação dos citrinos. Laranja, clementina, tangerina, limão, toranja... estes frutos possuem lindas cores de verão, sabores acidulados e uma grande variedade de virtudes para a nossa saúde. Enfoque nos benefícios dos citrinos!

Altas temperaturas: 6 dicas para uma boa noite de sono

Com o aumento das temperaturas, dormir bem pode tornar-se uma verdadeira corrida de obstáculos. Para o ajudar, selecionámos as 6 melhores dicas para encontrar um sono repousante, apesar do calor.

Estes produtos devem interessar-lhe

Novo
Daily 3®Daily 3®

A fórmula multivitaminada mais completa que podemos tomar numa única cápsula

49.00 €(54.05 US$)
+
Daily 6®Daily 6®

Contém 55 ingredientes! O multinutrientes de muito largo espectro para uma saúde ideal.

89.00 €(98.17 US$)
+
Liposomal Vitamin C 335 mgLiposomal Vitamin C 335 mg

Forma altamente biodisponível de vitamina C

45.00 €(49.63 US$)
+
Magnesium Orotate 500 mgMagnesium Orotate 500 mg

Uma forma de magnésio com elevada biodisponibilidade

34.00 €(37.50 US$)
+
Methylcobalamine 1 mgMethylcobalamine 1 mg

A forma de vitamina B12 mais activa, utilizada preferencialmente para regenerar os neurónios.

19.00 €(20.96 US$)
+
Annatto Tocotrienols 50 mgAnnatto Tocotrienols 50 mg

Benéfico para a saúde cardiovascular. 90% de delta-tocotrienóis, a forma de vitamina E com a mais forte actividade biológica.

34.00 €(37.50 US$)
+
Novo
Arctic Plankton OilArctic Plankton Oil

O óleo de Calanus, o tesouro nutricional do Ártico para potenciar a saúde do coração e lutar contra a inflamação.

42.00 €(46.33 US$)
+
© 1997-2019 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2019 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
x
secure