0
pt
US
WSM
217294661
O seu carrinho está vazio.
Menu
Queda de cabelo

Queda de cabelo – 7 suplementos alimentares eficazes

A queda de cabelo afeta 85% dos homens e 35% das mulheres ao longo da vida. Descubra os melhores suplementos alimentares para lutar contra a queda capilar.

Quais são as principais causas da queda de cabelo?

Apesar de afetar os dois sexos, a queda de cabelo tem classicamente origens diferentes.

Nos homens, a alopécia androgenética (ou calvície) constitui a causa mais comum (1). Esta afeção, cuja prevalência aumenta com a idade, traduz-se por um enfraquecimento e posterior desaparecimento dos fios de cabelo na parte superior do crânio. É explicada pela presença anómala de recetores da diidrotestosterona, um derivado da testosterona, ao nível dos bolbos capilares; o cabelo acelera o seu ciclo de renovação e esgota prematuramente o seu capital de “crescimento”. Encontramos muitas vezes formas familiares que saltam uma ou várias gerações.

Nas mulheres, a queda capilar é provocada principalmente pela toma de determinados contracetivos orais ou de tratamentos hormonais prescritos na menopausa (2). Pode também revelar carências em vitamina ou minerais, ou ainda uma disfunção da glândula tiroide (3).

A par das quedas capilares duradouras, existem igualmente quedas de cabelo temporárias. Regra geral, surgem na sequência de um stress intenso ou de um choque psicológico e resolvem-se geralmente de forma espontânea quando o fator desencadeador desaparece; fala-se de deflúvio telogénico (4).

O zinco – o anjo da guarda dos folículos pilosos

Vários estudos científicos salientam uma concentração sérica de zinco inferior nas pessoas que sofrem de queda de cabelo comparativamente aos grupos de controlo (5). Embora o papel desempenhado pelo zinco na consolidação do cabelo ainda não seja claro, a sua ação inibidora da regressão do folículo piloso é uma hipótese avançada com regularidade.

O ferro – a vigiar em caso de queda de cabelo nas mulheres

Nas mulheres que apresentam um fluxo menstrual abundante, cabelos finos e quebradiços podem ser indício de uma carência marcial, ou carência de ferro (6). De facto, este mineral participa no transporte normal do oxigénio no organismo. Por conseguinte, contribui diretamente para a boa oxigenação dos folículos pilosos, que é condição sine qua non para assegurar a produção de cabelos novos. Em caso de dúvida, a avaliação dos níveis de ferritina no sangue é geralmente suficiente para determinar o diagnóstico.

O maca, um potenciador capilar natural

Um estudo realizado sugere que determinadas alopécias, como a pelada (alopecia areata), estariam correlacionadas com um nível mais elevado de certas interleucinas inflamatórias (como a IL-6) (7). Ao reforçar o nosso arsenal defensivo, o consumo de maca poderia, de acordo com este estudo, modular de forma positiva os níveis de IL-6. Esta conclusão abriria assim a porta a aplicações potenciais no domínio da queda capilar.

Por outro lado, o maca dispõe de uma composição rica e completa (vitaminas, minerais, aminoácidos…) propícia à multiplicação celular nos bolbos capilares; na verdade, é preconizado pela sua ação estimulante do couro cabeludo por inúmeros naturopatas (8).

A espirulina – para dar vigor aos cabelos finos

Considerada como um superalimento, a espirulina tem uma ação fortificante e remineralizante em todo o organismo (9). Devido à sua riqueza insuspeita em nutrientes – proteínas e vitaminas do complexo B, nomeadamente – ela poderia impactar de forma indireta a síntese de queratina, uma substância-chave da reconstrução das fibras capilares. Aplicada em máscara no couro cabeludo ou tomada na forma de suplemento oral, restauraria a densidade dos cabelos finos.

A geleia real e o pólen – o duo vencedor para uma cabeleira forte

Para preservar o vigor da cabeleira raramente se pensa nos produtos da colmeia. No entanto, a geleia real afigura-se uma aliada de eleição. Integrando aminoácidos, açúcares, vitaminas, minerais e oligoelementos, constitui o alimento exclusivo das larvas durante os três primeiros dias da sua existência, por forma a assegurar o seu crescimento e a sua resistência (10). Exercer-se-ia uma ação de reforço semelhante nos nossos cabelos e, mais especificamente, nas raízes.

Associada ao pólen, a geleia real atuaria igualmente como um escudo natural face às agressões exteriores suscetíveis de fragilizar o cabelo e de precipitar a respetiva queda.

A levedura de cerveja para melhorar a qualidade dos cabelos no crescimento

Embora não possa ter pretenções a ser um suplemento anti queda, a levedura de cerveja melhora significativamente a qualidade do fio de cabelo que cresce de novo. À semelhança da espirulina, este complexo de fungos unicelulares conferiria um efeito de “boost” à queratina, que compõe (lembramos) 95% dos fios capilares. A sua ação seria explicada pela sua elevada densidade nutricional e pela sua riqueza em proteínas, vitaminas (em particular do complexo B) e minerais (11).

As vitaminas B – as pedras basilares da renovação capilar

Envolvidas no metabolismo e na atividade celular, as vitaminas do complexo B desempenham um papel considerável na manutenção da integridade do organismo. Apesar de o papel exato dos micronutrientes na queda de cabelo ainda ser alvo de debate na comunidade científica, conclui-se que determinados estados de carência poderiam afetar a capacidade dos cabelos se renovarem (12):

  • a vitamina B2 (ou riboflavina): na qualidade de precursor de duas coenzimas (chamadas FMN e FAD), contribui para um metabolismo energético normal, nomeadamente nos bolbos pilosos (13);
  • a biotina (também chamada vitamina B8, B7 ou H): esta vitamina de “beleza” contribui para conservar uma cabeleira normal tomando parte no fabrico da queratina (14);
  • a vitamina B9 e a vitamina B12: por desempenharem ambas um papel na divisão celular, determinados estudos interessam-se pela forma como interagem com os folículos altamente proliferativos (15).

De salientar que certos suplementos alimentares (como a fórmula Keranat) combinam numa única fórmula vários compostos benéficos para a saúde do cabelo: zinco, biotina, óleos vegetais…

O CONSELHO SUPERSMART

Referências

  1. Ho CH, Sood T, Zito PM. Androgenetic Alopecia. [Updated 2022 Oct 16]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK430924/
  2. Lehucher-ceyrac D, Weber-buisset, Puissant A. Chute des cheveux sous pilule [Hair loss during treatment with oral contraceptives]. Contracept Fertil Sex (Paris). 1985 Dec;13(12):1265-8. French. PMID: 12267514.
  3. Contreras-Jurado C, Lorz C, García-Serrano L, Paramio JM, Aranda A. Thyroid hormone signaling controls hair follicle stem cell function. Mol Biol Cell. 2015 Apr 1;26(7):1263-72. doi: 10.1091/mbc.E14-07-1251. Epub 2015 Feb 5. PMID: 25657324; PMCID: PMC4454174.
  4. Hughes EC, Saleh D. Telogen Effluvium. [Updated 2022 Jun 26]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK430848/
  5. Kil MS, Kim CW, Kim SS. Analysis of serum zinc and copper concentrations in hair loss. Ann Dermatol. 2013 Nov;25(4):405-9. doi: 10.5021/ad.2013.25.4.405. Epub 2013 Nov 30. PMID: 24371385; PMCID: PMC3870206.
  6. Moeinvaziri M, Mansoori P, Holakooee K, Safaee Naraghi Z, Abbasi A. Iron status in diffuse telogen hair loss among women. Acta Dermatovenerol Croat. 2009;17(4):279-84. PMID: 20021982.
  7. Dell'Acqua G, Richards A, Thornton MJ. The Potential Role of Nutraceuticals as an Adjuvant in Breast Cancer Patients to Prevent Hair Loss Induced by Endocrine Therapy. 2020 Nov 18;12(11):3537. doi: 10.3390/nu12113537. PMID: 33217935; PMCID: PMC7698784.
  8. Gonzales GF. Ethnobiology and Ethnopharmacology of Lepidium meyenii (Maca), a Plant from the Peruvian Highlands. Evid Based Complement Alternat Med. 2012;2012:193496. doi: 10.1155/2012/193496. Epub 2011 Oct 2. PMID: 21977053; PMCID: PMC3184420.
  9. Karkos PD, Leong SC, Karkos CD, Sivaji N, Assimakopoulos DA. Spirulina in clinical practice: evidence-based human applications. Evid Based Complement Alternat Med. 2011;2011:531053. doi: 10.1093/ecam/nen058. Epub 2010 Oct 19. PMID: 18955364; PMCID: PMC3136577.
  10. Collazo N, Carpena M, Nuñez-Estevez B, Otero P, Simal-Gandara J, Prieto MA. Health Promoting Properties of Bee Royal Jelly: Food of the Queens. 2021 Feb 7;13(2):543. doi: 10.3390/nu13020543. PMID: 33562330; PMCID: PMC7915653.
  11. Moslehi-Jenabian S, Pedersen LL, Jespersen L. Beneficial effects of probiotic and food borne yeasts on human health. 2010 Apr;2(4):449-73. doi: 10.3390/nu2040449. Epub 2010 Apr 1. PMID: 22254033; PMCID: PMC3257658.
  12. Almohanna HM, Ahmed AA, Tsatalis JP, Tosti A. The Role of Vitamins and Minerals in Hair Loss: A Review. Dermatol Ther (Heidelb). 2019 Mar;9(1):51-70. doi: 10.1007/s13555-018-0278-6. Epub 2018 Dec 13. PMID: 30547302; PMCID: PMC6380979.
  13. Mahabadi N, Bhusal A, Banks SW. Riboflavin Deficiency. [Updated 2022 Jul 18]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK470460/
  14. Bistas KG, Tadi P. Biotin. [Updated 2022 Jul 4]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2022 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK554493/
  15. Thompson JM, Mirza MA, Park MK, Qureshi AA, Cho E. The Role of Micronutrients in Alopecia Areata: A Review. Am J Clin Dermatol. 2017 Oct;18(5):663-679. doi: 10.1007/s40257-017-0285-x. PMID: 28508256; PMCID: PMC5685931.

Palavras-chave

Partilhe

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário

Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião

Pagamento seguro
32 anos de experiência
Satisfeito
ou reembolsado;
Envio rápido
Consulta gratuita