0
pt
US
WSM
232202909
O seu carrinho está vazio.
Menu

Gripe, covid e bronquite – como os distinguir e tratar?

Este inverno enfrentamos uma tripla epidemia particularmente virulenta de vírus respiratórios. Como reconhecer estas doenças diferentes, como as tratar e as prevenir?

Doente com doença ou covid

Gripe – definição, sintomas e tratamentos

A gripe é uma doença respiratória contagiosa transmitida pelos vírus Influenza. Maioritariamente benigna, manifesta-se por febre alta, superior a 38,5 °C, tosse seca, dores de cabeça, dores musculares e fadiga intensa (1-2).

Nas pessoas frágeis, tais como recém-nascidos, adultos com mais de 65 anos ou pessoas imunodeprimidas, pode originar complicações graves (falência pulmonar, exacerbação da bronquite crónica, descompensação da asma) (3).

O seu período de incubação é de 1 a 3 dias. O período de contágio começa 1 dia antes de surgirem os primeiros sintomas e pode durar até 1 semana. Transmite-se através das gotículas (projeções salivares, secreções nasais…) mas também de forma indireta pelas superfícies em contacto com as mãos (4).

A epidemia de gripe começa geralmente no inverno com a conjugação de 3 fatores: a promiscuidade incentivada pelas aglomerações em lugares fechados, uma secura da mucosa nasal que propicia a penetração do vírus e uma grande resistência da estirpe viral ao frio (5).

Na maioria dos casos, a gripe cura-se espontaneamente. De facto, o tratamento visa unicamente atenuar os vários sintomas. Assente numa boa hidratação, bem como a toma de analgésicos e de medicamentos contra a febre e a tosse. Às pessoas mais vulneráveis, podem contudo ser receitados antivirais para limitar as formas graves da doença (6).

Covid-19 – o que a distingue da gripe

Surgida pela primeira vez em dezembro de 2019 na província chinesa de Wuhan, a Covid-19 (de COronaVIrus Disease 2019) é uma doença respiratória transmitida pelo coronavírus SARS-CoV-2 (7).

Os seus sintomas têm a particularidade de apresentar uma grande heterogeneidade (8). Embora alguns indivíduos sejam assintomáticos, outros apresentam os sinais clássicos de uma infecção respiratória, como febre ou tosse, associados ou não a mialgias, cefaleias, dores de garganta ou congestão nasal. Neste caso, é especialmente difícil distingui-la da gripe.

No entanto, determinadas manifestações características evocam mais uma contaminação por Covid. A perda do paladar (ageusia) ou do olfato (anosmia) constituem, nomeadamente, sinais discriminatórios (9). Foram também relatadas perturbações digestivas (náuseas, vómitos, diarreia…) ou anomalias dermatológicas (vermelhidões, erupções cutâneas, frieiras…) (10).

Nas formas graves, que se desenvolvem geralmente durante a segunda semana de infeção, a afeção das vias pulmonares pode associar-se a uma síndrome de hiper inflamação, que ocasiona uma dificuldade respiratória (dispneia) e uma dessaturação de oxigénio que justificam uma hospitalização (11).

A Covid-19 possui igualmente um período de incubação mais longo do que a gripe (de 5 a 8 dias) e uma fase de contágio que começa 2 a 3 dias antes dos primeiros sinais clínicos (12). A transmissão diminui progressivamente até ao 7º dia de sintomas e pode prolongar-se excecionalmente até ao 14º dia.

Transmite-se da mesma maneira que a gripe, a saber: por gotículas projetadas pela tosse ou espirros, através das partículas em suspensão no ar ou por contacto com superfícies contaminadas. Isto explica a implementação dos gestos-barreira (uso de máscara, distanciamento social, lavagem das mãos com álcool-gel…)

Para as formas benignas a moderadas, não existe tratamento recomendado. A toma de paracetamol pode, todavia, ser ponderada em caso de febre alta. Em contrapartida, os anti-inflamatórios não esteróides (como o ibuprofeno) são desaconselhados, sob pena de reduzir a resposta imunitária. Desde fevereiro de 2022, pode ser administrado mediante receita um tratamento antiviral (Paxlovid®) às pessoas em risco de desenvolver a forma grave da doença (13).

Bronquiolite – a doença epidémica dos bebés

A bronquiolite é uma afeção respiratória viral que afeta os bronquíolos (pequenos brônquios). É geralmente causada por uma infeção por VRS (vírus sincicial respiratório) (14).

Muito frequentemente benigna, esta doença afeta na sua grande os bebés com menos de 2 anos durante o inverno. Começa geralmente por uma simples constipação e uma tosse ligeira. Os ataques violentos de tosse acentuam-se com o passar dos dias antes de melhorarem progressivamente. Podem ser acompanhados por respiração ruidosa ou difícil, e até febre. A criança tem por vezes dificuldade em dormir ou em se alimentar (15).

O vírus pode igualmente afetar crianças de mais idade e adultos sem originar sintomas ou causando uma ligeira constipação. É altamente contagioso e circula de forma silenciosa entre a população. Transmite-se muito facilmente pela saliva, tosse e espirros e fica também ativo nas mãos e nos objetos (tetinas, fraldas de pano, brinquedos…).

Determinadas medidas específicas destinadas aos pais permitem, todavia, prevenir a doença (16):

  • lavar as mãos durante 30 segundos depois de mexer na criança;
  • limpar regularmente brinquedos e peluches;
  • arejar o quarto da criança 10 minutos por dia;
  • usar máscara, nomeadamente se a pessoa já estiver constipada;
  • evitar locais fechados ou públicos, em especial antes do 3º mês;
  • não partilhar os biberões, chupetas ou cobertores não lavados;
  • não fumar ao lado da criança.

Felizmente, esta afeção resolve-se geralmente de forma espontânea em 5 a 10 dias. A tosse pode, contudo, persistir entre 2 a 4 semanas. O tratamento consiste essencialmente em desobstruir as vias nasais por meio de uma limpeza regular e em fracionar as refeições.

A hospitalização não é sistemática. Justifica-se sobretudo quando se verifica agravamento dos sintomas, em bebés com menos de 6 meses, prematuros ou com doença respiratória ou cardíaca.

Algumas regras para evitar as doenças e apoiar o seu sistema imunitário

Para limitar a propagação dos vírus do inverno e/ou precaver-se, adote estas boas práticas:

  • lave regularmente as mãos com água e sabão ou friccione com uma solução de álcool-gel (17);
  • use máscara nos locais fechados e mal ventilados (como transportes públicos) especialmente se tiver sintomas (18);
  • areje as divisões da casa todos os dias (19);
  • adote uma alimentação rica em vitaminas e minerais: frutas e legumes frescos pelo seu teor de vitamina C, peixes gordos pela vitamina D… (20-21);
  • durma o suficiente, idealmente entre 7 e 9 horas por noite (22).

Referências

  1. Vabret A, Dina J, Cuvillon-Nimal D, Nguyen E, Gouarin S, Petitjean J, Brouard J, Freymuth F. La grippe saisonnière [Seasonal flu]. Pathol Biol (Paris). 2010 Apr;58(2):e51-7. French. doi: 10.1016/j.patbio.2010.01.009. Epub 2010 Mar 19. PMID: 20303676; PMCID: PMC7126553.
  2. Boktor SW, Hafner JW. Influenza. [Updated 2022 Jul 18]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK459363/
  3. Ghebrehewet S, MacPherson P, Ho A. Influenza. BMJ. 2016 Dec 7;355:i6258. doi: 10.1136/bmj.i6258. PMID: 27927672; PMCID: PMC5141587.
  4. Moghadami M. A Narrative Review of Influenza: A Seasonal and Pandemic Disease. Iran J Med Sci. 2017 Jan;42(1):2-13. PMID: 28293045; PMCID: PMC5337761.
  5. Fong MW, Gao H, Wong JY, Xiao J, Shiu EYC, Ryu S, Cowling BJ. Nonpharmaceutical Measures for Pandemic Influenza in Nonhealthcare Settings-Social Distancing Measures. Emerg Infect Dis. 2020 May;26(5):976-984. doi: 10.3201/eid2605.190995. Epub 2020 May 17. PMID: 32027585; PMCID: PMC7181908.
  6. Robson C, Baskar SR, Booy R, Ferguson PE, Gilroy N, Kok J, Sandaradura I, Dwyer D. Influenza: overview on prevention and therapy. Aust Prescr. 2019 Apr;42(2):51-55. doi: 10.18773/austprescr.2019.013. Epub 2019 Apr 1. Erratum in: Aust Prescr. 2019 Jun;42(3):115. PMID: 31048938; PMCID: PMC6478960.
  7. Dhama K, Khan S, Tiwari R, Sircar S, Bhat S, Malik YS, Singh KP, Chaicumpa W, Bonilla-Aldana DK, Rodriguez-Morales AJ. Coronavirus Disease 2019-COVID-19. Clin Microbiol Rev. 2020 Jun 24;33(4):e00028-20. doi: 10.1128/CMR.00028-20. PMID: 32580969; PMCID: PMC7405836.
  8. Cascella M, Rajnik M, Aleem A, et al. Features, Evaluation, and Treatment of Coronavirus (COVID-19) [Updated 2022 Oct 13]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK554776/
  9. Mullol J, Alobid I, Mariño-Sánchez F, Izquierdo-Domínguez A, Marin C, Klimek L, Wang DY, Liu Z. The Loss of Smell and Taste in the COVID-19 Outbreak: a Tale of Many Countries. Curr Allergy Asthma Rep. 2020 Aug 3;20(10):61. doi: 10.1007/s11882-020-00961-1. PMID: 32748211; PMCID: PMC7397453.
  10. Singh H, Kaur H, Singh K, Sen CK. Cutaneous Manifestations of COVID-19: A Systematic Review. Adv Wound Care (New Rochelle). 2021 Feb;10(2):51-80. doi: 10.1089/wound.2020.1309. Epub 2020 Oct 19. PMID: 33035150; PMCID: PMC8020517.
  11. Hu J, Wang Y. The Clinical Characteristics and Risk Factors of Severe COVID-19. 2021;67(3):255-266. doi: 10.1159/000513400. Epub 2021 Jan 6. PMID: 33406518; PMCID: PMC7900480.
  12. Quesada JA, López-Pineda A, Gil-Guillén VF, Arriero-Marín JM, Gutiérrez F, Carratala-Munuera C. Incubation period of COVID-19: A systematic review and meta-analysis. Rev Clin Esp (Barc). 2021 Feb;221(2):109-117. doi: 10.1016/j.rceng.2020.08.002. Epub 2020 Nov 28. PMID: 33998486; PMCID: PMC7698828.
  13. Najjar-Debbiny R, Gronich N, Weber G, Khoury J, Amar M, Stein N, Goldstein LH, Saliba W. Effectiveness of Paxlovid in Reducing Severe COVID-19 and Mortality in High Risk Patients. Clin Infect Dis. 2022 Jun 2:ciac443. doi: 10.1093/cid/ciac443. Epub ahead of print. PMID: 35653428; PMCID: PMC9214014.
  14. Justice NA, Le JK. Bronchiolitis. [Updated 2022 Jun 27]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK441959/
  15. Erickson EN, Bhakta RT, Mendez MD. Pediatric Bronchiolitis. [Updated 2022 Jun 27]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK519506/
  16. Drysdale SB, Green CA, Sande CJ. Best practice in the prevention and management of paediatric respiratory syncytial virus infection. Ther Adv Infect Dis. 2016 Apr;3(2):63-71. doi: 10.1177/2049936116630243. Epub 2016 Feb 10. PMID: 27034777; PMCID: PMC4784570.
  17. Toney-Butler TJ, Gasner A, Carver N. Hand Hygiene. [Updated 2022 Aug 1]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470254/
  18. Liang M, Gao L, Cheng C, Zhou Q, Uy JP, Heiner K, Sun C. Efficacy of face mask in preventing respiratory virus transmission: A systematic review and meta-analysis. Travel Med Infect Dis. 2020 Jul-Aug;36:101751. doi: 10.1016/j.tmaid.2020.101751. Epub 2020 May 28. PMID: 32473312; PMCID: PMC7253999.
  19. Ferrari S, Blázquez T, Cardelli R, Puglisi G, Suárez R, Mazzarella L. Ventilation strategies to reduce airborne transmission of viruses in classrooms: A systematic review of scientific literature. Build Environ. 2022 Aug 15;222:109366. doi: 10.1016/j.buildenv.2022.109366. Epub 2022 Jul 7. PMID: 35818484; PMCID: PMC9259197.
  20. Shakoor H, Feehan J, Al Dhaheri AS, Ali HI, Platat C, Ismail LC, Apostolopoulos V, Stojanovska L. Immune-boosting role of vitamins D, C, E, zinc, selenium and omega-3 fatty acids: Could they help against COVID-19? Maturitas. 2021 Jan;143:1-9. doi: 10.1016/j.maturitas.2020.08.003. Epub 2020 Aug 9. PMID: 33308613; PMCID: PMC7415215.
  21. Shaik-Dasthagirisaheb YB, Varvara G, Murmura G, Saggini A, Caraffa A, Antinolfi P, Tete' S, Tripodi D, Conti F, Cianchetti E, Toniato E, Rosati M, Speranza L, Pantalone A, Saggini R, Tei M, Speziali A, Conti P, Theoharides TC, Pandolfi F. Role of vitamins D, E and C in immunity and inflammation. J Biol Regul Homeost Agents. 2013 Apr-Jun;27(2):291-5. PMID: 23830380.
  22. Besedovsky L, Lange T, Born J. Sleep and immune function. Pflugers Arch. 2012 Jan;463(1):121-37. doi: 10.1007/s00424-011-1044-0. Epub 2011 Nov 10. PMID: 22071480; PMCID: PMC3256323.

Partilhe

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário

Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião

Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita