0
pt
US
X
× SuperSmart Informar-se por pergunta de saúde Artigos novos Artigos populares Visitar a nossa loja A minha conta Smart Prescription Blog Programa de fidelização Idioma: Português
Saúde hormonal Listas

5 tratamentos naturais contra a endometriose

A endometriose é uma doença crónica que afeta um grande número de mulheres. Eis as nossas soluções naturais para a ajudar a aligeirar os seus sintomas.

Mulher em sofrimento e que depois fica liberta e alegre
É possível aliviar as dores causadas pela endometriose
2020-07-02Comentários (0)

A endometriose – o que é?

Estima-se que 1 em cada 10 mulheres sofra de endometriose. Como se manifesta esta patologia?

Todos os meses, por efeito das hormonas, o endométrio (o tecido que reveste o útero) espessa-se para preparar uma eventual gravidez. Nas mulheres que têm endometriose, esta mucosa entra na esfera uro-genital, o que provoca dores intensas e crónicas e pode estar na origem de uma situação de infertilidade.

Pensa que sofre deste mal? Comece por consultar um profissional de saúde. No entanto, soluções naturais, podem ajudá-la a aliviar as dores.

Adapte a sua alimentação para lutar contra a endometriose

Uma alimentação adaptada permite não apenas reduzir os sintomas ligados à doença, como teria igualmente como consequência limitar o risco de a ver surgir (1-2).

Os estudos realizados mostraram, nomeadamente, que se deve dar preferência:

Estes mesmos estudos incentivam a limitar o consumo:

Em suma, privilegie o peixe, as frutas e legumes e uma alimentação equilibrada no geral. E dê ouvidos aos sinais que o seu corpo lhe dá; alguns alimentos têm um efeito numas mulheres e não em outras. Em caso de dúvida, elimine um alimento do seu quotidiano para avaliar o respetivo efeito na endometriose.

Confie nas plantas para atenuar a dor

A fitoterapia constitui hoje em dia uma solução interessante para o organismo. Basta escolher as plantas certas… Em caso de endometriose, as suas preciosas aliadas seriam as plantas dotadas de compostos anti-inflamatórios (3). A inflamação do endométrio é, de facto, uma das características principais da doença. É essa inflamação que está na origem das dores.

Várias plantas possuem propriedades anti-inflamatórias: o gengibre (aumente os seus aportes com toda a segurança com um suplemento como Super Gingerols), o viburno, a artemísia, a alquemila, o alho... Atenção: evite o gengibre e o alho durante o período menstrual; estes têm também a capacidade de fluidificar o sangue.

Face às lesões do endométrio, opte por tratamentos alternativos

A ciência demonstrou-o: as várias medicinas e técnicas alternativas suaves podem acompanhá-la na gestão da doença. A acupunctura permitiria, por exemplo, reduzir a dor de forma significativa (4).

A meditação de plena consciência melhora também ela os sintomas da endometriose e o bem-estar geral dos pacientes (5). A prática de ioga diminui também os níveis de dor sentida (6). Sem substituir os tratamentos médicos, estas práticas constituem um complemento não negligenciável para o bem-estar.

Descubra os efeitos calmantes da melatonina

A melatonina pode ajudar as mulheres a aliviar as dores uterinas(7). Em alguns casos, permite até diminuir a toma de tratamentos analgésicos.

Os estudos mostram igualmente que a toma de melatonina ajudar a melhorar o sono dos pacientes com endometriose. A fadiga crónica que podem sentir é, por essa via, reduzida. Este efeito duplo revela-se, por isso, muito interessante! Para beneficiar das propriedades desta substância, única no seu género, opte por um suplemento como Melatonin.

Os antioxidantes e a endometriose

O stress oxidativo parece ser um fator-chave da endometriose na sua forma grave. Quando se trata de limitar os efeitos dos radicais livres nos pacientes, existem moléculas que já deram provas:

Conclusão: a endometriose não é uma fatalidade. Além dos medicamentos, existem soluções naturais para a tornar menos pesada. Uma alimentação cuidada, a toma de suplementos ajustados e mais tranquilidade; a melhor forma de viver com a endometriose no quotidiano.

Referências

  1. F. Parazzini, F. Chiaffarino, M. Surace, L. Chatenoud, S. Cipriani, V. Chiantera, G. Benzi, L. Fedele, Selected food intake and risk of endometriosis, Human Reproduction, Volume 19, Issue 8, August 2004, Pages 1755–1759.
  2. Khanaki K, Nouri M, Ardekani AM, Ghassemzadeh A, Shahnazi V, Sadeghi MR, Darabi M, Mehdizadeh A, Dolatkhah H, Saremi A, Imani AR, Rahimipour A. Evaluation of the relationship between endometriosis and omega-3 and omega-6 polyunsaturated fatty acids. Iran Biomed J. 2012;16(1):38-43.
  3. Della Corte, Luigi & Noventa, Marco & Ciebiera, Michał & Magliarditi, Maria & Sleiman, Zaki & Karaman, Erbil & Catena, Ursula & Salvaggio, Calogero & Falzone, Giovanni & Garzon, Simone. (2019). Phytotherapy in endometriosis: an up-to-date review. Journal of Complementary and Integrative Medicine.
  4. Xu Y, Zhao W, Li T, Zhao Y, Bu H, Song S. Effects of acupuncture for the treatment of endometriosis-related pain: A systematic review and meta-analysis. PLoS One. 2017;12(10):e0186616. Published 2017 Oct 27.
  5. Mette Kold, Tia Hansen, Hanne Vedsted-Hansen & Axel Forman (2012) Mindfulness-based psychological intervention for coping with pain in endometriosis, Nordic Psychology, 64:1, 2-16.
  6. Andrea Vasconcelos Gonçalves, Nelson Filice Barros, and Luis Bahamondes.The Journal of Alternative and Complementary Medicine.Jan 2017.45-52.
  7. Schwertner, André & Santos, Claudia & Costa, Gislene & Deitos, Alicia & Souza, Andressa & Souza, Izabel & Torres, Iraci & Cunha Filho, Joao & Caumo, Wolnei. (2013). Efficacy of melatonin in the treatment of endometriosis: A phase II, randomized, double-blind, placebo-controlled trial. Pain. 154.
  8. Porpora, Maria Grazia & Brunelli, Roberto & Costa, Graziella & Imperiale, Ludovica & Krasnowska, Ewa & Lundeberg, Thomas & Nofroni, Italo & Piccioni, Mariagrazia & Pittaluga, Eugenia & Ticino, Adele & Parasassi, Tiziana. (2013). A Promise in the Treatment of Endometriosis: An Observational Cohort Study on Ovarian Endometrioma Reduction by N-Acetylcysteine. Evidence-based complementary and alternative medicine : eCAM.
  9. A.G. Ricci, C.N. Olivares, M.A. Bilotas, J.I. Bastón, J.J. Singla, G.F. Meresman, R.I. Barañao, Natural therapies assessment for the treatment of endometriosis, Human Reproduction, Volume 28, Issue 1, January 2013, Pages 178–188.
  10. Kohama, Takafumi, Kotaro Herai and Masaki Inoue. “Effect of French maritime pine bark extract on endometriosis as compared with leuprorelin acetate.” The Journal of reproductive medicine 52 8 (2007): 703-8.
Se gostou, partilhe Pinterest

Comentários

Deve estar ligado à sua conta para poder deixar um comentário
Este artigo ainda não foi recomendado; seja o primeiro a dar a sua opinião
A nossa seleção de artigos

Estes produtos devem interessar-lhe

Natural Progesterone CreamNatural Progesterone Cream

A primeira progesterona natural em base de liposomas

30.00 €(36.21 US$)
+
DIM (Di-indolilmetano)DIM (Di-indolilmetano)

Promove o metabolismo saudável dos estrogénios no homem e na mulher

23.00 €(27.76 US$)
+
Natural Progesterone Spray 28 mlNatural Progesterone Spray 28 ml

A progesterona natural prática e precisa!

39.00 €(47.07 US$)
+
Natural Thyro FormulaNatural Thyro Formula

Nova fórmula mais poderosa e melhorada

49.00 €(59.14 US$)
+
Natural Anti Aromatase Support Natural Anti Aromatase Support

Fórmula melhorada com DIM, quercetina e epilóbio

69.00 €(83.28 US$)
+
Phyto Estrogen CreamPhyto Estrogen Cream

Creme com fitoestrogénios, complemento natural do creme com progesterona

32.00 €(38.62 US$)
+
Coleus Forskohlii 100 mgColeus Forskohlii 100 mg

Extracto normalizado 10% forskolina, restabelece a sensibilidade dos receptores hormonais.

29.00 €(35.00 US$)
+
Indium EnergyIndium Energy

O mineral vestigial estimulante e rejuvenescedor!

69.00 €(83.28 US$)
+
© 1997-2021 Supersmart.com® - Reservados todos os direitos de reprodução
© 1997-2021 Supersmart.com®
Reservados todos os direitos de reprodução
Nortonx
secure
Warning
ok