0
pt
US
WSM
232197115
O seu carrinho está vazio.
Menu

Circulação sanguínea – os 7 melhores remédios da avó

Pernas pesadas, pés frios, edemas ao nível dos tornozelos ao fim do dia, "pernas impacientes"; tudo sinais de insuficiência venosa. Descubra 7 remédios da avó para melhorar a circulação sanguínea.

Circulação sanguínea

Os sintomas de má circulação sanguínea

Já sabe – o nosso coração é uma bomba. A sua função é garantir a circulação sanguínea, ou seja, o envio de sangue carregado de oxigénio e de nutrientes para todo o organismo e, depois, o retorno venoso.

Ora, é justamente o retorno venoso que é afetado pela insuficiência venosa. De facto, passamos um parte significativa do nosso dia sentados ou de pé. Desde logo, a circulação sanguínea tem de lutar contra o efeito da gravidade para assegurar o retorno venoso dos membros inferiores para o coração. Resultado: o sangue acumula-se nas pernas, provocando a sensação de pernas pesadas. Em determinados casos, pode mesmo formar-se um edema (1).

Esta dificuldade do retorno venoso é agravada pela perda de elasticidade e de tonicidade das veias, um fenómeno normal com o avanço da idade e reforçado pelos estrogénios. É por isso que as mulheres são mais afetadas do que os homens pela insuficiência venosa e sofrem mais de má circulação sanguínea (2).

A sedentariedade, o tabagismo, a gravidez, as viagens de avião, as profissões que implicam estar na posição vertical ou sentada de forma prolongada, o excesso de peso e também a hereditariedade são fatores que propiciam a insuficiência venosa e a má circulação sanguínea.

Uma mudança de modo de vida é, portanto, particularmente indicada para evitar as pernas pesadas. Mas é também possível optar por alguns remédios da avó para a circulação sanguínea particularmente eficazes. Foco nos tratamentos naturais contra a má circulação sanguínea.

Levantar as pernas para propiciar o retorno venoso

O primeiro remédio da avó para a circulação sanguínea é um remédio de bom senso: dado que o retorno venoso se faz com dificuldade devido ao efeito da gravidade, basta levantar as pernas para restabelecer uma boa circulação sanguínea e, por conseguinte, sentir as pernas mais leves.

Deitar-se e apoiar os pés contra a parede durante alguns minutos é o suficiente para voltar a sentir as pernas leves.

O limão e a má circulação sanguínea

O limão ajudaria a fluidificar o sangue e, principalmente, contém flavonoides que contribuem para o tónus dos vasos sanguíneos. Isto, nomeadamente, graças à sua riqueza em diosmina, um pigmento flavonoide venotónico e vasotónico (3).

É por esta razão que um dos remédios da avó para a circulação sanguínea consiste simplesmente em preparar uma bebida à base de sumo de limão e água, para consumir 2 a 3 vezes por dia, imediatamente antes das refeições, por exemplo.

A videira vermelha contra as pernas pesadas

Rica em oligo-proantocianidinas, taninos flavonoides que encontramos igualmente na casca de pinheiro-marítimo, a videira vermelha é igualmente designada “a planta da circulação sanguínea” (4).

E com razão, a videira vermelha é reconhecida pela Agência Europeia do Medicamento para o tratamento da insuficiência venosa crónica e respetivas manifestações.

Tradicionalmente, é utilizada em tisanas para a circulação sanguínea. Uma infusão de folhas secas, 2 a 3 vezes por dia, permitiria assim evitar as pernas pesadas.

Em contrapartida, a sua riqueza em oligo-antocianidinas pode provocar interações com medicamentos anticoagulantes. É por esta razão que é recomendado consultar o seu médico assistente antes de ponderar uma cura com videira vermelha contra a má circulação sanguínea.

A hamamélis para a circulação sanguínea

A hamamélis, ou “aveleira-de-bruxa”, é um arbusto rústico que apoia a saúde vascular e venosa, graças aos seus taninos e aos seus flavonoides com propriedades venotónicas.

Perfeita para preparar tisanas para a circulação sanguínea, a hamamélis é uma aliada de eleição amplamente utilizada como remédio natural em caso de retorno venoso difícil.

A castanha da Índia, um venotónico reconhecido

Amplamente estudadas desde há muitos anos, as sementes de castanheiro da Índia são reconhecidas pelas suas propriedades venotónicas. E isso, graças, nomeadamente, a um dos princípios ativos contidos na planta: a escina .

Utilizado tradicionalmente em infusão, em tintura alcoólica ou em decocção, o castanheiro da Índia está hoje em dia facilmente acessível na forma de suplemento alimentar (como Horse Chestnut Extract) (5).

As compressas de argila verde para aligeirar as pernas

A argila verde é reputada junto das nossas avós por tonificar as paredes venosas e propiciar a descongestão dos tecidos.

O princípio consiste em preparar uma cataplasma de argila verde e água (à qual pode adicionar óleos essenciais) e aplicá-la com a ajuda de compressas nas pernas e/ou nos tornozelos para estimular o retorno venoso.

As massagens com óleos essenciais para propiciar a circulação

Como tratamento complementar da sensação de pernas pesadas, é igualmente possível fazer massagens para reativar a circulação sanguínea.

Para tal, poderá ser interessante preparar receitas para a circulação sanguínea: para isso, basta misturar algumas gotas de óleos essenciais bons para a circulação a uma base de óleo vegetal neutro (óleo de coco por exemplo): hortelã-pimenta, cedro da Virgínia, cipreste, alecrim, etc.

Como bónus: as fórmulas sinérgicas

Salientamos, por último, que existem igualmente suplementos alimentares sinérgicos que associam vários princípios ativos citados anteriormente (taninos, flavonoides, antocianidinas, etc.) para propiciar uma circulação sanguínea normal e assim recuperar umas pernas leves (por exemplo, a fórmula Veinomax).

O CONSELHO SUPERSMART

Referências

  1. PATEL, Shivik K. et SUROWIEC, Scott M. Venous insufficiency. 2017.
  2. EVANS, C. J., FOWKES, F. G. R., RUCKLEY, C. V., et al.Prevalence of varicose veins and chronic venous insufficiency in men and women in the general population: Edinburgh Vein Study. Journal of Epidemiology & Community Health, 1999, vol. 53, no 3, p. 149-153.
  3. MAKSIMOVIĆ, Ž. V., MAKSIMOVIĆ, M., JADRANIN, D., et al.Medicamentous treatment of chronic venous insufficiency using semisynthetic diosmin: a prospective study. Acta Chirurgica Iugoslavica, 2008, vol. 55, no 4, p. 53-59.
  4. CESARONE, M. R., BELCARO, Gianni, ROHDEWALD, P., et al.Rapid relief of signs/symptoms in chronic venous microangiopathy with Pycnogenol®: A prospective, controlled study. Angiology, 2006, vol. 57, no 5, p. 569-576.
  5. PITTLER, Max H. et ERNST, Edzard. Horse chestnut seed extract for chronic venous insufficiency. Cochrane database of systematic reviews, 2012, no 11.

Partilhe

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário

Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião

Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita