0
pt
US
SuperSmartSuper-nutrition Blog
X
× SuperSmart Comprar por problema de saude Comprar por ingrediente As melhores vendas Novidades Promoção A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Início Comprar por problema de saude Nutrição cerebral Bacopa Monnieri + Gingko Biloba
Bacopa Monnieri + Gingko Biloba Bacopa Monnieri + Gingko Biloba
Bacopa Monnieri + Gingko Biloba Bacopa Monnieri + Gingko Biloba
Bacopa Monnieri + Gingko Biloba
Nutrição cerebral Opiniões de clientes
38.70 €(43.01 US$) em stock
Descrição
Extrato de Gingko Biloba com forte teor em princípios ativos
  • Normalizado a 24% de flavona-glicósidos ginkgo e 6% de terpeno-lactonas (ginkgolídeos A, B e C, bilobalídeos).
  • Contribui para a saúde da circulação sanguínea (microcirculação, irrigação cerebral e periférica, resistência capilar, vasodilatação dos vasos sanguíneos).
  • Ajuda a manter a funções cognitivas e a melhorar os desempenhos.
  • Provém de uma árvore cujos sistemas de defesa têm a reputação de ser infalíveis.
Extrato de folhas de Bacopa monnieri (50 % de bacósidos)
  • Contribui para melhorar a memória, as capacidades de aprendizagem e o tratamento das informações.
  • Sustenta o funcionamento do sistema nervoso central (tónico geral).
  • Afecta positivamente o hipocampo.
  • Utilizado há mais de 3000 anos na medicina ayurvédica.
  • Normalizado para fornecer pelo menos 50% de bacósidos.
-
+
juntar ao cesto
Lista de desejos
Bacopa monnieri 100 mg

Inspirado nas práticas sagradas da Ayurveda, Bacopa monnieri 100 mg é um complemento alimentar nootrópico, concebido a partir de folhas de Bacopa e normalizado a 50% de bacósidos (os compostos químicos que estão na origem dos seus efeitos nootrópicos).

Contribui para melhorar a memória, as capacidades de aprendizagem e o tratamento das informações, apoiando em simultâneo o funcionamento do sistema nervoso central no seu todo. É frequentemente associado ao Ginkgo biloba, uma outra referência da medicina ayurvédica.

A quem se destina o complemento alimentar Bacopa Monnieri 100 mg?

Bacopa monnieri 100 mg destina-se a vários tipos de pessoas:

  • As pessoas com mais de 50 anos para combater o declínio cognitivo.
  • As pessoas que têm problemas de memória muito frequentes ou que têm a impressão de estar a perder a memória.
  • As pessoas que desejam melhorara a eficácia da suas funções cognitivas.
  • As pessoas que procuram um nootrópico de origem natural e de utilização tradicional.
  • As pessoas que têm um progenitor, irmão ou irmã que sofre de um declínio cognitivo grave.

Quais são os benefícios de Bacopa Monnieri 100 mg?

Os escritos ayurvédicos antigos preconizavam-no para tratar diversas condições que afetavam o sistema nervoso central e o intelecto: perturbações da atenção, problemas de memória, stress crónico, desempenhos cognitivos em baixa… Era utilizado para despertar as consciências e ajudar o espírito a manter-se “alerta”.

Atualmente, a investigação valida, pelo menos parcialmente, estas utilizações empíricas. Inúmeros estudos, inclusive ensaios clínicos, levam a pensar que os extratos de Bacopa monnieri contribuem para melhorar determinadas funções cognitivas e para preservar a memória (1-3) (restituição das informações (4-5), capacidades de aprendizagem, memória associativa (6), memória visual, memória de trabalho, etc.).

Como para a quase totalidade das plantas ayurvédicas, os investigadores evidenciaram mecanismos de ação que sustentam as alegações que lhes são atribuídas.

Os mecanismos de ação de Bacopa monnieri

O Bacopa monnieri propicia acima de tudo a formação das sinapses (7-9), as zonas de contacto entre dois neurónios que garantem a transmissão das informações e a conservação dos circuitos neuronais. Todas as nossas capacidades cognitivas dependem destes circuitos; se eles enfraquecerem ou desaparecerem, os nossos desempenhos declinam. Como é que isso acontece? Ao desencadear a produção de várias moléculas decisivas para o bom funcionamento das sinapses: o glutamato e neurotrópicos como o BDNF e o NGF (10-12). Estas moléculas são cruciais para iniciar o processo (13-14). Ajudam à criação dos circuitos neuronais (etapa indispensável para a aprendizagem) e à conservação dos circuitos já existentes (condição sine qua non para a preservação das recordações) e estão envolvidas numa verdadeira cascata de acontecimentos que contribuem para a sustentação dos desempenhos cognitivos.

Ensaios recentes realizados em dupla ocultação mostraram melhorias das funções cognitivas após a toma do suplemento (15-16). Extratos normalizados de Bacopa contendo pelo menos 50% de bacósidos (os compostos que estão na origem dos efeitos citados anteriormente) tiveram igualmente efeitos positivos na memória de curto prazo em pessoas saudáveis (17-20).

5 boas razões para escolher Bacopa Monnieri 100 mg da SuperSmart

Na altura de fazer a sua escolha, tenha em mente as vantagens do nosso complemento:

  1. Tradicionalmente, prensavam-se as folhas de Bacopa para delas extrair o sumo e depois secava-se o sumo para o reduzir a pó e transformá-lo num xarope muito açucarado para mascarar o sabor amargo do Bacopa.
    A conceção de Bacopa Monnieri 100 mg inspira-se totalmente nesta prática ancestral, resultando num produto sem açúcar e sem gosto amargo.
  2. Bacopa Monnieri 100 mg é um extrato de folhas contendo todos os compostos de origem. É importante reter isto pois inúmeros complementos mais baratos são concebidos a partir das raízes ou dos caules da planta.
  3. Cada cápsula vegetal contém 100 mg de extrato de Bacopa monnieri normalizado para fornecer pelo menos 50% de bacósidos (ou seja, o máximo no mercado, visto que os complementos geralmente vão de 20 a 50%).
  4. Na Índia atual, o Bacopa é reconhecido pelas autoridades médicas como um tratamento válido para várias disfunções mentais e intelectuais.
  5. Bacopa Monnieri 100 mg não contém agentes de carga química;simplesmente folhas de Bacopa monnieri, fibras de acácia e farinha de arroz.

As medidas a associar à toma de Bacopa Monnieri para uma eficácia ainda maior

Para melhorar alguns aspetos da cognição, contamos dois tipos de intervenções: a toma de nootrópicos como Bacopa monnieri e o treino cerebral (21-23). Inúmeros estudos mostram que o treino cerebral reduz o declínio cognitivo ligado à idade (24-27) e alguns estudos indicam que esse treino é ainda mais eficaz quando é associado à toma de um suplemento de Bacopa monnieri.

A teoria que explica este potencial sinérgico é bastante simples.
O treino cerebral permite reativar circuitos neuronais até então sub explorados ou em risco de desaparecerem (28-30). Na verdade, com o envelhecimento, inúmeros circuitos neuronais desaparecem ou enfraquecem em zonas importantes para a cognição e a memória, como o hipocampo, o corpo estriado e o córtex pré-frontal (31-32). Se o treino for contínuo, a reativação dos circuitos repete-se e melhora a conexão dos neurónios que os compõem (33). Ao fazê-lo, contribui para os reforçar ou os reorganizar de forma mais eficaz. Tal reforço faz apelo a várias moléculas que já evocámos mais acima neste artigo: o glutamato, o BDNF e o TGF. Moléculas cuja produção é propiciada pelo Bacopa.

Em suma, o treino cerebral é a “estimulação” que vai dizer ao organismo: “é preciso que reforces estes circuitos neuronais”. O Bacopa é o fornecedor que vai fornecer ao organismo os elementos necessários para este reforço.

Para acompanhar a toma do seu suplemento de Bacopa monnieri, é por isso altamente recomendado que siga um treino cerebral regular, incluindo jogos de reflexão, puzzles e tarefas cognitivas diversas. Esta combinação tem por objetivo compensar as perdas cognitivas que conduzem ao declínio. Deve ser seguida durante pelo menos 12 semanas para ser eficaz.

Bacopa monnieri associa-se igualmente a um complemento de Ginkgo biloba para aumentar a irrigação cerebral e contribuir para a conservação das funções cognitivas.

Se deseja descobrir outros produtos naturais ayurvédicos, propomos-lhe igualmente:

Precauções ao tomar ou interações a conhecer?

Por precaução, não é recomendado as grávidas ou mulheres a amamentar tomarem Bacopa monnieri.
O Bacopa monnieri pode, teoricamente, amplificar os efeitos da fenotiazina, um medicamento neuroléptico.

Atualização: 30/01/2019

Notas

Este produto não deve substituir uma alimentação diversificada e equilibrada nem um modo de vida saudável. Respeitar os conselhos de utilização, a dose diária aconselhada e a data limite de utilização. Desaconselhado para grávidas ou mulheres a amamentar e para crianças com menos de 15 anos. Manter fora do alcance das crianças. Conservar em local seco e fresco.

Referências

  1. S. Aguiar and T. Borowski, Neuropharmacological review of the nootropic herb Bacopa monnieri, Rejuvenation Res 16 (2013), pp. 313-326.
  2. M.P. Pase, J. Kean, J. Sarris, C. Neale, A.B. Scholey and C. Stough, The cognitiveenhancing effects of Bacopa monnieri: a systematic review of randomized, controlled human clinical trials, J Altern Complement Med 18 (2012), pp. 647-652.
  3. Russo and F. Borrelli, Bacopa monniera, a reputed nootropic plant: an overview, Phytomedicine 12 (2005), pp. 305-317.
  4. H.C. Barbhaiya, R.P. Desai, K. Pravina, et al., Efficacy and tolerability of BacoMind on memory improvement in elderly participants - a double blind placebo controlled study, J Pharmacol Toxicol 3 (2008), pp. 425-434.
  5. C. Stough, J. Lloyd, J. Clarke, et al., The chronic effects of an extract of Bacopa monniera (Brahmi) on cognitive function in healthy human subjects, Psychopharmacology (Berl) 156 (2001), pp. 481-484.
  6. S. Roodenrys, D. Booth, S. Bulzomi, A. Phipps, C. Micallef and J. Smoker, Chronic effects of Brahmi (Bacopa monnieri) on human memory, Neuropsychopharmacology 27 (2002), pp. 279-281.
  7. S.R. Ingole, S.K. Rajput and S.S. Sharma, Cognition enhancers: current strategies and future perspectives, CRIPS 9 (2008), pp. 42-48.
  8. P. Semwal, T. Kapoor, P. Anthwal, B. Sati and A. Thapliyal, Herbal extract as potential modulator and drug for synaptic plasticity and neurodegenerative disorders, Int J Pham Sci Rev Res 25 (2014), pp. 69-79.
  9. C. Stough and M.P. Pase, Improving cognition in the elderly with nutritional supplements, Curr Dir Psychol Sci 24 (2015), pp. 177-183.
  10. J. Preethi, H.K. Singh, P.D. Charles and K.E. Rajan, Participation of microRNA 124- CREB pathway: a parallel memory enhancing mechanism of standardised extract of Bacopa monniera (BESEB CDRI-08), Neurochem Res 37 (2012), pp. 2167-2177.
  11. H. Priyanka, P. Bala, S. Ankisettipalle and S. Thyagarajan, Bacopa monnieri and lDeprenyl Differentially Enhance the Activities of Antioxidant Enzymes and the Expression of Tyrosine Hydroxylase and Nerve Growth Factor via ERK 1/2 and NF- [kappa]B Pathways in the Spleen of Female Wistar Rats, Neurochemical Research 38 (2013), pp. 141-152.
  12. M.K. Saraf, A. Anand and S. Prabhakar, Scopolamine induced amnesia is reversed by Bacopa monniera through participation of kinase-CREB pathway, Neurochem Res 35 (2010), pp. 279-287.
  13. M.P. Mattson, R.B. Lee, M.E. Adams, P.B. Guthrie and S.B. Kater, Interactions between Entorhinal Axons and Target Hippocampal Neurons: A Role for Glutamate in the Development of Hippocampal Circuitry, Neuron 1 (1988), pp. 865-876.
  14. Schmid, S. Hallermann, R. Kittel, et al., Activity-dependent site-specific changes of glutamate receptor composition in vivo, Nat. Neurosci. 11 (2008), pp. 659-666.
  15. M.P. Pase, J. Kean, J. Sarris, C. Neale, A.B. Scholey and C. Stough, The cognitiveenhancing effects of Bacopa monnieri: a systematic review of randomized, controlled human clinical trials, J Altern Complement Med 18 (2012), pp. 647-652.
  16. C. Neale, D. Camfield, J. Reay, C. Stough and A. Scholey, Cognitive effects of two nutraceuticals Ginseng and Bacopa benchmarked against modafinil: a review and comparison of effect sizes, Br J Clin Pharmacol 75 (2013), pp. 728-737.
  17. Stough C, Lloyd J, et al. The chronic effects of an extract of Bacopa monniera (Brahmi) on cognitive function in healthy human subjects.Psychopharmacology (Berl). 2001 Aug;156(4):481-4.
  18. Roodenrys S, Booth D, et al. Chronic effects of Brahmi (Bacopa monnieri) on human memory.Neuropsychopharmacology. 2002 Aug;27(2):279-81.
  19. Examining the nootropic effects of a special extract of Bacopa monniera on human cognitive functioning: 90 day double-blind placebo-controlled randomized trial. Stough C, Downey LA, et al. Phytother Res. 2008 Dec;22(12):1629-34.
  20. Effects of a standardized Bacopa monnieri extract on cognitive performance, anxiety, and depression in the elderly: a randomized, double-blind, placebo-controlled trial. Calabrese C, Gregory WL, et al. J Altern Complement Med. 2008 Jul;14(6):707-13.
  21. C. Hertzog, A.F. Kramer, R.S. Wilson and U. Lindenberger, Enrichment Effects on Adult Cognitive Development: Can the Functional Capacity of Older Adults Be Preserved and Enhanced?, Psychol. Sci. Public Interest 9 (2008), pp. 1-65.
  22. S. Rabipour and A. Raz, Training the brain: fact and fad in cognitive and behavioral remediation, Brain Cogn 79 (2012), pp. 159-179.
  23. Zangara and K.A. Wesnes, Herbal Cognitive Enhancers: New Developments and Challenges for Therapeutic Applications In: M.K. Thakur and S.I.S. Rattan, Editors, Brain Aging and Therapeutic Interventions, Springer Netherlands (2012), pp. 267- 289.
  24. J. Reijnders, C. van Heugten and M. van Boxtel, Cognitive interventions in healthy older adults and people with mild cognitive impairment: a systematic review, Ageing Res Rev 12 (2013), pp. 263-275.
  25. M.E. Kelly, D. Loughrey, B.A. Lawlor, I.H. Robertson, C. Walsh and S. Brennan, The impact of cognitive training and mental stimulation on cognitive and everyday functioning of healthy older adults: a systematic review and meta-analysis, Ageing Res Rev 15 (2014), pp. 28-43.
  26. A.M. Kueider, J.M. Parisi, A.L. Gross and G.W. Rebok, Computerized cognitive training with older adults: a systematic review, PLoS One 7 (2012), p. e40588.
  27. M. Martin, L. Clare, A.M. Altgassen, M.H. Cameron and F. Zehnder, Cognitionbased interventions for healthy older people and people with mild cognitive impairment, Cochrane Database Syst Rev (2011), p. CD006220.
  28. J.A. Anguera, J. Boccanfuso, J.L. Rintoul, et al., Video game training enhances cognitive control in older adults, Nature 501 (2013), pp. 97-101.
  29. K.I. Erickson, S.J. Colcombe, R. Wadhwa, et al., Training-induced plasticity in older adults: effects of training on hemispheric asymmetry, Neurobiol Aging 28 (2007), pp. 272-283.
  30. S. Heinzel, R.C. Lorenz, W.R. Brockhaus, et al., Working memory load-dependent brain response predicts behavioral training gains in older adults, J Neurosci 34 (2014), pp. 1224-1233.
  31. D.L. Dickstein, C.M. Weaver, J.I. Luebke and P.R. Hof, Dendritic spine changes associated with normal aging, Neuroscience 251 (2013), pp. 21-32.
  32. T. Hedden, Imaging Cognition in the Aging Human Brain In: D.R. Riddle, Editor, Brain Aging: Models, Methods, and Mechanisms, CRC Press, Boca Raton (FL) (2007).
  33. K.I. Erickson, S.J. Colcombe, R. Wadhwa, et al., Training-induced plasticity in older adults: effects of training on hemispheric asymmetry, Neurobiol Aging 28 (2007), pp. 272-283.
ComposiçãoBacopa monnieri 100 mg
Dose diária: 6 cápsulas
Número de doses por caixa: 16
Quantidade por dose
Bacopa monnieri (gestandaardiseerd extract van bladen met 50% baccosides) 600  mg
Outros ingredientes: Goma-arábica, farinha de arroz.

Cada cápsula vegetal contém 100 mg de extracto de Bacopa monnieri normalizado para fornecer pelo menos 50% de bacósidos.
Conselhos de utilizaçãoBacopa monnieri 100 mg
Tomar uma ou duas cápsulas, de uma a três vezes por dia, consoante as suas necessidades ou seguindo as indicações do seu terapeuta.
Ginkgo Biloba 60 mg

Ginkgo biloba 25 mg é um complemento alimentar de exceção formulado a partir de uma das mais antigas espécies de árvores existentes à face da Terra. Sendo atualmente um dos suplementos nutricionais mais utilizado em todo o mundo, o Ginkgo biloba possui inúmeros benefícios validados pela investigação na circulação sanguínea e nas funções cognitivas.

O complemento proposto pela SuperSmart demarca-se dos da concorrência por um forte teor em princípios activos: 24% de flavona-glicósidos e 6% de terpeno-lactonas (ginkgolídeos A, B e C, bilobalídeos). Contrariamente a inúmeros produtos de qualidade medíocre, este complemento é composto exclusivamente por produtos naturais (extrato natural de Ginkgo biloba, farinha de arroz e fibras de acácia).

A quem se destina o complemento alimentar Ginkgo Biloba 60 mg?

O Ginkgo biloba é uma espécie tão excecional que pode melhorar o quotidiano de todos os tipos de pessoas.

Contudo, é particularmente recomendada para quem tem maior risco de declínio cognitivo e de problemas de circulação sanguínea:

  • os indivíduos com mais de 50 anos, sobretudo as mulheres;
  • as pessoas que sofrem de problemas de circulação;
  • as pessoas que não praticam muita atividade física;
  • quem tem colesterol elevado;
  • os indivíduos que fumam;
  • as pessoas que sofrem de hipertensão;
  • as pessoas com excesso de peso;
  • quem tem um progenitor, irmão ou irmã que sofre de um declínio cognitivo grave.

Quais são os benefícios de Ginkgo biloba?

A utilização terapêutica do Ginkgo biloba remonta a vários milhares de anos no seio das populações asiáticas; de facto, faz parte das plantas tradicionais incontornáveis da medicina chinesa.

No século XX, mais de 200 estudos realizados permitiram validar a experiência dos antigos e confirmar os seus efeitos na circulação sanguínea e no funcionamento do cérebro (1).

Um efeito positivo na circulação sanguínea

Os compostos que estão na origem deste efeito são múltiplos, mas os mais importantes são sem dúvida os flavonóides. São antioxidantes reputados para agir a todos os níveis do sistema circulatório (2). O Ginkgo biloba contém inúmeros antioxidantes, como o canferol, o quercetol e a luteolina, agrupados sob o nome de flavona-glicósidos ginkgo. Uma vez no organismo, contribuem para:

  • relaxar a resistência capilar;
  • aumentar a irrigação cerebral;
  • opor-se ao fator de ativação das plaquetas, que contribui para a viscosidade do sangue e para o estado inflamatório dos vasos sanguíneos (3-4);
  • agir como coletes à prova de bala face aos agentes oxidantes que circulam no sangue e estão na origem da degradação dos vasos (5-6);
  • melhorar os metabolismos lipídico e glucídico em causa na inflamação da parede dos vasos sanguíneos (7);
  • tornar mais fluida a circulação sanguínea (8-9).

Uma ação contra o declínio cognitivo.

A investigação mostra que o Ginkgo biloba consegue otimizar as funções cognitivas travando o envelhecimento cerebral. O seu grande teor em terpeno-lactonas (nomeadamente em bilobalídeos) permite-lhe proteger as barreiras da mitocôndria dos elementos oxidantes (10-11), o que contribui para aumentar a produção de energia (menos fugas) (12-13) e para consolidar os circuitos neuronais. Estes são os garantes da preservação das nossas memórias e da otimização das nossas faculdades cognitivas (14).

Além da sua ação no funcionamento da mitocôndria, o extrato de Ginkgo biloba contribui também para várias melhorias fisiológicas no plano cognitivo:

  • aumento da serotonina nas sinapses, o que reforça a atividade do hipocampo – uma estrutura de integração da memória;
  • a expressão reforçada dos genes encarregados de controlar o crescimento das sinapses nos neurónios (15);
  • a desativação do NF-kB, uma molécula pró-inflamatória envolvida na morte neuronal.
  • Duas meta análises recentes agrupam os estudos que evidenciaram estes efeitos no plano cerebral e confirmam a eficácia do ginkgo para melhorar o quotidiano e as funções cognitivas (dificuldades de concentração, alteração da memória, confusões, fraca eficácia cognitiva...) (16).

5 boas razões para escolher Ginkgo Biloba 60 mg da SuperSmart

  1. Trata-se de um produto de qualidade excecional com um forte teor em princípios activos: 24% de flavona-glicósidos ginkgo e 6% de terpeno-lactonas (ginkgolídeos A, B e C, bilobalídeos).
  2. Os ingredientes usados no seu acondicionamento são 100% naturais (acácia e farinha de arroz).
  3. O Ginkgo biloba é uma espécie extremamente resistente : adaptou-se a todas as alterações climáticas desde há mais de 150 milhões de anos, o que faz dele um verdadeiro “fóssil vivo”. Em 1945, quatro árvores resistiram à arma nuclear em Hiroshima apesar de estarem situadas a menos de 3 quilómetros do local do impacto. Uma proeza que testemunha a sua incrível tenacidade.
  4. A longevidade do Ginkgo biloba é fora do comum: as árvores mais velhas atingem a idade de 4000 anos e uma altura de 40 metros. Explica-se esta propriedade pela mistura sensacional de micronutrientes contida nas suas células. Esta permite-lhe resistir às doenças, aos parasitas, aos poluentes, ao calor, aos insetos e até ao envelhecimento.
  5. Trata-se de uma das substâncias naturais mais clinicamente testadas para melhorar a circulação sanguínea e otimizar as funções cognitivas .

As medidas a associar à toma de Ginkgo biloba para uma eficácia ainda maior

Para usufruir dos efeitos do Ginkgo biloba o nosso suplemento é proposto à venda com uma posologia de três cápsulas para a tomar às refeições. Esta posologia pode variar consoante as suas necessidades e os conselhos do seu terapeuta. Corresponde contudo às recomendações da Comissão E (um conselho científico independente), da OMS e do IQWiG (um organismo independente encarregado de avaliar a qualidade e a eficácia dos ingredientes). Dado que os efeitos do ginkgo podem demorar algum tempo a manifestar-se plenamente, é preferível esperar pelo menos 2 a 3 meses antes de avaliar os efeitos.

Para otimizar os efeitos, pode aplicar o plano de ação seguinte durante todo o período de toma do suplemento:

1) Consumir o máximo de frutas e legumes frescos e considerar a toma de um suplemento multivitaminado. Restabelecer um estatuto nutricional ideal em micronutrientes antioxidantes é indispensável para combater o declínio cognitivo e os problemas de circulação sanguínea.

2) Retomar a prática de uma atividade física ou aumentar de forma muito progressiva a intensidade da que já pratica. Esta última aumenta a proliferação, intervindo na neurogénese e melhora o volume de sangue ao nível cerebral, conduzindo a melhores desempenhos cognitivos. Propicia igualmente a compressão dos músculos adjacentes às veias, o que facilita o retorno venoso.

3) Fazer o possível por beber um pouco mais de água do que o habitual (para evitar a desidratação) e dedicar tempo a respirar de forma profunda ao longo do dia.

Memória dos seres humanos e do mundo, o Ginkgo biloba soube resistir a todos os flagelos graças à sua riqueza única em micronutrientes. A SuperSmart extrai dele o melhor para conceber um complemento alimentar 100% natural e tirar o máximo partido das suas virtudes medicinais.

Atualização: 30/08/2018

Notas

Este produto não deve substituir uma alimentação diversificada e equilibrada nem um modo de vida saudável. Respeitar os conselhos de utilização, a dose diária aconselhada e a data limite de utilização. Desaconselhado para grávidas ou mulheres a amamentar e para crianças com menos de 15 anos. Manter fora do alcance das crianças. Conservar em local seco e fresco.

Referências

  1. Singh B, Kaur P, Gopichand, et al. Biology and chemistry of Ginkgo biloba. Fitoterapia. 2008;79(6):401–18.
  2. Hertog MG, Feskens EJ, Kromhout D. Antioxidant flavonols and coronary heart disease risk. Lancet. 1997;349(9053):699.
  3. Tzeng SH, Ko WC, Ko FN, et al. Inhibition of platelet aggregation by some flavonoids. Thromb Res 1991; 64(1): 91-100.
  4. Smith PF, Maclennan K, Darlington CL. The neuroprotective properties of the Ginkgo biloba leaf: a review of the possible relationship to platelet-activating factor (PAF). J Ethnopharmacol. 1996;50(3):131–9.
  5. Ou HC, Lee WJ, Lee IT, et al. Ginkgo biloba extract attenuates oxLDL-induced oxidative functional damages in endothelial cells. J Appl Physiol 2009; 106(5): 1674-85.
  6. Pierre SV, Lesnik P, Moreau M, et al. The standardized Ginkgo biloba extract Egb-761 protects vascular endothelium exposed to oxidized low density lipoproteins. Cell Mol Biol 2008; 54(Suppl 1): 1032-42.
  7. Fiorentino TV, Prioletta A, Zuo P, et al. Hyperglycemia-induced oxidative stress and its role in diabetes mellitus related cardiovascular diseases. Curr Pharm Des 2013; 19(32): 5695-703.
  8. Tsai TN, Lin WS, Wu CH, et al. Activation of Kruppel-like factor 2 with Ginkgo biloba extract induces eNOS expression and increases no production in cultured human umbilical endothelial cells. Acta Cardiol Sin 2014; 30(3): 215-22.
  9. Kubota Y, Tanaka N, Umegaki K, et al. Ginkgo biloba extractinduced relaxation of rat aorta is associated with increase in endothelial intracellular calcium level. Life Sci 2001; 69(20): 2327-36.
  10. Abdel-Kader R, Hauptmann S, Keil U, et al. Stabilization of mitochondrial function by Ginkgo biloba extract (EGb 761). Pharmacol Res. 2007;56(6):493–502.
  11. Eckert A, Keil U, Kressmann S, et al. Effects of EGb 761 Ginkgo biloba extract on mitochondrial function and oxidative stress. Pharmacopsychiatry. 2003;36(Suppl 1):S15–23.
  12. Janssens D, Michiels C, Delaive E, et al. Protection of hypoxiainduced ATP decrease in endothelial cells by Ginkgo biloba extract and bilobalide. Biochem Pharmacol. 1995;50(7):991–9.
  13. Janssens D, Remacle J, Drieu K, et al. Protection of mitochondrial respiration activity by bilobalide. Biochem Pharmacol. 1999;58(1):109–19.
  14. Tchantchou F, Lacor PN, Cao Z, et al. Stimulation of neurogenesis and synaptogenesis by bilobalide and quercetin via common final pathway in hippocampal neurons. J Alzheimers Dis. 2009;18(4):787–98.
  15. Rimbach G, Wolffram S, Watanabe C, et al. Effect of Ginkgo biloba (EGb 761) on differential gene expression. Pharmacopsychiatry. 2003;36(Suppl 1):S95–9.
  16. Ahlemeyer B, Krieglstein J. Neuroprotective effects of Ginkgo biloba extract. Cell Mol Life Sci. 2003;60(9):1779–92.
ComposiçãoGinkgo Biloba 60 mg
Dose diária: 3 cápsulas
Número de doses por caixa: 30

Quantidade
por dose

Flavona-glicósidos ginkgo (extracto de 180 mg de Ginkgo biloba normalizado com 24% de flavona-glicósidos ginkgo) 43.2 mg
Terpeno-lactonas (extracto de 180 mg de Ginkgo biloba normalizado com 6% de terpeno-lactonas) 10.8 mg
Ginkgolides A (extracto de 180 mg de Ginkgo biloba normalizado com 1,5% de ginkgolide A) 2.7 mg
Ginkgolides B (extracto de 180 mg de Ginkgo biloba normalizado com 1,2% de ginkgolide B) 2.16 mg
Outros ingredientes: Goma-arábica, farelo de arroz.

Cada cápsula vegetal contém 60 mg de extracto de Ginkgo biloba.
Conselhos de utilizaçãoGinkgo Biloba 60 mg
Tomar 3 cápsulas por dia (1 por refeição)

Pacotes sinergia

Subscreva a nossa newsletter
e ganhe um desconto permanente de 5%
A nossa seleção de artigos
Como estipular a sua memória?

As perturbações e as perdas de memória dizem-lhe respeito? Decerto. Mas será que estimula suficientemente a sua memória e que adota os gestos adequados no seu dia-a-dia? Para si, eis 5 pontos essenciais para manter e desenvolver a sua memória.

Cinco conselhos para preservar a memória

Os estudos são unânimes: o declínio cerebral não deve ser encarado como uma fatalidade! É possível agir para proteger, reforçar e estimular as funções cognitivas. Conheça os nossos cinco conselhos para preservar a memória.

Vitamines B: 10 pontos essenciais!

As vitaminas do complexo B são essenciais para a saúde, não é verdade? Porquê? Que funções desempenham? Que alimentos escolher? Descubra aqui tudo o que necessita de saber!

Bacopa Monnieri + Gingko Biloba
-
+
38.70 €
(43.01 US$)
juntar ao cesto
© 1997-2019 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2019 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure