0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Digestão e Conforto oro-gastrointestinal Listas

10 truques para eliminar os inchaços

Tchau barriga inchada, inchaços e outras flatulências! Eis 10 conselhos para recuperar uma barriga lisa e erradicar os problemas relacionados com inchaços.
Rédaction Supersmart.
2016-10-10 (blog.publication: 2016-08-09)Commentaires (0)

1/ Evitar as bebidas gasosas

O gás contido nas bebidas gasosas é absorvido directamente e armazenado no intestino, originando esta sensação desagradável de barriga inchada.

Na prática

Beba unicamente água mineral e limite ao máximo as bebidas gasosas.


2/ Alternar as fibras

As fibras são importantes para o trânsito intestinal e contribuem activamente para o bem-estar e para a saúde, mas quando são consumidas em grande quantidade ou mal suportadas, podem originar problemas digestivos e flatulências.

Na prática

Alterne legumes crus e legumes cozidos durante a mesma refeição e misture fibras solúveis (cenoura, curgete, pão de centeio, trigo-mourisco, laranja…) e insolúveis (trigo integral e derivados, frutos secos, leguminosas…).


3/ Limitar as Fodmaps

As Fodmaps? Trata-se de glúcidos de cadeia longa (açúcares como a frutose ou o sorbitol) presentes em inúmeros alimentos (cereais, frutas ou legumes, lacticínios…) que provocam problemas intestinais, nomeadamente inchaços.

Na prática

Reduza os alimentos mais ricos em Fodmaps, a saber: damasco, beterraba crua, espargos, couve-flor, grão de bico, frutos secos, cebola, centeio…


4/ Escolher bem os lacticínios

A lactose, o açúcar do leite, não é digerido facilmente e produz nos indivíduos sensíveis uma fermentação que pode estar na origem de inchaços.

Na prática

Substitua o leite de vaca por um leite vegetal (arroz, soja…) sem lactose. Evite os iogurtes feitos a partir de leite gordo e espace o consumo de queijos e outros produtos lácteos.


5/ Comer funcho

O funcho tem a capacidade de bloquear o processo de fermentação e, por conseguinte, de evitar a formação de gases. Além disso, é um excelente aliado dos trânsitos intestinais preguiçosos.

Na prática

Prepare o funcho de várias formas (cru laminado fino, cozido a vapor, em compota, estufado…) para o introduzir regularmente no menu.


6/ Apostar nas plantas certas

Certas plantas têm virtudes digestivas conhecidas e permitem conservar uma barriga lisa (encontre também o nosso artigo em as plantas para emagrecer). É o caso da salva, da angélica ou do dente-de-leão.

Na prática

As tisanas são boas opções. Pode igualmente encontrar cocktails de várias plantas (na forma de cápsulas por exemplo) a tomar em cura.


7/ Esquecer as pastilhas elásticas

A mastigação da pastilha elástica provoca a entrada de ar no estômago (o sistema digestivo funciona “em vazio”) e provoca sensações de inchaço.

Na prática

Em vez de uma pastilha elástica, prefira uma pastilha de chupar de hortelã e sem açúcar.


8/ Experimentar o carvão vegetal

O carvão vegetal (de farmácia ou parafarmácia) tem a capacidade de absorver os gases e de limitar a fermentação.

Na prática

Cumpra a posologia indicada no produto. Atenção: o carvão vegetal anula os efeitos de determinados medicamentos e dos contraceptivos orais.


9/ Isolar os responsáveis

Os legumes secos, os açúcares, as fibras? É difícil determinar com exactidão as substâncias às quais somos mais sensíveis e o que causa verdadeiramente as sensações de inchaço. O melhor é visar os inimigos.

Na prática

Anote o que come para dessa forma poder identificar os alimentos que provocam as perturbações. Elimine os alimentos suspeitos durante 3 dias e observe o que se passa.


10/ Mastigar!

A mastigação desempenha um papel preponderante na digestão. Deve ser lenta e completa para facilitar o trabalho do sistema digestivo. É preciso também ter cuidado para não engolir demasiado ar durante a mastigação, evitando por isso falar.

Na prática

Pouse o garfo entre cada garfada de comida, mastigue bem e demore a saborear a sua refeição. O tempo certo? 20 minutos, no mínimo para uma refeição completa.

Se gostou, partilhe

Commentaires

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos
Fotografia de uma pessoa à procura de algo no frigorífico
Os probióticos devem ser conservados no frigorífico? Sim ou não?

São cada vez mais os clientes que nos fazem esta pergunta. Os probióticos devem ser conservados no frigorífico para sobreviver? E, se sim, o envio desses mesmos probióticos por via postal pode ser fatal para eles?

Ilustração bactérias probióticas
Quanto tempo devem durar as curas de probióticos?

As curas de probióticos são soluções naturais para reduzir as infecções, combater a inflamação e melhorar a digestão. Mas quanto tempo devem durar?

Refluxo gastroesofágico: o que fazer? Como tratá-lo e evitá-lo?

O assunto do dia é o refluxo gastroesofágico, aquela sensação de queimadura que sobe do estômago para a garganta. O que fazer contra o refluxo gastroesofágico? Quais são os remédios disponíveis? Como evitá-los? Dizemos-lhe tudo o que precisa de saber!

Porquê fazer uma cura de probióticos este verão?

Os suplementos de probióticos são bem conhecidos hoje em dia! Fornecem micro-organismos que contribuem para manter o equilíbrio dos microbiotas e apresentam numerosos benefícios para o organismo. Entre os benefícios dos probióticos, muitos deles podem suscitar o seu interesse para este verão! Descubra três motivos para começar uma cura a partir de hoje!

Dores de estômago, e se fosse a bactéria Helicobacter pylori?

Conhece a bactériaHelicobacter pylori? Frequentemente desconhecido, este agente patogénico está, no entanto, na origem de muitas dores de barriga. Considerada como a principal causa de úlceras gastroduodenais, esta bactéria está presente na maioria das pessoas.

Porquê e como usar o aloé vera no dia-a-dia!

De certeza que já ouviu falar do aloé vera. Mas será que conhece todos os serviços que esta planta das mil e umas virtudes lhe pode prestar? Eis 10 utilizações do aloé vera nas quais nunca tinha (necessariamente) pensado!

Estes produtos devem interessar-lhe

Probio Forte™Probio Forte™

Potente mistura de probióticos; 8 mil milhões de microrganismos por cápsula Em DR Caps™ gastro-resistentes para uma eficácia ideal

29.00 €(31.89 US$)
+
H. Pylori Fight  100 mgH. Pylori Fight 100 mg

O tratamento natural contra Helicobacter pylori

28.00 €(30.79 US$)
+
Digestive EnzymesDigestive Enzymes

Fórmula digestiva superpotente com espectro exaustivo. Agora em DR caps™ gastro-resistentes.

30.00 €(32.99 US$)
+
Anti-Acid Reflux FormulaAnti-Acid Reflux Formula

A combinação natural incontornável contra o refluxo

35.00 €(38.49 US$)
+
Lactobacillus rhamnosus GGLactobacillus rhamnosus GG

Contribui naturalmente para a manutenção da flora intestinal e da flora vaginal.

23.00 €(25.29 US$)
+
FlavoFight 250 mg FlavoFight 250 mg

Flavobióticos para melhorar a flora e a imunidade intestinais

34.00 €(37.39 US$)
+
Zinc L-carnosine 37,5 mgZinc L-carnosine 37,5 mg

Complexo patenteado zinco-carnosina, protege o estômago da vários tipos de agressões.

25.00 €(27.49 US$)
+
Mastic Gum 500 mgMastic Gum 500 mg

Alivia as dores de estômago e ajuda a controlar a H.Pylori

32.00 €(35.19 US$)
+
© 1997-2019 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2019 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
x
secure